Rapper Gato Preto é assassinado na zona sul de São Paulo

No dia 1º. de agosto, o rapper Gato Preto foi executado com oito tiros no bairro do Jardim Colombo, na zona sul de São Paulo, onde residia.

Por Dennis de Oliveira do Quilombo 

Altino Jesus do Sacramento, nome de registro de Gato Preto, integrou o grupo “A Família”. Ele participou do projeto “Literatura Marginal” da revista Caros Amigos.

Não há informações mais precisas deste crime, que tem tudo para ser mais um sem investigação e esclarecimento.

Principalmente porque o assassinato do artista foi solenemente ignorado pela mídia hegemônica (o tal “jornalismo profissional” que deturpa pesquisas e que acha que o mundo se resume aos salões acarpetados de Brasília e das emprsas).

Crônica Mendes, amigo do rapper, desabafou na sua conta no facebook:

“O Gato Preto de talento nato, um rebelde, sobrevivente, o incendiário. Trazia nos olhos a dor da vida bruta, nas palavras as armas pra labuta, um cavalo sem dono selvagem, um guerreiro dos nossos, e infelizmente uma grande perca nossa também. Somente Deus por testemunha, somente Deus pra segurar tua família, e que Deus também lhe receba em teus braços. O pouco que lhe fui útil, foi de coração é todo sentimento bom, mas infelizmente não foi suficiente para lhe guiar nesta longa estrada da vida, me perdoe amigo. Não lamento a morte do artista, mas sim a morte de Altino Jesus do Sacramento, o pai de família… Em meu nome e em nome de minha família, descanse em paz”

O talento, demonstrado sucintamente no vídeo abaixo, foi ceifado pela brutalidade do poder do Estado do extermínio. Um talento produzido por um ser humano que deveria ter o direito de viver dignamente.

+ sobre o tema

Mulheres pretas e pardas são as mais afetadas pela dengue no Brasil

Mulheres pretas e pardas são o grupo populacional com...

‘Me sinto decapitado’: por que cada vez mais homens têm o pênis amputado no Brasil?

Uma verruga no pênis fez João*, de 63 anos,...

Direito ao voto feminino no Brasil completa 92 anos

As mulheres são atualmente 52% do eleitorado brasileiro, segundo...

para lembrar

Vácuo de poder piora violência, diz socióloga ex-ouvidora de polícia no Rio

A crise financeira agravou a violência no Rio, mas...

Diante de morte de Marielle, deputados europeus pedem suspensão de negociação com Mercosul

Diante de morte de Marielle, deputados europeus pedem suspensão...

Silêncio total passadas duas semanas da execução de Marielle Franco

Quem matou Marielle Franco? É a pergunta feita por...
spot_imgspot_img

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...

Pacto em torno do Império da Lei

Uma policial militar assiste, absolutamente passiva, a um homem armado (depois identificado como investigador) perseguir e ameaçar um jovem negro na saída de uma...
-+=