São Paulo ganha novo Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial

Artigo produzido por Redação de Geledés

O serviço, localizado no bairro de Vila Maria, oferecerá apoio à população em casos de discriminação racial

Enviado pela  SMPIR para o Portal Geledés 

No próximo dia 08 de março, terça-feira, a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR) inaugura, com o apoio do Geledés – Instituto da Mulher Negra – um Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial, no bairro de Vila Maria. Para celebrar o início de suas atividades e também o Dia Internacional da Mulher, o local oferecerá uma programação especial com atrações artísticas e culturais, entre 08h e 17h.

O Centro de Referência é um serviço público e gratuito municipal que prevê a prestação de atendimento e orientação multiprofissional em casos de discriminação racial. O espaço contará ainda com oficinas, debates, palestras, ações pedagógicas e outras atividades relacionadas à inclusão e igualdade, tornando-se um equipamento permanente de vigilância, valorização e respeito à identidade.

“Por meio deste serviço, a SMPIR estabelecerá um canal direto com a população, oferecendo orientações que visem à promoção da igualdade racial em todas as instâncias em que a cidadania for subjugada”, afirma Maurício Pestana, Secretário Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

E, desde 2011, o site da Prefeitura de São Paulo disponibiliza uma ferramenta online (link) em que qualquer vítima de discriminação racial pode registrar sua denúncia e receber orientações sobre seus direitos e como agir para coibir atos discriminatórios.  

O descerramento da placa e a solenidade de inauguração estão previstos para as 11h. Ao longo do dia, além de atividades físicas para a terceira idade e ações recreativas para as crianças, o público poderá assistir ao espetáculo “Desaterro”, que trata ludicamente sobre o universo dos catadores de lixo, suas memórias culturais, tradições populares e cultura urbana. O grupo de maracatu “Mucambos de Raiz Nagô” também se apresenta. Outro destaque da programação fica por conta da apresentação do bloco afro “Ilú Obá de Min”.

Sobre a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial

A SMPIR tem a finalidade de formular, coordenar e articular políticas e diretrizes para a promoção da igualdade racial e avaliação das políticas públicas de ação afirmativa, com ênfase na população negra. A política de ação afirmativa é o instrumento por meio do qual se busca a promoção dos direitos dos indivíduos e grupos étnico-raciais que sofreram injustiças históricas e, ainda hoje, sofrem com desigualdades sociais motivadas pela discriminação racial e demais formas de intolerância.Serviço:

Inauguração do Centro de Referência e Promoção da Igualdade Racial de Vila Maria

Data: 08 de março de 2016, terça-feira

Horário: 8h às 17h

Local: Travessa Fernão Martins Costa, 105 – Vila Maria Alta, CEP 02134-010

Programação:

08:00 – Atividade Física para a Terceira Idade

09:00 – Atividade recreativa para crianças

10:00 – Apresentação da Cia Auto Falante – Performance de Dança e Teatro – leitura de poesias de Carolina de Jesus

11:00 – Cerimônia de descerramento da placa – Solenidade de Inauguração

12:30 – Intervalo

14:00 – Apresentação do espaço e da equipe para a comunidade

15:00 – Bloco Afro Ilú Obá de Min

16:00 – Mucambos de Raiz Nagô

17:00 – Unidos da Vila Maria (Bateria Mirim)

Credenciamento e informações à imprensa:

Raquel Reis – (11) 4571- 0961 / (11) 94301- 8542

[email protected]; [email protected]

+ sobre o tema

para lembrar

África ou França ???

Quem disputará a final da copa da Rússia neste...

“Precisamos repensar a escravidão, porque o que aprendemos nos livros são mentiras” diz Sheila S Walker

Por Kátia Mello A antropóloga afro-americana e diretora executiva da...

Não podemos suportar mais um pouquinho, não aguentamos mais!

Eu relutei em escrever essas poucas linhas. Mais do...

“A luta antirracista e a luta antissexista é uma luta de toda a sociedade”, Maria Sylvia Aparecida de Oliveira

Na última coluna do ano, Geledés no debate deu voz à sua presidenta Maria Sylvia Aparecida de Oliveira em entrevista que faz um importante...

Pacto Nacional do Poder Judiciário para a Equidade Racial

No último dia 25 de novembro, Geledés-Instituto da Mulher Negra, representado por sua diretora Maria Sylvia de Oliveira, participou da primeira reunião do Observatório...

“As violações sistemáticas e históricas se agravaram no Brasil e a população afrodescendente é uma das mais afetadas”

A pergunta invocada no subtítulo do encontro “Violação de direitos humanos da população negra no Brasil – o que fazer?”, promovido pela Coalizão Negra...
-+=