Guest Post »

Guarda é suspeito de matar jovem que carregava o filho na Grande SP

Um jovem de 23 anos foi morto na noite de sábado (7) em uma troca de tiros em Barueri (Grande São Paulo). Segundo a família, ele carregava o filho de 3 anos. Apontado pela polícia como autor dos disparos, o guarda-civil municipal de Itapevi (Grande SP) Fabilson de Souza foi preso em flagrante.

Na Folha de S.Paulo 

Em depoimento, ele disse que foi ao local após seu primo ligar dizendo que havia sido baleado em uma tentativa de roubo da moto em que estava. O agente afirmou ainda no depoimento ter trocado tiros com um assaltante.

Segundo uma operadora de caixa, o guarda trocou tiros com um adolescente na rua no momento em que Edmario da Silva Júnior passava por ali. Edmário, que estava com o filho de três anos nos braços, foi atingido por um tiro nas costas. “Ele pegou o filho e tentou correr, mas caiu logo em seguida.”

“Quando cheguei para socorrer, o guarda, visivelmente embriagado, disse: ‘ele estava no lugar errado, na hora errada'”, disse José da Silva. A reportagem não encontrou o advogado do guarda-civil municipal de Itapevi.

Nos últimos dois meses, outros dois homicídios tiveram a participação de GCMs na Grande SP. O primeiro foi a morte de um universitário de 24 anos no limite de São Caetano do Sul e São Paulo. A segunda morte foi de um garoto de 11 anos, na zona leste da cidade, em julho.

 

Related posts