quarta-feira, setembro 16, 2020

    Tag: pintura

    blank

    Exposição de pinturas retrata preconceito, diversidade e igualdade racial em Piracicaba

    Visitação fica aberta até o fim de julho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Entrada é gratuita. Por G1 Piracicaba e Região Exposição Zumbi reúne 15 peças em Piracicaba — Foto: Comunicação/Águas do Mirante A exposição "Zumbi" está com visitação aberta no átrio da Prefeitura de Piracicaba (SP). O público pode acompanhar uma seleção de 15 obras que abordam preconceito, diversidade e igualdade racial. A mostra vai até 31 de julho e a entrada é gratuita. A visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Segundo a organização, o objetivo é promover o incentivo e exercício da arte e a reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil. Os trabalhos foram desenvolvidos pelos colaboradores da Aegea, que administra a concessionária dos serviços de esgoto em Piracicaba, e por integrantes da Casa do Hip Hop, do Núcleo ...

    Leia mais
    Femme aux Pivoines (1870), de Frédéric Bazille (Foto: Divulgação)

    Mostra no Musée d’Orsay repensa a representação visual dos negros na pintura ocidental

    Exposição, que fica em cartaz até dia 21.07, repensa a narrativa da arte e contextualiza o aspecto racial no cotidiano de Paris Por ISABEL JUNQUEIRA, da Vogue    Femme aux Pivoines (1870), de Frédéric Bazille (Foto: Frédéric Bazille) Os discursos em torno de Olympia, obra-prima precursora da arte modernista pintada por Édouard Manet em 1863, sempre giraram em torno da cortesã nua, esparramada no divã, cobrindo firmemente o sexo e desafiando o espectador como olhar, enquanto, no fundo, uma empregada traz um buquê de flores (provavelmente de um cliente). A força da prostituta feriu tanto a moral e os bons costumes da sociedade hipócrita da época que o quadro quase foi vandalizado e acabou saindo de circulação. Se estudos deram, aos poucos, contornos feministas à prostituta branca, pouco se falou sobre a doméstica negra que ocupa, no entanto, um lugar importante na composição do pintor francês. Frustrada ...

    Leia mais
    'Em Família', pintura de Figari: vida cotidiana dos afrodescendentes Foto: Eduardo Baldizan/Masp

    Retrospectiva de Pedro Figari recupera o Uruguai africano no Masp

    Pintor uruguaio dedicou sua vida a retratar os dramas e as alegrias da população negra de seu país Por Antonio Gonçalves Filho, no Estadão  'Em Família', pintura de Figari: vida cotidiana dos afrodescendentes Foto: Eduardo Baldizan/Masp Único artista branco a ganhar uma exposição no Museu de Arte de São Paulo (Masp) este ano, o pintor uruguaio Pedro Figari (1861-1938) dedicou sua vida a retratar os dramas e as alegrias da população negra de seu país. Mais os momentos alegres que os tristes, é verdade, embora a crônica visual de Figari sobre os afrodescendentes não esqueça a dor que a escravidão deixou como legado. Ao contrário dos modernistas brasileiros, Figari não pintou negros trabalhando, como Portinari, ou em poses sensuais, como Di Cavalcanti, observa Mariana Leme, curadora da mostra que contou também com a seleção do diretor do Museu Figari, Pablo Thiago Rocca. “No quinto e no sexto conjuntos das obras da ...

    Leia mais
    blank

    Esther Mahlangu, da tribo sul-africana Ndebele, criou um mural em Évora

    Esther Mahlangu, uma sul-africana de 82 anos, pintou um mural em Évora. A membro da tribo Ndebele ficou conhecida depois de estar numa exposição no Centro Georges Pompidou, em Paris (França), em 1989. Do Observador NUNO VEIGA/LUSA A figura frágil pode enganar, mas a artista Esther Mahlangu, de uma tribo sul-africana, é uma trabalhadora incansável que, depois de colaborar com museus e pintar automóveis de marcas internacionais, assina agora um mural em Évora. “Não posso esquecer Évora. Há muitos lugares no meu coração e vou juntar este também”, diz à agência Lusa a artista, de 82 anos, na língua da comunidade Ndebele, a que pertence, mas fazendo-se entender com a ajuda de um intérprete. Esther Mahlangu está na cidade há algumas semanas, a convite do Festival Évora África, iniciado na sexta-feira e promovido pela Casa Cadaval, Palácio de Cadaval e Power Nation, levando a Évora, até ...

