Santa Catarina e Rio Grande do Sul recebem Ministra da Seppir e caravana pela promoção da Igualdade Racial e superação do Racismo

Entre os dias 8 e 10 de junho, a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Nilma Lino Gomes, estará nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde participa de atividades da Caravana Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial e Superação do Racismo.

No Portal já

Um dos principais objetivos da Caravana é incentivar estados e municípios a aderir ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). Com a adesão, que é voluntária, “a Seppir pretende fortalecer, cada vez mais, a rede de promoção da igualdade racial e de superação do racismo em nosso país”, explica a ministra Nilma Lino Gomes.

Em Santa Catarina, adesão ao Sinapir e debates com a sociedade civil – O primeiro compromisso da ministra Nilma acontece em Joinville (SC). Às 10h da segunda-feira (8/6), ela participa da solenidade de adesão do município ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). Em seguida, reúne-se com gestores locais de promoção da igualdade racial. Os dois eventos acontecem no Teatro Juarez Machado. Na sequência, a ministra da Seppir encerra sua visita à cidade em uma audiência com o prefeito Udo Döhler.

Na tarde da segunda-feira, já em Florianópolis, a ministra Nilma Lino Gomes se encontra com a reitora Roselane Neckel na Universidade Federal de Santa Catarina. Em seguida, reúne-se com representantes da sociedade civil para debater iniciativas de promoção da igualdade racial no estado. O encontro será realizado por volta das 17h30, no Plenarinho da Câmara Municipal de Florianópolis, com a presença do presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN) e conselheiro do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR), Paulino Cardoso, e do presidente do Conselho Estadual das Populações Afrodescendentes de Santa Catarina, José Ribeiro.

Governo do Rio Grande do Sul insere ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no currículo escolar – Às 14h30 de terça-feira (9/6), a ministra Nilma será recebida no Palácio Piratini, em Porto Alegre, pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori. Em seguida, após encontro com o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Ronaldo Santini, a ministra conversa com representantes da sociedade civil, ocasião em que falará sobre “Políticas de Ações Afirmativas: O Papel da Educação e as Contribuições da Seppir Para a Consolidação do Programa Pátria Educadora”.

Ainda na Assembleia Legislativa, será assinado acordo de cooperação com o Governo do Rio Grande do Sul para a implementação da Lei 10.639/2003, que insere no currículo escolar o ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana, e as Diretrizes Curriculares Nacionais para as Comunidades Quilombolas. Na assinatura do acordo, o governo estadual estará representado pelos secretários da Educação, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, e da Justiça e dos Direitos Humanos, César Faccioli.

Na quarta-feira (10/6), terceiro e último dia da Caravana no sul do país, a ministra Nilma Lino Gomes participa de café da manhã com parlamentares. Em seguida, por volta das 10h, reúne-se com o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, e às 11h30 com gestores locais do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). Na reunião, será realizada a solenidade de assinatura da adesão da cidade de Passo Fundo ao Sinapir.

Caravana Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial e Superação do Racismo – A Caravana já esteve no Pará (27 e 28 de abril) e no Maranhão (4 e 5 de maio). A ideia, segundo a ministra Nilma Lino Gomes, é ampliar o diálogo e firmar parcerias com estados, municípios e sociedade civil, a fim de fortalecer a pauta da igualdade racial em todo o país.

+ sobre o tema

Luiza Bairros apresenta balanço das ações da Seppir para bancada do PT

por Rogério Tomaz Jr. Em reunião com a bancada do...

Ministra diz que só ação federativa pode conter violência contra jovens negros

A ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos...

Dias de Intolerância

A barbárie, no Brasil , não tem lugar nem...

Seppir e MRE promovem reunião para discutir racismo em AL e Caribe

Evento começa às 9h desta quinta-feira, no auditório do...

para lembrar

LUIZA BAIRROS: Um discurso para ser lembrado (posse)

Editorial - Altivo, propositivo, amplo e equilibrado. São as...

Ex-ministro da SEPPIR assumirá Palmares

O ex-ministro da SEPPIR, Elói Ferreira de Araújo,...
spot_imgspot_img

ONGs pedem paridade de gênero e raça para a COP30 no Brasil

Dezenas de organizações ligadas a temáticas ambientais e sociais lançaram um manifesto nesta sexta-feira (8), Dia da Mulher, pedindo que a COP30, a conferência do clima...

Misoginia e racismo na renúncia em Harvard

Muitos têm sido os desdobramentos da guerra em Gaza, cujos efeitos se estendem para além da catastrófica situação da população palestina. Os EUA têm sido especialmente tensionados pela...

Um passo à frente, dois atrás

Será que alguém que não sabe o que é ser preterido pela aparência, que jamais perdeu uma oportunidade de trabalho em razão da cor...
-+=