Racismo causa ansiedade e depressão em vítimas, diz pesquisa

Quem sofre racismo com frequência e em situações variadas está mais sujeito a apresentar problemas psicológicos, afirma estudo

Por: Saulo Pereira Guimarães

São Paulo – Sofrer racismo com frequência e em diversas situações torna as pessoas mais sujeitas a ansiedade, depressão e problemas com drogas. A descoberta é de pesquisadores americanos.

Um artigo sobre o tema foi divulgado em agosto na publicação de ciência Addictive Behaviors. Para o estudo, cerca de 4,5 mil pessoas negras com idade entre 18 e 65 anos responderam questões relacionadas a situações de discriminação racial pelas quais pudessem ter passado.

Do total de entrevistados, 83% relataram que foram vítimas de algum tipo de discriminação no último ano. Cerca de 50% dos participantes afirmaram que sofreram todas as formas de racismo analisadas e 14,7% contaram que passavam frequentemente por situações de discriminação de todos os tipos.

Segundo os cientistas, os integrantes dos dois últimos grupos apresentaram maiores índices de depressão, alcoolismo e problemas com drogas do que os outros.

“A discriminação explícita é uma fonte frequente de problemas de saúde, embora seja negligenciada, e tem efeitos comparáveis à morte de um ente querido ou à perda de um trabalho”, afirmou em nota sobre o estudo a socióloga Trenette Clark, da Universidade da Carolina do Norte.

Entretanto, Trenette destaca que, ainda que a maior parte das pessoas afirme ter sofrido racismo, problemas psicológicos ou de dependência de drogas não vitimaram a maioria dos entrevistados. Entre as razões para isso, ela destaca fatores como identidade étnica, espiritualidade e religiosidade.

 

 

 

Fonte: Exame 

+ sobre o tema

Invisível mais que visível

Por  Alexandre Tarlei Ferreira, enviado para o Portal Geledés  Nesses dias...

“O Brasil é um país racista” diz o árbitro Márcio Chagas

O árbitro Márcio Chagas, durante a entrevista. Foto: Marília...

FLIPELÔ: Em bate papo sobre poesia e protesto, Emicida e João Jorge discutem racismo

“Capitães de Areia talvez tenha sido o primeiro livro...

A Justiça tem nome de mulher?

Dez anos. Uma década. Esse foi o tempo que Ana Paula...

para lembrar

A fala lamentável de Rui Costa e o genocídio negro institucionalizado

Revolta e causa indignação um governador eleito pelo PT...

Hotel de Copacabana é condenado a indenizar hóspede vítima de racismo

Mulher foi a única num grupo de quatro pessoas...

Igual por Direito – Diversidade racial no universo jurídico

No dia 21/11 a FGV Direito SP, em parceria...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=