quarta-feira, dezembro 2, 2020

    Tag: goleiro Aranha

    Foto: Marcos Ribolli

    É ‘absurdo’ achar que não existe racismo, diz goleiro Aranha sobre redação do Enem

    A prova de redação da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizada neste domingo (4), falou sobre "Caminhos para combater o racismo no Brasil" e recebeu elogios tanto de professores quanto de famosos e candidatos que fizeram o exame. Em entrevista ao G1, Mário Lúcio Duarte Costa, conhecido no mundo do futebol como Aranha, afirmou considerar importante que o assunto apareça na prova do MEC, porque, segundo ele, "a gente tem um hábito ruim de achar que as coisas que não são debatidas é porque foram resolvidas, ou porque não existe o problema". Do Ariquemes Online Aranha jogava no Santos em 2014 quando, durante uma partida contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul, sofreu ofensas racistas proferidas por diversos torcedores gremistas. O goleiro reagiu ainda dentro do gramado e obrigou a sociedade – e os torcedores registrados em vídeo – a enfrentar e debater o problema. ...

    Leia mais

    Desempregado, Aranha diz que é chamado de ‘Branca de Neve’, revela que quase faliu no Santos e admite que queria continuar no Palmeiras

    do Jorge Nicola do Yahoo!Esportes  mas o preconceito parece não ter abandonado seu dia a dia. “Em vez de me ‘macaco’, agora me chamam de ‘Branca de Neve’”, revela Aranha, desempregado desde 31 de dezembro, quando acabou seu contrato com o Palmeiras. A dificuldade em voltar ao mercado, de acordo com o próprio Aranha, tem a ver com o fato de ser negro. “Com certeza, o preconceito atrapalha”, garante o camisa 1, em entrevista ao Blog. Além de lamentar a perseguição, o goleiro falou muito sobre sua polêmica saída do Santos, no começo do ano passado. Ele jura não ter se arrependido de trocar a condição de titular e multicampeão no Peixe pela de reserva no Palmeiras — disputou apenas um jogo ao longo de toda a última temporada. BLOG_ Você já completou mais de um mês sem emprego. Não fica aflito? ARANHA_ Fico ansioso, sim, mas não bate desespero porque ...

    Leia mais

    Aranha comemora reconhecimento por luta contra o racismo

    Aranha recebeu um dos principais prêmios do Troféu Mesa Redonda. O goleiro do Santos levou para casa o Troféu Constantino Cury, foi aplaudido de pé na festa oferecida pela TV Gazeta e comemorou o reconhecimento por sua ação na luta contra o racismo. no Jornal da Imprensa “Esta homenagem vem carregada de dois sentimentos. O primeiro é de tristeza e decepção porá uma coisa que não cabe mais. Mas também há um sentimento de alegria pelo reconhecimento, por estar aqui como uma das pessoas que fizeram coisas boas no campeonato”, afirmou. O jogador ficou marcado por um gesto feito em partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela Copa do Brasil. Hostilizado por parte da torcida local com gritos como “macaco” e apontou as manifestações racistas que acabaram eliminando a formação gaúcha da competição.Homenageado também pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Aranha disse que guardará com ...

    Leia mais

    Goleiro Aranha comenta atuação da mídia em caso de racismo na Arena Grêmio

    Goleiro, que foi vítima de agressões pela torcida do Grêmio, comenta atuação da TV no caso. O tema será debatido no programa Ver TV, na sexta-feira (21) Aranha, goleiro do Santos Futebol Clube, foi vítima de agressões racistas praticadas pela torcida do Grêmio, em Porto Alegre. O arqueiro, que teve uma grande atuação em seu time foi insultado no final de uma partida por torcedores na Arena, em Porto Alegre. Câmeras do canal ESPN Brasil flagraram uma torcedora claramente chamando Aranha de “macaco” e o resto do grupo fazendo sons que lembravam o animal. O jogador relata o que achou da cobertura da televisão. Ele acredita que mesmo existindo jornalistas que abordaram o caso de maneira responsável, alguns se utilizaram do sensacionalismo para conquistar as manchetes. “Alguns jornalistas abordaram de maneira séria e profissional e outros levaram para o sensacionalismo”, aponta. Ainda assim, o goleiro defende que a cobertura da ...

    Leia mais
    pattycakedoll.com

    O que bonecas negras, o caso Goleiro Aranha, a vitimização de Patrícia Moreira e “o papel da mulher na sociedade moderna” tem em comum. Esboço de uma reflexão.

    Nas últimas semanas fui convidada a fazer formações (momentos de apropriação de conceitos e reflexões) para mulheres com o tema "O papel da mulher na sociedade". Como o tema é muito amplo, optamos, eu e a parceira de trabalho, por conhecer as duas turmas, pois haveria 3, 4 encontros com cada uma delas, e sentir o que traziam como anseios, saberes e dali tocar em frente. Por: Aline Matos, do Mulheres e a luta por Justiça   pattycakedoll.com Eram turmas bem heterogêneas, com mulheres de diversas faixas etárias, escolaridade, experiências profissionais, raça/etnia bem como de diferentes territórios desta grande capital paulista. Algumas levavam suas crianças ou porque não tinham com quem as deixasse ou simplesmente porque queriam estar  presentes com elas. Sugeri às pessoas que me convidaram a criação de "uma caixa pedagógica" com a inclusão de [email protected] [email protected] bem como de livros infantis que garantissem esses ...

    Leia mais

    O recado dos atleticanos aos torcedores racistas

    por José Antonio Lima no Blog Esportifino A torcida do Atlético-MG deu na noite de quinta-feira 25 um raro alento a quem busca traços de civilidade no futebol, e um recado aos torcedores racistas. Antes da partida entre o Galo e o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, os atleticanos aplaudiram e gritaram o nome de Aranha, o goleiro adversário. A atitude da torcida do clube mineiro tem embutida em si uma mensagem fundamental: quando se trata de racismo, há muito mais “em jogo” do que os eventos unicamente esportivos. Ao denunciar as injúrias racistas que sofreu por parte de torcedores do Grêmio, Aranha não buscava benefício esportivo, mas dignidade e civilidade. Ficou claro na semana passada que a torcida do Grêmio não entendeu do que se tratava aquele episódio. Como escreveu o atleticano Idelber Avelar, o segundo jogo entre Grêmio e Santos em Porto Alegre era uma oportunidade única, histórica, mas milhares de gremistas falharam miseravelmente. ...

    Leia mais
    Foto: Marcos Ribolli

    A Educação nas teias do Aranha

    Personagem conhecido em Campinas, o Aranha, ex-goleiro da Ponte Preta, acabou se envolvendo em um emaranhado debate nacional e disso se podem extrair lições para a educação das nossas relações sociais. por Prof. Dr. Marcos Francisco Martins - Jornal Correio Popular de Campinas Foto: Marcos Ribolli Há 30 dias, no jogo Grêmio X Santos, em Porto Alegre, parte da torcida local fez xingamentos racistas contra o Aranha. Ele reagiu, saiu do gol, foi à torcida reclamar e recorreu ao juiz, que nada fez e nem registrou o acontecimento na Súmula da partida. Todavia, alguns veículos de comunicação registraram o fato e o denunciaram, o que foi acompanhado por redes sociais, fazendo com que o juiz alterasse a Súmula após o jogo. Os que se seguiu foi amplamente reportado, motivando o debate sobre o racismo no futebol e na sociedade brasileira. A punição exemplar veio ao Grêmio, ...

    Leia mais

    Não há racismo em terra de brancos

    por Pablo Vilhaça em Diario de Bordo As mãos, todas brancas, empurram os microfones diante do rosto do homem negro, alto e coberto de suor. Durante os últimos 90 minutos, enquanto desempenhava seu trabalho de maneira eficiente em campo, salvando seu time em ao menos duas ocasiões de particular perigo oferecido pelo time adversário, ele fora atormentado por vaias contínuas partindo da torcida rival. Estava acostumado a vaias, que faziam parte do esporte – mas aquelas obviamente atravessavam a fronteira da provocação de partida, já que se mostravam contínuas e endereçadas não aos companheiros, mas a ele. Frustrado, percebeu que era tratado como vilão de uma narrativa na qual deveria ser a vítima em um extremo e herói no outro – lá, por ter enfrentado o mais ultrapassado e odioso preconceito; aqui, por ter erguido a voz a protestado contra este. Nascido e criado em um país populado por pessoas que ...

    Leia mais

    Seja racista e ganhe fama e empatia, por Djamila Ribeiro

    Por: Djamila Ribeiro Costumo dizer que o Brasil é o país da piada pronta sem graça. Com os últimos acontecimentos envolvendo as ofensas racistas que o goleiro Aranha sofreu e a minissérie “Sexo e as nega”, essa constatação só se reafirma. Patrícia Moreira, a moça que ofendeu Aranha ganha um enorme espaço na mídia que a quer transformar em vítima. Quando nesse país programas de TV e jornais deu espaço para alguém se defender e tentar justificar seu crime? Quem ficou com pena e deu espaço para Angélica Aparecida Souza que em 16 de novembro de 2005 foi presa por roubar um pote de margarina? Quem fez moção de apoio a ela, quantas apresentadoras a levaram aos seus programas? Angélica passou 128 dias na cadeia de Pinheiros e por quatro vezes teve o pedido de liberdade provisório negado. Foi condenada a quatro anos de prisão em regime semi-aberto. Por roubar um ...

    Leia mais

    Aranha! Aranha! por Tony Bellotto

    Todos nós conhecemos direitinho como funciona nosso racismo, não somos inocentes Estive recentemente no Rio Grande do Sul e me surpreendi com comentários de parte da imprensa gaúcha, que, de certa forma, tentavam minimizar a gravidade das ofensas racistas da torcedora gremista Patrícia Moreira ao goleiro Aranha, do Santos. Após a torcedora, em prantos, ter declarado à imprensa que chamar o goleiro de macaco não foi uma ofensa racista, e de ter publicamente invocado seu perdão, vários jornalistas em solidariedade começaram a sugerir que Aranha tivesse a “grandeza” de perdoar Patrícia pelas injúrias. Se chamar um homem negro de macaco não é uma ofensa racista, é o quê? Uma demonstração carinhosa de admiração e respeito? É admissível que alguém numa conversa declare: “Realmente aquele macaco do Joaquim Barbosa fez um trabalho excelente no STF”? Ou: “O macaco do Obama é de fato um orador notável”? “Mas como é veloz esse ...

    Leia mais

    Racismo de superfície e de profundidade

    por Juremir Machado da Silva O que seria um racismo de profundidade em relação aos negros? Não sentar ao lado de um negro? Não aceitar o casamento de um filho com um negro? Não ter amigos negros? Considerar os negros como seres inferiores? Tenho a impressão, até a mesmo a convicção, de que a moça que levou o Grêmio a ser excluído da Copa do Brasil  não é racista dessa maneira. Teve um comportamento racista de superfície, caso essa expressão possa ter algum sentido sem encobrir ou justificar preconceitos hediondos. Gritou o que gritam, no embalo, pessoas que podem não se sentir racistas e até repudiar esse racismo, digamos, de profundidade. Mas será que o racismo de superfície praticado por indivíduos não é sintoma de um racismo de profundidade entranhado na sociedade e que vem à tona em manifestações aparentemente sem  maior importância ou praticadas, acima de tudo, para provocar ...

    Leia mais

    STJD exclui Grêmio da Copa do Brasil por ofensas racistas a goleiro Aranha

    Pedro Ivo Almeida Em sessão da 3ª Comissão Disciplinar, STJD decide excluir o Grêmio da Copa do Brasil por ofensas racistas ao goleiro Aranha O Grêmio está fora da Copa do Brasil. O time gaúcho foi excluído do torneio nesta quarta-feira (03), em sessão da 3ª Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por causa de ofensas racistas proferidas por torcedores contra o goleiro Aranha, titular do Santos, em partida válida pelas oitavas de final da competição nacional. Em decisão unânime, o clube ainda recebeu uma multa total de R$ 54 mil, e as pessoas que foram identificadas xingando o jogador foram proibidas de entrar em estádios por 720 dias. O árbitro Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) foi multado em R$ 1.600 e suspenso por 90 dias por não relatar o incidente na versão inicial da súmula, e os auxiliares também foram punidos por esse motivo (multa de R$ ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist