Racismo institucional e ensino da cultura africana são debatidos entre governo e movimento negro

 A presidenta Dilma Rousseff recebeu nesta sexta-feira (19), em Brasília, representantes de 19 organizações do movimento negro. De acordo com a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, foram abordados no encontro temas que fazem parte da agenda do movimento, como a reafirmação do compromisso do governo federal para combater a discriminação racial, além de reconhecer o racismo institucional e reforçar o ensino da cultura africana nas escolas para promover a igualdade.

 

Fonte: TVNBR

+ sobre o tema

Casal gay diz ter sido demitido do trabalho após oficializar união em GO

Jovens contam que sempre foram vítimas de chacotas: 'Preconceito'. Empresa...

Os testemunhos das mulheres que ousaram combater a Ditadura Militar

A Comissão Nacional da Verdade, criada para elucidar crimes...

É oficial: Angela Davis vem ao Brasil em outubro!

A filósofa e ativista estadunidense virá em outubro a...

A poesia de Lívia Natália

Poeta, professora e autora de três livros, Lívia Natália...

para lembrar

O funk é feminista – Por: Carla Rodriguez

Quando cantam suas letras consideradas obscenas, as funkeiras reivindicam...

O Facebook e suas propagandas de emagrecimento assustadoras – Por: Jarid Arraes

"Se o seu gênero no Facebook está configurado no...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=