sexta-feira, dezembro 9, 2022

Quincy Jones

Quincy Delight Jones Jr. (Chicago, 14 de Março de 1933) é um empresário musical norte-americano, arranjador, produtor musical, e compositor de trilhas sonoras.

Durante 50 anos na indústria do entretenimento o trabalho de Jones foi indicado para 70 Grammy Award, sendo premiado com 25 destes, e um Grammy Legends Award em 1991. Ele é mais conhecido como o produtor de dois dos maiores recordistas de vendas de todos os tempos: o álbum Thriller, do ícone pop Michael Jackson, e a canção “We Are the World”. Ele também é conhecido por lançar a cantora Tamia que durante seu tempo com Quincy Jones foi indicada para 2 Grammy Awards por sua canção “We Are the World”. Ele também é conhecido por lançar a cantora Tamia que durante seu tempo com Quincy Jones foi indicada para 2 Grammy Awards por sua canção “You Put a Move On My Heart”.

Parceria com Michael Jackson

Enquanto gravada para o filme The Wiz, Jones encontrou Michael Jackson, que lhe perguntou quem poderia ser o produtor de seu próximo trabalho solo, Jones então ofereceu-se e formou então a dupla de maior sucesso do mundo da música. O resultado, Off The Wall vendeu 20 milhões de cópias e tornou Jones o mais poderoso produtor fonográfico da indústria. O trabalho seguinte dos dois Thriller alcançou 104 milhões de cópias e tornou-se o álbum mais vendido do mundo . Jones também trabalhou no terceiro trabalho solo de Jackson Bad, que vendeu 30 milhões de cópias. Após esse trabalho, Jackson e Jones se separaram para que Jackson pudesse produzir seus próprios trabalhos-solo. Em uma entrevista de 2002, quando perguntado se trabalharia de novo com Jones, respondeu, “a porta estará sempre aberta”. Após a cerimônia de 1984 do Grammy Awards, Jones usou a sua influência junto a de Jackson para reunir os maiores artistas americanos em um estúdio para gravar a legendária canção We Are The World para angariar fundos para as vítimas da fome na Etiópia. Quando as pessoas se espantaram com sua habilidade para fazer com que todos trabalhassem unidos, Jones explicou que ele apenas deixou uma placa na porta dizendo: “Deixe seu ego na porta”.

Em 1993, Jones colaborou com David Saltzman para produzir o extravagante concerto An American Reunion, uma celebração da inauguração do mandato de Bill Clinton como presidente dos EstadosUnidos. Saltzman e Jones decidiram unir suas consideráveis forças e formar a companhia Quincy Jones/David Saltzman Entertainment (QDE) com Time/Warner Inc.. QDE é uma companhia que produz tecnologia de mídia, filmes, programas para a televisão (Fresh Prince of Bel Air, incluse é o próprio Quincy Jones que dirige o taxi na abertura do programa), publicações literárias (as revistas Vibe e Spin).

Em 2001, ele publicou sua autobiografia Q: The Autobiography of Quincy Jones.

No mesmo ano, sua fundação, a Quincy Jones Listen Up Foundation, construiu mais de 100 casas para a fundação Nelson Mandela na África do Sul.

Em 2004, ao lado de Carlos Santana, Alicia Keys, Oprah Winfrey, Angelina Jolie, Fher (de Mana), Evander Holyfield, Chris Tucker, e vários outros músicos, celebridades, dignitários, e políticos, Jones produziu o concerto “WE ARE THE FUTURE” para uma audiência de mais de meio milhão de pessoas em Roma, Itália. O concerto angariou fundos para a fundação Quincy Jones Listen Up Foundation.

Ativismo social

O ativismo social de Quincy Jones começou nos anos 60 com o apoio do Dr. Martin Luther King Jr. Jones é um dos fundadores do Instituto para a Música Negra Americana (IBAM) cujos eventos buscam levantar fundos para a criação de uma biblioteca nacional de arte e música Afro-americana. Jones é também um dos fundadores do Black Arts Festival (Festival de Artes Negras) em sua cidade Chicago. Por muitos anos ele tem trabalhado ao lado de Bono do U2 em vários trabalhos filantrópicos. Ele é o fundador da Quincy Jones Listen Up Foundation, uma fundação que dá aos jovens acesso à tecnologia, educação, cultura e música. Um dos programas da organização é um intercâmbio intercultural entre os jovens carentes de Los Angeles e da África do Sul. Jones mantém vários trabalhos sociais incluindo o NAACP, GLAAD, Jogos da Paz e AmFAR.

 

{gallery}afroamericanos/quincy{/gallery}

Pesquis de imagens: Google imagens & Quincy Jones oficial website.

Postado Por:Vinicius Gonçalves Da Silva Pita
Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench