Solidariedade e Educação: Seja um professor voluntário na Uneafro-Brasil

Sim, nós acreditamos na Educação Popular!

Foto: Gabriel Brito/Correio da Cidadania

Por Douglas Belchior, do Negrobelchior

Imagine um Cursinho Preparatório para vestibulares, Enem e concursos, GRATUITO.

Imagine um Cursinho que só funciona em locais cedidos, sem custo e onde todos os professores são voluntários.

Imagine que, como resultado desse esforço, muitos estudantes de baixa renda, filhos de trabalhadores e em sua maioria negras e negros, são provocadas a superar os injusto sistema dos vestibulares e chegar às universidades públicas ou mesmo privadas com bolsas de estudo.

Assista os vídeos abaixo e se encante!

São os Cursinhos Comunitários da Uneafro-Brasil.  Nesse momento, precisamos da ajuda de professores voluntários para continuar esse bonito trabalho. Se você pensa em doar um pouco do seu tempo e conhecimento para um projeto coletivo e solidário, esta é a oportunidade!

Os Cursinhos funcionam quase sempre aos sábados e eventualmente em dias de semana. Eles estão localizados em diversas regiões de São Paulo: Zonas Leste, Oeste, Norte, Sul e Centro da Capital; ABC: São Bernardo, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires; Região do Alto Tietê: Poá, Itaquá, Mogi das Cruzes e Região Bragantina: Bragança, Atibaia, Piracaia, Itatiba, sempre em bairros periféricos.

Você identifica a região e apresenta sua disponibilidade de tempo e horário.

FAÇA CONTATO, descreva sua intenção, independente de sua área de atuação.

Quem pode ajudar?

Você, profissional formado em qualquer licenciatura, ou ainda bacharel, profissional liberal, jornalistas, engenheiros, administradores, contabilistas, químicos, advogados, estudantes universitários e afins.

Quero ajudar mas não sou professor, posso?

Claro que sim! Mesmo que você não tenha uma formação acadêmica ou aptidão à sala de aula, você pode nos ajudar na organização dos trabalhos, na mobilização da comunidade, na administração do cursinho, na relação com os estudantes, na busca de apoio e sustentação do projeto enfim, se for pra ajudar, sempre tem lugar pra mais um!

Certificação pela UNESP

Universitários que precisam cumprir horas de trabalhos e atividades extra-curriculares ou estágios podem fazê-los em nossos cursinhos.

Todos os colaboradores recebem, ao final de cada semestre, uma certificação proporcional à quantidade de horas-aula ou horas-colaboração, emitida pelo Laboratório de Estudos em Políticas Públicas da UNESP, em parceria com a Associação Franciscana de Defesa de Direitos e Formação Popular, ambas parceiras do trabalho educacional da Uneafro-Brasil.

Assista o documentário sobre o trabalho da Uneafro-Brasil

Conheça a história de Cinthia, jovem negra moradora do Capão Redondo que está se formando em Medicina.

+ sobre o tema

África en discusión – Por: Jesús Chucho Garcia

Esta semana en la ciudad de Addis Ababa,...

Único relato autobiográfico de um ex-escravo no Brasil será traduzido

Obra sobre escravidão está em vias de ser traduzida...

para lembrar

Fabrício Boliveira vive Simonal em cinebiografia: “Ele pagou muito caro por uma mentira”

Com direção de Leonardo Domingues, filme estreia no dia...

Novo vídeo de Beyoncé já pode ser visto no YouTube

Videoclip de Run The World (Girls) apresenta a cantora...

MinC leva escritores à Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha

Histórias de como é ser uma mulher negra nos...

Duda voa no último salto e conquista o inédito bicampeonato mundial

Paulista sofre na decisão, mas faz salto perfeito no...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Nota de pesar: Flávio Jorge

Acabamos de receber a triste notícia do falecimento do nosso amigo e companheiro de militância Flávio Jorge, o Flavinho, uma das mais importantes lideranças...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...
-+=