Tag: indígenas

    blank

    14 músicas de diferentes cantores indígenas brasileiros para conhecer

    A música indígena reflete todo o espírito de um povo, existem músicas tradicionais outras de autoria de músicos de diferentes etnias. Bandas indígenas e cantores estão espalhados por todo o Brasil, mas pouco conhecidos no cenário nacional. no Rádio Yandê Músicas compostas em línguas indígenas outras em português. Algumas contam historias, falam da cultura e também sobre sentimentos, pensamentos. Existem cantos e rezas específicos para invocações rituais que acompanham também as danças tradicionais dos povos. Uma pequena lista de alguns dos muitos músicos indígenas brasileiros e músicas tradicionais: Leia também: As 10 mentiras mais contadas sobre os indígenas  1 - SERTANEJO INDÍGENA - HISTÓRIA DO POVO UMUTINA Ademilson Umutina é um compositor e cantor, ele vive na aldeia Bacalana no município de Barra do Bugres-MT. Seu grupo busca resgatar a cultura tradicional Umutina. 2 - Shaneihu Yawanawá - KÊNE KÊRANE Shaneihu  é um conhecido cantor indígena acreano do Povo Yawanawá. Faz apresentações em diferentes ...

    Leia mais
    blank

    12 filmes para refletir sobre Descolonização da Educação e Povos Indígenas

    A Equipe da Rádio Yandê reuniu uma lista com 12 filmes para refletir sobre Descolonização da Educação e Povos Indígenas. Do Rádio Yandê 1 - Escolarizando o Mundo (Schooling the World, 2010) O filme mostra como educação ocidental foi imposta aos povos, modificando seu modo de viver e crenças. A força do etnocentrismo por trás dos projetos educacionais, que dizem querer ajudar os jovens conquistar uma vida melhor. As falhas da educação institucional e desvalorização das culturas que não fazem parte das correntes de pensamento ocidentais.Os questionamentos sobre definições de riqueza e pobreza ou conhecimento e ignorância são feitos durante todo o documentário.O papel das escolas na época da colonização na destruição do conhecimento tradicional. 2- Enterrem meu coração na Curva do Rio (Bury My Heart at Wounded Knee, 2007) Baseado no best-seller de Dee Brown, o filme mostra o processo de integração indígena junto da sociedade americana, marcado por discriminação ...

    Leia mais
    blank

    Diversidade, emoção e conquista: primeira formatura de Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC

    O juramento na colação de grau da primeira turma de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da UFSC, na noite de quarta-feira, 9 de abril, falava de cultura, liberdade, autonomia, luta pela terra, autodeterminação, alegria e crianças sadias. Os discursos reiteravam a preocupação com o futuro e com manter tradições e costumes para os filhos. Pois eles estavam lá. Mais ainda do que a média habitual das formaturas, a cerimônia estava repleta de crianças, famílias e amigos, muitos dos quais vieram de longe para a ocasião: os formandos – das etnias guarani, kaingang e laklãnõ/xokleng – são provenientes do Mato Grosso do Sul (MS), Espírito Santo (ES), Rio de Janeiro (RJ), Santa Catarina (SC) e Rio Grande do Sul (RS). Do UFSC Foto: Henrique Almeida/Agecom/DGC/UFSC   Adelino Gonçalves foi o primeiro formando da noite. Foto: Henrique Almeida/Agecom/DGC/UFSC Pouco antes do início da cerimônia, o kaingang Armandio ...

    Leia mais
    boaventura

    Carta aberta do professor Boaventura de Sousa Santos às autoridades brasileiras

    Apoio aos povos indígenas e repúdio à PEC 215/200 no CIMI Senhora Presidente Dilma Roussef Senhoras e Senhores Deputados ao Congresso Senhores Ministros Estatísticas oficiais estimam uma população de cerca de 900 mil indígenas no Brasil. São, ao todo, 305 povos que se comunicam em 274 distintas línguas. Esta incomensurável diversidade sociocultural de saberes e de práticas está em risco, com a aprovação da PEC 215/2000. A magnitude do que está em causa não pode ser subestimada. É um novo genocídio depois do que foi levado a cabo pelos colonialistas. E por essa razão estou consciente de medir bem as palavras quando afirmo que podemos estar perante um verdadeiro atentado contra a humanidade. Explico-me. Autoridades brasileiras estão diante de uma decisão que pode abalar definitivamente a garantia dos direitos dos povos indígenas no país. Parlamentares da chamada bancada ruralista, que representa os grandes proprietários de terra no Congresso Nacional, tentam ...