    Leia mais
    blank

    ‘Mona Lisa africana’ é vendida por mais de R$ 5 milhões, em Londres

    A obra apelidada de "Mona Lisa africana", que se tornou ícone na Nigéria, foi vendida em um leilão em Londres por 1,2 milhão de libras esterlinas (R$ 5,3 milhões), valor quatro vezes maior que o estimado. no O Globo  Quadro foi negociado por valor quatro vezes maior que o estimado - BEN STANSALL / AFP O quadro, um retrato da princesa Ife Adetutu Ademiluyi, conhecida como Tutu, foi pintado em 1974 pelo artista nigeriano Ben Enwonwu e estava orçado em algo entre 200 mil e 300 mil libras (R$ 894 mil e R$ 1,3 milhão). O montante final marcou um recorde para trabalhos do pintor. "O retrato de Tutu é um ícone nacional na Nigéria e tem grande significado cultural. Estou contente que isto tenha provocado tanto interesse e estabelecido um novo recorde para o artista", comentou Giles Peppiatt, diretor de arte moderna africana da casa ...

    Leia mais
    (Foto: Reprodução/ Darkside; Edição: 1)

    Livro clássico de Maya Angelou e Basquiat completa 25 anos e é relançado em edição especial

    Monstros, fantasmas, valentões: ter medo nos acompanha desde pequenos, e nossos obstáculos já foram tema de muitas fábulas e livros infantis. O poema de Maya Angelou, ilustrado por Jean-Michel Basquiat, porém, tenta falar sobre as aflições da infância de dentro do olhar de empoderamento. A vida não me assusta, ganha edição especial de 25 anos pela Dark Side Books. Publicado pela primeira vez em 1993, o poema convoca nossos demônios antes de gritar para eles que nada nos assusta — e a gente bem que podia fazer isso quando adulto. A autora, que faleceu em 2014, afirmava que escreveu o livro para “todas as crianças que fingem não ter medo do escuro”, mas a verdade é que A vida não me assusta é uma obra que une Maya e Basquiat para lembrar a adultos e crianças de encarar o medo e derrotar nossos monstros, reais e imaginários. (Foto: Imagem ...

    Leia mais
    blank

    Pintor angolano expôs no Louvre

    A Brigada Jovem dos Artistas Plásticos (BJAP) outorgou,  em Luanda,  um Diploma de Mérito ao pintor Armando Scoott, pela “forma exemplar, brilhante e profissional como tem desenvolvido o seu trabalho”. Por Roque Silva, do  Jornal de Angola  O reconhecimento do núcleo afecto a União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP) resulta do facto de o referido criador ter sabido representar e divulgar a arte de desenhar e de esculpir no exterior do país. O gesto ocorreu na inauguração da exposição “Coisa de Preto”, do referido artista, patente até 5 de Janeiro, na galeria Hall de Lima Pimentel, num ambiente bastante concorrido pelos apreciadores das artes plásticas. A exposição “Coisa de Preto” serve como uma chamada de atenção contra o racismo que aflige as sociedades. Num  total  de  18 obras produzidas a base de óleo e acrílico sobre tela, o cria­dor   retrata aspectos  de  racismo  que  se  vive  e apoquenta ac­tualmente  as  sociedades, cuja  ...

    Leia mais
    blank

    Depois de sexualidade, Masp se volta à questão negra

    Assunto foi escolhido por 2018 marcar os 130 anos da assinatura da Lei Áurea, que aboliu a escravidão Da Veja  Maria Auxiliadora da Silva, Velório da noiva, 1974 (MASP/Divulgação) O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) anunciou nesta quarta-feira a sua programação para 2018. Como nos anos anteriores, quando elegeu um eixo temático a ser seguido pelas exposições, em 2018 a instituição terá um único assunto que permeará suas mostras: as narrativas afro-atlânticas, como define a instituição. O tema foi escolhido por 2018 marcar os 130 anos da assinatura da Lei Áurea, que aboliu a escravidão. (MASP/Divulgação) As exposições tratarão não apenas da escravização de negros, mas também das trocas culturais e artísticas entre os povos africanos e os americanos. Por enquanto, nove mostras estão confirmadas, entre individuais e coletivas, de nomes como Aleijadinho, Emanoel Araújo e Rubem Valentim. Em março, abrem as exposições solo de Aleijadinho e Maria Auxiliadora da Silva. Em abril, é a ...

    Leia mais
    blank

    Você precisa conhecer os desenhos do nigeriano Arinze Stanley que parecem fotografias

    O jovem Arinze Stanley, artista baseado na Nigéria, levou a pintura hiper-realista para outro nível. Com apenas um lápis, ele é capaz de fazer retratos realmente capazes de confundir o telespectador. no Hypeness Arinze conta que leva em média 100 horas para terminar um trabalho, e o resultado justifica, já que as imagens são riquíssimas em detalhes. E para quem ficar na dúvida, o artista compartilha várias imagens dos trabalhos durante a execução e em diferentes etapas.

    Leia mais
    blank

    Museus prestigiam as artistas negras que a história esqueceu

    NATIONAL MUSEUM OF WOMEN IN THE ARTS, GIFT OF THE ARTIST; C. LOIS JONES MAILOULois Mailou Jones, "Ode to Kinshasa," 1972, mixed media on canvas, 48 x 36 in.   Edmonia Lewis No primeiro dia do Mês da História Negra, as boas pessoas do Google abençoaram a internet com um desenho em homenagem a Edmonia Lewis, a primeira mulher de origem afroamericana e indígena americana a ser mundialmente reconhecida como escultora de belas-artes. Lewis, que cresceu enquanto a escravidão ainda era legal nos Estados Unidos, ficou conhecida por suas esculturas de mármore de abolicionistas influentes e figuras mitológicas. Em parte porque ela criou todas suas esculturas à mão, hoje restam poucos originais ou reproduções intactos. Ela morreu em 1907, relativamente desconhecida, e até hoje é menos conhecida que muitos de seus contemporâneos homens e brancos. Esta homenagem merecida a Edmonia Lewis nos levou a pensar nas ...

    Leia mais
    blank

    Jean-Michel Basquiat ganha mostra no Masp em 2018

    O Masp prepara para 2018 uma exposição dedicada à obra do artista afro-americano Jean-Michel Basquiat (1960-1988). Cerca de 40 pinturas e desenhos com foco em personagens e histórias africanas montam a primeira grande mostra do artista em mais de vinte anos no Brasil. Por Julia Flamingo, para Huffpost Brasil Foto: Getty Images A partir dos anos 70, o nova-iorquino nascido no Brooklyn deixou suas marcas pela cidade americana com desenhos de grafite inconfundíveis – e até hoje, continua sendo o grafiteiro que mais abalou o cenário estabelecido da arte. Com um estilo figurativo próprio, cujos traços lembram uma arte quase primitiva, Basquiat causava impacto com painéis expostos nos lugares mais inusitados de Nova York. De início, suas mensagens provocativas eram assinadas com a marca “Samo”, o que causava curiosidade em quem se deparava com ela em diversos bairros. Já na década de 80, deixou de ser ...

    Leia mais
    LONDON, ENGLAND - JUNE 05: Lynette Yiadom-Boakye, winner of the Visual Art award for 'Verses After Dusk', poses in the Winner's Room at the The South Bank Sky Arts Awards, airing on Wednesday 8th June on Sky Arts, at The Savoy Hotel on June 5, 2016 in London, England. (Photo by David M. Benett/Dave Benett/Getty Images)

    Conheça Lynette Yiadom-Boakye, aclamada pintora negra por trás dos novos clipes de Solange

    Racismo e identidade negra são questões sociais abordadas em A Seat at the Table(Um Lugar à Mesa), novo álbum da cantora Solange, irmã de Beyoncé. Por Amauri Terto, do HuffPost Brasil   Você viu aqui no HuffPost Brasil que esse disco levou quatro anos para ser realizado, traz diversas parcerias e participações especiais e tem uma mensagem de empoderamento tão forte e contundente quando Lemonade, lançado no primeiro semestre por Queen Bey. LONDON, ENGLAND - JUNE 05: Lynette Yiadom-Boakye, winner of the Visual Art award for 'Verses After Dusk', poses in the Winner's Room at the The South Bank Sky Arts Awards, airing on Wednesday 8th June on Sky Arts, at The Savoy Hotel on June 5, 2016 in London, England. (Photo by David M. Benett/Dave Benett/Getty Images) Para acompanhar o álbum, Solange lançou também dois videoclipes, um deles para a música Don't Touch My Hair - em ...

    Leia mais
    blank

    Exposição “Diáspora” por Josafá Neves

    No dia 25 de maio, data em que se comemora o Dia da África, o artista plástico de reconhecimento internacional, Josafá Neves, lançará em Brasília a exposição “Diáspora” que homenageia personalidades que representam o empoderamento da cultura negra brasileira, como Clementina de Jesus, Itamar Assumpção, Milton Santos, entre outros; enfatizando a extensa criação por parte dos negros no Brasil nos domínios da música, das artes plásticas e do ativismo político. Enviado para o Portal Geledés A exposição “Diáspora“ vem agregar projeção a cultura negra no Brasil por meio de sua paleta autodidata que busca dar visibilidade aos inúmeros realizadores da Diáspora Negra Brasileira nos domínios da música, das artes plásticas, do ativismo político, enfim, da extensa criação por parte dos negros no Brasil. Por quatro anos, o tema foi estudado pelo artista para selecionar o que ele batiza como os ícones da Diáspora Negra no Brasil. As personalidades negras, o ...

    Leia mais
    (Foto: Reprodução/ Facebook)

    Morre em Salvador a artista plástica Yeda Maria aos 84 anos

    A artista plástica baiana Yeda Maria Correira de Oliveira, de 84 anos, foi encontrada morta no apartamento onde morava, no bairro da Pituba, em Salvador. De acordo com pessoas próximas à artista, ela foi encontrada no apartamento, por uma vizinha, na noite de domingo (27). Yeda morava sozinha e sofria de diabetes e hipertensão. Segundo o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), que fez o registro do caso, a suspeita é de que a morte tenha sido natural, já que não foram encontradas lesões no corpo da artista plástica. O corpo de Yeda Maria foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Salvador, e por volta das 16h ainda permanecia no local. Ainda não há detalhes sobre o velório. Yeda Maria era conhecida internacionalmente e tem obras expostas em museus dos Estados Unidos e Europa. Em novembro de 2015, obras de Yeda fizeram parte da programação ...

    Leia mais
    blank

    Este pintor nigeriano faz obras de arte hiper-realistas que parecem fotografias de verdade

    O pintor nigeriano Oresegun Olumide, de 35 anos, está fazendo o maior sucesso nas redes sociais por causa de fotos das suas obras maravilhosas e hiper-realistas. Por Ana Júlia Gennari, do HuffPost Brasil Ninguém acredita mas essas fotos são, na verdade, pinturas a óleo Oresegun estudou arte na Yaba College of Technology, na cidade de Lagos, e começou a pintar profissionalmente em 2008. Apenas em 2011 sua obra foi exposta em uma galeria na cidade de Ikorodu, em Lagos. Em entrevista à CNN, o pintor disse que seu segredo é o uso da água para dar efeito translúcido à imagem. Seu trabalho começou a bombar nas redes sociais em março de 2016, quando ele decidiu postar duas fotos de pinturas novas em seu Facebook. Para sua surpresa, isso teve um impacto foi gigantesco. As imagens se tornaram virais e foram compartilhadas mais de 50 mil vezes em diversas redes sociais. Seu perfil ...

    Leia mais
    Juventude Atrofiada – Ayéola Moore. (Foto: Divulgação)

    Ayéola Moore e a mulher negra que move o mundo

    De acordo com dados do Dossiê Mulheres Negras: retrato das condições de vida das mulheres negras no Brasil, a população brasileira em 2009 era de 191 milhões de pessoas, sendo 50 milhões ou um quarto de mulheres negras. O levantamento, produzido em parceria com o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e a SEPPIR (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial) apontou contudo que ainda existem diferenças entre o acesso à educação entre mulheres e homens negros e mulheres negras e brancas, entre outras coisas. Por  Kauê Vieira, do Afreaka Mesmo com as disparidades existentes, muito se avançou desde o início dos anos 2000. Atualmente são diversos os exemplos de mulheres negras falando por si e desconstruindo estereótipos, o machismo e o racismo que correm nas veias do Brasil. Como diria a música Travessia, cantada por Milton Nascimento: “solto a voz nas estradas, já não quero parar”. Não querem ...

