Suspeito de envolvimento na morte de Marielle é preso no Rio

Um dos suspeitos de envolvolvimento na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, Thiago Bruni Mendonça, conhecido como Thiago Macaco, 33 anos, foi preso, nessa terça-feira (29), por policiais da Delegacia de Homicídios da Capital. Ele é acusado de executar a tiros o colaborador do vereador Marcello Siciliano (PHS), Carlos Alexandre Pereira Maria, o Cabeça, assassinado no dia 8 de abril, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com informações do O Globo, Thiago Macaco, citado por uma testemunha-chave do caso Marielle, foi detido dentro do Shopping Nova América, em Del Castilho, Zona Norte da capital fluminense, graças ao mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal. Um ex-miliciano revelou que Thiago seria ligado a Orlando de Curicica, chefe da milícia da Boiúna, que está preso.

A motivação do crime que vitimou a parlamentar é que ela estaria atrapalhando os negócios do grupo paramilitar na Zona Oeste. Confrontado sobre o assunto, Siciliano nega as acusações sobre interesse nesses negócios. A testemunha também contou à polícia que Thiago Macaco clonou a placa do Colbat prata, utilizado pelos criminosos para matar Marielle e Anderson, no dia 14 de março, no centro do Rio.

Pelo mesmo delito, já havia sido preso Rondinele de Jesus da Silva, o Roni, no último dia 19. Agora, a corporação está à procura de Ruy Ribeiro Bastos, 38 anos, que seria um dos executores do duplo homicídio. A polícia não descarta a possibilidade de haver um quarto autor como mandante do crime.

+ sobre o tema

Pela 1º vez, um rapper gay alcança o topo da Billboard Hot 200

Pela primeira vez na história da Billboard Hot 200,...

Nove exemplos de machismo cotidiano que deveriam ser erradicados

A feminista Laura Bates fundou o site Everyday Sexism...

Mulher se torna professora após 14 anos como diarista em Ribeirão, SP

Maris Ester é uma das atrações da Feira do...

Se a vida te der limões, espreme-os nos olhos dos inimigos

Agora que "Lemonade", o novo álbum de Beyoncé, está...

para lembrar

Mulher negra é nomeada para principal cargo da polícia de Nova York

Uma mulher negra, Juanita Holmes, foi promovida hoje a...

Filósofa e feminista negra Sueli Carneiro é eleita Personalidade Literária do Ano pelo Prêmio Jabuti

A filósofa Sueli Carneiro , uma das principais teóricas do feminismo negro do...

Exposição fotográfica feita por mulheres no Recife questiona o racismo e o sexismo

Três fotógrafas integrantes de formação promovida pela FASE em...

Colégio Pedro II, no Rio, libera saia para meninos

O tradicional colégio Pedro II, escola federal fundada em...
spot_imgspot_img

Mortalidade materna de mulheres pretas é o dobro de brancas e pardas, diz estudo

Mulheres pretas têm quase duas vezes mais risco de morrer durante o parto ou no puerpério que mulheres pardas e brancas, segundo um estudo da Unicamp (Universidade Estadual...

Plataforma Mães Negras debate impactos do peso na vida profissional

A Plataforma Mães Negras do Brasil, startup (empresa emergente) de impacto social, cujo objetivo é a promoção do desenvolvimento socioeconômico de mães negras, promove nesta quarta-feira...

Mãe Hilda de Jitolú, a matriarca do Ilê Aiyê

Em 1988, quando uma educação afrocentrada ou antirracista ainda não estava no imaginário brasileiro, uma mulher preta que nunca frequentou a escola abriu sua casa, em Salvador (BA)...
-+=