Reflexões sobre as mulheres negras dão início à Campanha pelo fim da violência contra a mulher

A programação da campanha tem o propósito de mobilizar a população de Guarapuava por meio de caminhadas, manifestações, desfile, exposição fotográfica, mostra de artesanato e ações virtuais nas redes sociais

 

A Campanha “16 dias de ativimo pelo fim da violência contra as mulheres” tem início no Dia da Consciência Negra. “A mulher negra, além de também ser vítima da violência doméstica, sofre com o preconceito e o racismo. Elas acabam sendo mais vulveráveis à agressão”, salienta Priscila Schran do Movimento de Mulheres da Primavera.

A Pastoral Afro de Guarapuava está organizando uma mobilização no dia 20 de novembro a partir das 17h, na Praça 9 de dezembro.

Programe-se
A programação da campanha tem o propósito de mobilizar a população de Guarapuava por meio de caminhadas, manifestações, desfile, exposição fotográfica, mostra de artesanato e ações virtuais nas redes sociais. Mas o objetivo é ir além da mobilização e discutir com profundidade por meio de palestras e mesas redondas assuntos como a implantação da Secretaria Municipal de Políticas para as mulheres, a independência financeira feminina, o ciclo psicológico da violência doméstica, as facetas da violência contra a mulher com foco no direito, na saúde e na história e ainda uma conversa entre os poderes legislativo, executivo e judiciário sobre a realidade guarapuavana no combate à violência contra as mulheres

 

Fonte: Diário de Guarapuava

+ sobre o tema

‘Não me sinto segura para voltar à escola’, diz espancada

Casos de meninas agredidas por serem "bonitas demais" se...

Conheça a vereadora que desbancou políticos tradicionais e bateu recorde de votação em BH

Pela primeira vez na história de Belo Horizonte, uma...

Suposto serial killer diz que está com vontade de matar, afirma delegado

Preso há quase uma semana, ele ainda pediu bebida...

para lembrar

Plenas de Coragem por Maria Carolina Trevisan

As mulheres negras ainda lideram as piores estatísticas do...

Homem é condenado por infectar mulheres com HIV no Rio

A Justiça do Rio condenou Renato Peixoto Leal Filho...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=