    Leia mais
    blank

    Algo além do moderno: a mulher negra na pintura brasileira no início do século XX *

    CHRISTO, Maraliz de Castro Vieira. Algo além do moderno: a mulher negra na pintura brasileira no início do século XX. 19&20, Rio de Janeiro, v. IV, n. 2, abr. 2009. Disponível em: <http://www.dezenovevinte.net/obras/obras_maraliz.htm>. Por Maraliz de Castro Vieira Christo, do Dezenovevinte     1.            Em pesquisa sobre o acervo do Museu Mariano Procópio uma obra chama a nossa atenção, a tela de Armando Vianna (1897-1992), Limpando metais , datada de 1923, onde uma empregada doméstica negra pule pratas e cristais, com o olhar distante.                      2.            Seu autor seguiu uma carreira normal para um jovem simples do Rio de Janeiro: aos treze anos começou a trabalhar na oficina de pintura do pai, pintando placas, carrocinhas e charretes; cursou o Liceu de Artes e Ofício, o curso livre da Escola Nacional de Belas Artes, onde foi aluno de Rodolpho Amoêdo e Rodolpho Chambelland; em 1921 iniciou sua participação no Salão Nacional de Belas ...

    Leia mais
    blank

    A fertilidade da pintura contemporânea de Gana Uma janela entre sociedade e arte

    A arte tradicional africana influenciou e continua influenciando as escolas estéticas do mundo todo, se tornando cada dia mais mainstream das culturas globalizadas. Cores fortes, vivacidade, conceitos abstratos, profundidade teórica e força de expressão são alguns itens que justificam o prestígio. A África agora começa também a se estabelecer como referência das artes contemporâneas, que juntam tradição e presente em uma harmoniosa coexistência. Em Gana, um dos destaques no mundo de novas tendências está na pintura. No entanto, é difícil agrupar os artistas em uma só escola e definir um estilo único para a nova estética que se forma no país. Do Afreaka A complexa estrutura social de Gana, que conta com 79 línguas e 25 milhões de pessoas, é uma das razões da existência desse pluralismo estilístico. Cada pintor traz em sua obra uma diferente história de influências, marcada por tecido social, etnia, religião, educação ou até graus de ...

    Leia mais
    blank

    Mostra explora memória e identidade da cultura negra com telas de Zé Darci

    Está em cartaz em Porto Alegre a exposição “Memória e Identidade: Uma Visão Africanista”, com telas de Zé Darci. A mostra pode ser conferida até o dia 29 de fevereiro no Memorial do RS (Sete de Setembro, 1020). A visitação ocorre de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e sábado e domingo, das 10h às 14h. A entrada é gratuita. A exposição, que está integrada à programação do 15º Fórum Social Mundial, apresenta 17 obras do artista plástico gaúcho Zé Darci, que trabalha há muitos anos com a temática da presença negra no Rio Grande do Sul e com questões de busca por igualdade social no Brasil. A curadoria é de Gilberto Elias.

    Leia mais
    Antônio Pompêo viveu João Congo na minissérie “A casa das sete mulheres”, em 2002 (Foto: Gianne Carvalho)

    Morre aos 62 anos o ator Antônio Pompêo

    O ator Antônio Pompêo foi encontrado morto nesta terça-feira (5) em sua casa, em Guaratiba, em Zona Oeste do Rio. A informação foi confirmada pela Polícia Militar, que estava no local por volta das 17h para a ocorrência. O ator e artista plástico tinha 62 anos e as causas da morte ainda não foram divulgadas. Nascido na cidade de São José do Rio Pardo, em São Paulo, Antônio participou de vários filmes, como "Xica da Silva" e "O cortiço". Atuou também em novelas da Globo como "O Rei do Gado", "A viagem", "Pecado capital", "Mulheres de areia", "A casa das sete mulheres", "Pedra sobre pedra" e "Fera ferida". Seu início na TV foi em "A Moreninha", em 1975. Pompeo intepretou Servilho em 'Mulheres de areia' (1993) (Foto: Reprodução/ TV Globo) Pompêo também atuou em novelas da extinta TV Manchete, como "Kananga do Japão" e "A história de Ana ...

    Leia mais
    Página 1 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    blank
    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist