cotas raciais

Mesmo com matrícula, jovem negro pode perder vaga na USP

São louváveis - ainda que tardios - os esforços da USP (Universidade de São Paulo) para aumentar o ingresso e a permanência de estudantes negros em cursos de graduação e pós-graduação. Cotas raciais, estratégias...

“Reparação por cotas é urgente”, defende primeira deputada negra do Paraná

Professora, historiadora, mestre em Educação e doutoranda em Tecnologia e Sociedade. A educação pavimentou o caminho para Ana Carolina Moura Melo Dartora, de 39 anos, tornar-se a primeira negra a representar o Paraná na...

Filhos de garis, pedreiros e faxineiras: 1ª turma com cotistas negros se forma na Faculdade de Direito da USP

“Olhava ao meu redor e pensava: 'será que deveria mesmo estar aqui?’.” “Eu me sentia uma extraterrestre.” “Contei nos dedos quantos negros vi ali. Fiquei assustada.” As frases acima foram ditas por alunos cotistas que ingressaram na...

‘Brasil vive racismo institucional e deve ampliar Lei de Cotas’, defende Anielle Franco

Há pouco menos de um mês no cargo de ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco, morta em 2018, no Rio de Janeiro, teve que enfrentar a primeira polêmica de...

USP prepara política de cotas para a pós-graduação

A USP (Universidade de São Paulo) formou um grupo com professores e alunos para formular uma política de cotas para a pós-graduação. A ideia é realizar uma espécie de censo a fim de rastrear quais unidades já começaram...

Em 7 anos, federais deixaram de ofertar 19% das vagas destinadas a negros

Completando 10 anos em vigor em agosto de 2022, a Lei de Cotas destina 50% das vagas de cursos de graduação de universidades e institutos federais a estudantes de escola pública. Dentro dessa reserva,...

A luta pela manutenção das cotas raciais no Ceará

No Ceará, o epíteto "terra da luz" esconde uma visão romantizada e camufla o racismo. O estado é celebrado como o primeiro lugar a abolir a escravidão no Brasil. Ao mesmo tempo, esquece-se que...

Nelson Inocêncio, um ativista na UnB

As lutas do movimento negro transparecem na pele e na história do professor Nelson Inocêncio. Brasiliense da primeira geração, apaixonado pela Universidade de Brasília (UnB), onde trabalha há 30 anos, ele viu a evolução...

útimas postagens

-+=