quarta-feira, fevereiro 1, 2023
InícioQuestões de GêneroMulher NegraSobre a solidão da mulher negra

Sobre a solidão da mulher negra

Esse texto é sobre a solidão da mulher negra.

Por Albertina Camara Ribeiro via Guest Post para o Portal Geledés

Mas não como vc pode estar pensando…

Não é sobre mulher sem ‘’homem’’, sem capacidade pra conquistar seu ‘’homem’’…

É sobre desistir…sobre a pior desistência de todas: a dos sonhos.

Ao entrar na adolescência, e pensar sobre como seria transar pela primeira vez eu tinha sonhos…não eram nada demais, eram sobre, simplesmente, ser com alguém especial, que gostasse e cuidasse de mim…bom…chegaram meus dezoitos anos e nem um beijo amoroso eu tinha ganho…só uma coisa nojenta e escondida de todos uma única vez…

Eu já me sentia pronta para minha primeira relação, então mudei de estratégia: não esperava mais por alguém que gostasse de mim, me respeitasse e amasse…se fosse alguém que eu confiasse que não iria sair falando pra todo mundo o que fez comigo na cama já era bom….e eu consegui .Só agora percebo quanto o meu desejo por respeito e discrição atendia perfeitamente o preconceito nada velado do meu ‘’primeiro amante’’.

Esse foi o primeiro sonho que o preconceito me roubou:o sonho de ter uma primeira vez com amor, carinho e respeito…. Muita coisa aconteceu desde aquele setembro de 2002, quando eu perdi a virgindade…cai, levantei e finalmente me empoderei…e me vi dizendo frases: ’’não vou me casar’’ ,’’não terei filhos’’…mais uma vez, desistindo…

Quando percebi que novamente estava desistindo, abrindo mão de algo que pra mim era importante, fiz algo que faço muito bem: orei pra minha mãe Oxum….imediatamente ela veio e me fez perceber que o preconceito o racismo ,podiam me tirar tudo, fazer eu rever meu sonhos, mudar minhas prioridades…mas não me fariam infeliz e amarga, a não ser que eu deixe. E eu decidi não deixar. Isso o racismo não vai me tirar: minha essência alegre, divertida e amorosa.

A temática da solidão da mulher negra vai além do homem negro que acha que é vítima e atacado por nós….da mulher branca casada com homem negro que se sente agredida por nós…não, definitivamente não é sobre vcs…é sobre nós, e nossos sonhos que vão ficado pelo caminho do preconceito racial, do preterimento, do celibato que nos é imposto…

Ao longo da história, toda vez que o negro se levantou e reclamou, foi acusado de violento….de vitimista…isto está acontecendo agora…eh a falta de empatia, principalmente das mulheres ditas feministas e dos homens ditos afro-centrados que me fazem acreditar cada vez menos num futuro melhor para a filha que eu não terei…

A solidão da mulher negra não é sobre ser solteira…é sobre o que nos é duramente imposto: ser forte como única opção, criar filhos sozinha, ou não tê-los, não por escolha minha, mas por se mostrar a única opção…

Você, mulher branca,isso não é para você ou sobre você…

Você homem branco…bom,muito menos…

Você,homem negro isso é um pouco sobre você…sobre não ser capaz de ver a beleza da mulher negra…de nos acusar de histéricas e loucas…e se colocar como protagonista de um vitimismo que nem está em pauta.

A solidão da mulher negra,’’ irmão de cor’’ , é sobre a solidão da tua mãe, irmãs, filhas…e sobre o mundo que nós, as que tu acusa de louca e vitimistas, estamos tentando construir para as filhas que você pode ter, e nós, muitas vezes não…

Aaaahhh…irmã negra que vive um relacionamento feliz…que bom…parabéns…continue sendo feliz, só não menospreza a dor de todas nós… ;)

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench