Guest Post »

Startup lança curso de programação para mulheres de baixa renda

Curso de formação, em São Paulo, é destinado para quem tem mais de 18 anos. Inscrições vão até 30 de novembro

Por Vitor Fuzeira, no Metrópoles

 

Foto: Michael Melo/Metrópoles

 

Com a meta de promover maior inclusão feminina na área de programação front-end, a startup Laboratória oferece uma oportunidade de formação única para as entusiastas desse assunto. Ao todo, a organização disponibilizará 60 vagas em curso de formação no setor para mulheres.

Esta será a segunda turma do curso de formação, sediado em São Paulo. As interessadas devem ter cursado o ensino médio em instituições públicas ou privadas com bolsa por critério de renda e ter idade superior a 18 anos.

Com a meta de promover maior inclusão feminina na área de programação front-end, a startup Laboratória oferece uma oportunidade de formação única para as entusiastas desse assunto. Ao todo, a organização disponibilizará 60 vagas em curso de formação no setor para mulheres.

Esta será a segunda turma do curso de formação, sediado em São Paulo. As interessadas devem ter cursado o ensino médio em instituições públicas ou privadas com bolsa por critério de renda e ter idade superior a 18 anos.

A inscrição e o processo seletivo são inteiramente on-line e estão disponíveis até 30 de novembro. As fases de entrevista e admissão acontecem até 5 de dezembro.

O cronograma de aulas está previsto para ter início em janeiro de 2019, com duração de seis meses.

Related posts