    Leia mais
    Direitos Humanos no Brasil: olhando para a frente.

    Direitos Humanos no Brasil: olhando para a frente

    Quais as expectativas para os direitos humanos no Brasil em 2015? Os protestos dos últimos anos, as mobilizações sociais e a campanha eleitoral levantaram várias questões não resolvidas Por Maurício Santoro* Quais as expectativas para os direitos humanos no Brasil em 2015? Os protestos dos últimos anos, as mobilizações sociais e a campanha eleitoral levantaram várias questões não resolvidas, que estão no centro da vida cotidiana do país. O Brasil é a nação com o maior número de homicídios do mundo, mais de 50 mil por ano.  Mais da metade das vítimas são jovens entre 15 e 29 anos e, destes, 77% são negros.  A Anistia Internacional lançou, em novembro, a campanha “Jovem Negro Vivo” para chamar a atenção da sociedade brasileira para a gravidade do tema e cobrar respostas das autoridades para enfrentá-lo. Esse debate é inseparável da reforma das forças de segurança, que atuam com extrema violência. Em cinco anos, ...

    Leia mais
    blank

    Que país é esse?, por Egon Heck

    Soldados com escudos e artefatos contra motim fechavam a porta de entrada da Câmara dos Deputados. No Senado também já haviam sido barrados. Um forte esquema policial se espalhou pelos espaços dos três poderes. Parecia que estaria prestes a acontecer uma perigosa invasão de vândalos. Na pauta das duas casas do Congresso estavam temas vitais para os povos indígenas. Uns 150 indígenas estavam em Brasília para participar desses espaços conforme lhes garante a Constituição e a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho Do: Racismo Ambiental Egon Heck – Conselho Indigenista Missionário – CIMI Ao serem barrados, ficaram indignados e revoltados, com essa atitude ditatorial e absurda do Estado Brasileiro. “Isso é um crime…o que vocês soldados estão fazendo ao impedir esses brasileiros nativos entrar no congresso é um crime”, dizia um dos presentes ao ato. Ao tentarem forçar a entrada, foram recebidos com spray de pimenta e rechaçados. A grande mídia qualificou ...

    Leia mais
    blank

    A batalha pela fronteira Munduruku

    Indígenas proclamam a autodemarcação de terra que pode parar a hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, a nova menina dos olhos do governo federal. Assentada em solo sagrado, a área seria alagada pela usina. “A gente não sai”, diz cacique Por Ana Aranha e Jéssica Mota No Brasil de Fato    À beira do rio Tapajós, no oeste do Pará, a floresta estala sob os passos dos guerreiros Munduruku. São cerca de 20 homens fortes, com braços pintados com traços iguais aos da casca do jabuti. Eles trabalham em silêncio, as poucas palavras são ditas na língua materna, o Munduruku. Avançam com atenção sobre um perigoso manto que cobre o chão: cipós, galhos forrados de espinhos e troncos em decomposição. As pisadas são lentas e firmes. Sem pressa, os guerreiros abrem a mata para o campo de batalha. Os Munduruku experimentam uma estratégia nova, inédita para esse povo cujo histórico ...

    Leia mais
    blank

    Partidos obstruem reunião sobre a PEC de demarcação de terras indígenas

    Agência Câmara Por meio de apresentação de questões de ordem e exigências de leitura e discussão de ata, deputados do PT, PV, Psol, PCdoB e PSB estão obstruindo a reunião da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/00, que submete ao Congresso a decisão final sobre a demarcação de áreas indígenas. Do: racismoambiental A reunião foi iniciada no início da noite para análise do relatório do deputado Osmar Serraglio (PDMB-PR). Embora não tenha sido convocada pelo presidente do colegiado, deputado Afonso Florence (PT-BA), ela está sendo realizada graças ao apoio de 1/3 dos seus integrantes, obtido pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), que está presidindo a reunião. No entanto, parlamentares contrários à PEC questionam a reunião. O deputado Sarney Filho (PV-MA) estranhou a insistência da bancada ruralista em aprovar a PEC na comissão ainda neste ano, já que não terá nenhum efeito prático, ...

    Leia mais
    As 10 mentiras mais contadas sobre os indígenas

    As 10 mentiras mais contadas sobre os indígenas

    As afirmações listadas abaixo foram extraídas da vida real. Algumas nas ruas do interior do Brasil, outras nas cidades grandes, outras em discursos de políticos. Percepções diversas, vindas de pessoas com histórias diferentes, mas com um direcionamento em comum: a disseminação do discurso anti-indígena com argumentos falsos Texto e fotos por Lilian Brandt* Mentira nº 1: Quase não existe mais índio, daqui alguns anos não existirá mais nenhum Se as pessoas não sabem muito sobre os indígenas na atualidade, sabem menos ainda sobre o passado destes povos. Mesmo os pesquisadores não encontram um consenso, e os números variam muito conforme os critérios utilizados. A antropóloga e demógrafa Marta Maria Azevedo estima que, na época da chegada dos europeus, a população indígena no Brasil era de 3 milhões de pessoas. Eram mais de 1.000 povos diferentes, que durante séculos foram exterminados pelos conquistadores, seja por suas armas de fogo, seja pelas ...

    Leia mais
    Ilustração: Bruno Gomes (brunogomes.art)

    Mestrado inovador para comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas

    Além de lançamento do edital, seminário discute temas como educação superior e sustentabilidade dos quilombolas Do: Portal Brasil Ilustração: Bruno Gomes (brunogomes.art) Na próxima quinta-feira (4), será realizado o seminário Educação Intercultural para a Sustentabilidade, que lançará a segunda edição do Mestrado Profissional em Sustentabilidade junto a Povos e Terras Tradicionais (Mespt). Sucesso em 2013, quando formou 23 mestres (incluindo representantes de 13 povos indígenas), o MESPT é uma iniciativa inovadora e interdisciplinar ligada ao Centro de Desenvolvimento Sustentável, da Universidade de Brasília (UnB) tem o apoio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR). A exemplo do que propõe o MESPT, que se fundamenta no diálogo entre os saberes técnico-científicos e tradicionais, o seminário do dia 4 reunirá lideranças e mestres tradicionais de renome, como Raoni Metuktire e Antonio Bispo dos Santos, professores universitários, representantes de organizações internacionais, entre outros. Além de lançar ...

    Leia mais
    ONU Mulheres pede rigor na apuração da morte de líder kaiowá

    ONU Mulheres pede rigor na apuração da morte de líder kaiowá

    Luciano Nascimento A Organização das Nações Unidas (ONU) Mulheres Brasil pediu ontem (6) rigor e celeridade autoridades na apuração da morte da líder indígena kaiowá Marinavalva Manoel, assassinada na última sexta-feira (31) em Dourados, Mato Grosso do Sul. Nesta quinta-feira, a ONU Mulheres divulgou nota em que manifesta “extremo pesar pela violência e pela truculência” com que foi morta Marinalva, de 27 anos. O corpo da líder indígena foi encontrado na manhã de sábado (1º) à margem da rodovia BR-163. Marinalva recebeu 35 facadas – os golpes foram desferidos no tórax, pescoço, rosto e na mão esquerda da jovem. Marinalva era uma das defensoras da demarcação da Terra Indígena Ñu Verá e integrante do Grande Conselho Guarani-Kaiowá Aty Guassu. No último dia 15, ela participou, com outros líderes indígenas, de uma reunião em Brasília com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Eles manifestaram, na ocasião, repúdio à decisão do STF que ...

    Leia mais
    blank

    Aty Guasu denuncia assassinato da liderança Kaiowá Marinalva Manoel e pede providências ao MPF

    Por: Tania Pacheco O Conselho da Aty Guasu enviou carta (abaixo) a Deborah Duprat, coordenadora da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, e ao Procurador da República em Dourados, Marco Antonio Delfino, sobre a morte da liderança Kaiowá Marinalva Manoel, de 28 anos. Uma das integrantes da comitiva que esteve em Brasília semana passada para exigir dos poderes públicos a demarcação das terras Guarani e Kaiowá, Marinalva foi encontrada na manhã de ontem (01/11) na margem da BR-163, despida e assassinada com diversas facadas. Reunido na Terra Indígena Nhuporã, o Conselho da Aty Guasu exige, na carta, “investigação justa” para a morte de Marinalva Manoel, “pois a mesma já vinha sofrendo várias ameaças de morte”. A carta continua: “Assim como todos nós povo Guarani e Kaiowá que estamos sofrendo ameaças de morte, ameaças de despejo, ameaças de invalidação dos laudos antropológicos de nossas Terras Indígenas Tradicionais decidimos que não vamos aceitar essa ...

    Leia mais
    blank

    Terror contra os povos indígenas do Ceará

    No dia 11 de outubro de 2014, o Povo Indígena Tremembé Barra do Mundaú, da comunidade São José do Buriti, foi surpreendido com uma ação de destruição de seu território sagrado, onde, além de derrubar cercas e palhoças e destruir uma casa em construção, tudo foi queimado. A ação foi feita por um advogado que se nomeou Henrique Rocha Trigueiro, representante do grupo Nova Atlântida, seguido por quinze homens paramentados para a destruição. Sem mandado ou autorização da justiça, o grupo promoveu uma cena de terror e prometeu retornar após 15 dias para repetir essa ação caso os indígenas tivessem retomado o território. Até o momento, nem Ministério Público, nem polícia militar, nem polícia federal se manifestaram, apesar de o grupo já ter feito a denúncia. É hora de apoiar nossos parentes! É hora de dizer não aos grandes grupos de investidores que representam uma política neodesenvolvimentista e de negação ...

    Leia mais
    blank

    Plataforma Dhesca lança relatório “Violações de Direitos Humanos dos Indígenas no Mato Grosso do Sul” quinta, dia 30, em Dourados

    Nesta quinta-feira (30) será lançado em Dourados o relatório “Violações de direitos humanos dos indígenas no Estado do Mato Grosso do Sul”. O documento é resultado da missão realizada em agosto de 2013 pela Relatoria do Direito Humano à Terra, Território e Alimentação. Durante a missão a Relatoria constatou a complexidade que envolve as violações aos direitos dos povos indígenas Guarani e Kaiowá. As violações começam com a negação do seu território, a exclusão social (da qual resulta todo o processo de confinamento) até a negação dos direitos básicos à realização da vida com dignidade. Entre os direitos violados estão o direito ao território, à alimentação adequada, ao acesso à educação específica (diferenciada, intercultural, bilíngue/multilíngue e comunitária), à saúde que considere a medicina tradicional, à dignidade da pessoa humana (preconceito e racismo), à autodeterminação dos povos indígenas e à memória. O evento é promovido por Plataforma de Direitos Humanos – ...

    Leia mais
    blank

    Universidade Federal do Amazonas cancela cotas na pós

    Ufma alega falta de regulamentação e amparo legal para aplicar as reservas de vaga e cancela Lei de Cotas. O Amazonas tem 63 povos indígenas vivendo no estado A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) cancelou no mês de setembro a reserva de vagas para alunos indígenas e negros nos cursos de pós-graduação sob a alegação de que o de regime de cotas não tem amparo legal e nem regulamentação. A decisão, que já vigora para os editais do final deste ano, quando as provas para novos alunos serão realizadas, foi tomada com base no parecer da Procuradoria Federal da instituição. O parecer diz que a “reserva de vagas para ingressos nas universidades federais para autodeclarados pretos, pardos e indígenas só alcançam a graduação como expressamente estabelecido na Lei 12.711, de 29 de dezembro (sic) de 2012”. A Lei 12.711, mais conhecida como Lei de Cotas, na verdade, é de 29 ...

    Leia mais
    blank

    Jean-Pierre Leroy: É nos territórios tradicionais que podem ser encontradas as pistas para o futuro sustentável

    O filósofo francês Jean-Pierre Leroy foi o grande destaque da noite de abertura do 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente, que está acontecendo na capital mineira, Belo Horizonte.  No contexto atual, no qual vivemos a expansão cada vez mais intensa da agricultura industrial e dos latifúndios monocultores no país, Leroy defende a resistência aos processos de desterritorialização e desapropriação dos territórios tradicionais, que, em nossa sociedade, são respaldadas pelos interesses governamentais e pela política do crescimento econômico. Segundo ele, nesse sentido, os saberes e competências associados ao local passam a ser desqualificados. O filósofo alerta, no entanto, que são nestes territórios que podem ser encontradas pistas para um futuro sustentável. Na conferência, intitulada Direitos, justiça ambiental e políticas públicas, o pesquisador –  que é membro da Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA) e assessor da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase) -, destacou que este simpósio ...

    Leia mais
    blank

    Funai fará (finalmente!) mapeamento de indígenas presos em todo o Brasil

    O levantamento começará em Roraima, estado com a maior proporção de índios: 11% da população. Em 2012, havia 847 indígenas atrás das grades no País O Povo Após verificar aumento no registro dos indígenas presos no Brasil, a Fundação Nacional do Índio (Funai) decidiu identificar com precisão a quantidade de índios encarcerados no País. Representantes da entidade acreditam que os números podem ser maiores, porque estados com considerável população indígena não possuem caso de prisão registrada. O mapeamento começará em Roraima, estado com a maior proporção de índios: 11% da população, ou 49 mil pessoas. Pelos dados estaduais, 3% da população carcerária são indígenas. Numa visita preliminar a um dos presídios de Roraima, a Funai constatou que a quantidade de índios presos era maior do que o indicado nas estatísticas oficiais. Por isso escolheram o Estado para começar o mapeamento. A fim de combater o sub-registro de casos futuros, ...

    Leia mais
    ‘Quero devolver algo à minha comunidade’, diz jovem índio que virou advogado

    ‘Quero devolver algo à minha comunidade’, diz jovem índio que virou advogado

    Luiz Henrique Eloy Amado tem 25 anos e é um dos poucos advogados no Brasil dedicados exclusivamente à demarcação e à reintegração de terras indígenas. Em depoimento à BBC Brasil, o índio terena – que se formou em Direito, fez mestrado na Universidade Católica Dom Bosco (MS) e se prepara para fazer doutorado em Antropologia – relata a resistência enfrentada por lideranças jovens dentro e fora de suas comunidades. Confira aqui os principais trechos do depoimento à repórter Paula Adamo Idoeta. “Deixei a aldeia Ipegui, de Aquidauana (MS), para cursar o ensino superior já pensando em devolver algo à minha comunidade. Fiz parte das primeiras levas de indígenas que tiveram acesso à universidade entre 2005 e 2006. Ali eu convivia com vários indígenas, e vi que o problema deixou de ser o acesso à universidade, passou a ser a permanência – os índios têm dificuldades financeiras, (se comunicam em sua) ...

    Leia mais
    Sem representatividade no Congresso, eleições têm 85 candidatos indígenas

    Sem representatividade no Congresso, eleições têm 85 candidatos indígenas

    Carolina Garcia Líderes de diferentes etnias buscam na política a oportunidade de dar voz às aldeias; índios são mais de 800 mil no Brasil A política indigenista ganha novo fôlego nas eleições 2014. Com 85 candidatos a cargos públicos, de acordo com as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indígenas buscam retomar o legado de líderes do passado, fortalecer a própria cultura e mostrar o caminho das aldeias para as políticas públicas. Para sociólogos e antropólogos, o índio busca representação nas esferas federal e estadual para falar a vontade do próprio povo, sem intermediários. Atualmente, não existe candidato de origem indígena no Congresso, em Brasília. O Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010 mostrou que a comunidade indígena do Brasil é formada por 817.963 pessoas de 305 diferentes etnias, que estão presentes em todos os Estados. No dia 5 de outubro, índios disputarão cargos de vice-governador (1), senador (3), deputado ...

    Leia mais
    Página 6 de 8 1 5 6 7 8

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist