Tag: racismo nos EUA

Ota Benga foi sequestrado e levado aos EUA para ser exibido em um zoológico (Foto: BIBLIOTECA DO CONGRESSO DOS EUA)

Após 114 anos, zoológico dos EUA se desculpa por exibir jovem negro em jaula de macacos

Ota Benga foi sequestrado em sua terra natal — onde hoje fica a República Democrática do Congo — e levado aos EUA para ser exibido em uma jaula, em 1904. Mais de um século depois de virar notícia internacional por exibir um jovem congolês na mesma seção onde ficavam os macacos, o Zoológico do Bronx, em Nova York, finalmente emitiu um pedido de desculpas. O pedido de desculpas feito pela entidade que administra o local, a Sociedade para Conservação da Vida Selvagem (WCS, na sigla em inglês), veio em meio a protestos globais motivados pela morte do americano George Floyd por um policial branco nos Estados Unidos. A jornalista Pamela Newkirk, que já pesquisou e escreveu extensamente sobre o assunto, faz uma análise do caso para a BBC. Em um momento de ajustes de contas nacional, o presidente da entidade, Cristian Samper, disse que é importante "refletir sobre a própria ...

Leia mais

Suicídio de jovem negro teria sido motivado por racismo; dois são presos

Jovem negro de 15 anos publicou mensagem de despedida no Facebook antes de cometer suicídio. Erick Maina sofria com ofensas racistas no Pragmatismo Político Dois adolescentes foram presos em Liverpool, na Inglaterra, por serem suspeitos da autoria de pixações racistas em uma escola, neste fim de semana. O episódio acontece no momento em que a comunidade ligada ao colégio lamenta o suicídio de um aluno negro, que foi encontrado morto no último sábado. As informações são da BBC e do Daily Mail. Segundo a publicação, o corpo de Erick Maina, 15 anos, foi encontrado em sua casa horas depois de ele ter publicado “Bye” (em português, “Tchau”) em seu Facebook. O adolescente estudava no colégio Maricourt Catholic High School. Durante o fim de semana, funcionários e alunos da escola realizaram uma vigília em sua homenagem. No entanto, no início da manhã desta segunda-feira, pixações racistas foram encontradas na escola e em um parque ...

Leia mais

Jovem negro adotado por brancos é confundido com ladrão nos EUA

DeShawn Currie, de 18 anos, disse que policiais insinuaram que ele não era da família porque não estava em fotos (Foto: Reprodução/YouTube/Complex) Policiais da Carolina do Norte lançaram gás de pimenta em rapaz de 18 anos. Agentes insinuaram que ele não era da família, já que não estava em fotos. Um adolescente negro foi confundido com um ladrão por policiais da Carolina do Norte e atingido com gás de pimenta após se recusar a obedecer ordens dos agentes. O jovem negro estava na casa dos pais adotivos, que eram brancos. De acordo com a Associated Press, o caso ocorreu na última segunda-feira (6) na cidade de Raleigh. As autoridades locais informaram que agiram desta forma contra DeShawn Currie, de 18 anos, porque ele teria insultado, ameaçado e não seguido as instruções dos policiais. Em entrevista a um canal de televisão local, Currie disse que ficou enfurecido ao ver os policiais ...

Leia mais

Depois de 30 anos na cadeia, DNA inocenta irmãos condenados à morte por estupro e assassinato de uma menina de 11 anos

Depois de 30 anos na cadeia por estupro seguido de morte nos Estados Unidos, dois meio-irmãos com deficiência intelectual condenados pelo estupro e morte de uma menina de 11 anos foram inocentados dos crimes. Testes de DNA comprovaram que outro homem foi responsável pelo crime cometido em 1983, pelo qual Henry McCollum, de 50 anos, e Leon Brown, de 46, cumpriam pena. McCollum aguardava o cumprimento de sua pena de morte. Depois de uma audiência na terça-feira, um juiz do Estado americano da Carolina do Norte determinou a libertação imediata de ambos. Uma comissão que reexaminou o caso descobriu que nenhuma das provas colhidas na cena do crime continha o DNA dos irmãos. Confissões forjadas Brown foi o primeiro a confessar o crime, quando tinha 15 anos, depois de passar horas sendo interrogado pela polícia. “Este caso é uma tragédia que afetou profundamente não só a vida das pessoas envolvidas, ...

Leia mais

Latino tira uma letra do nome no currículo e recebe centenas de respostas

José Zamora, americano de origem latina, seguia uma rotina. Durante os vários meses em que estava procurando emprego, ele diz que abria seu computador toda manhã e varria a internet em busca de oportunidades, se candidatando a tudo aquilo que ele sentia ser qualificado o suficiente para fazer. No vídeo acima, feito pelo Buzzfeed, ele calcula ter enviado entre 50 e 100 currículos por dia -- o que é, em uma palavra, impressionante. Mas Zamora disse que não estava conseguindo nenhuma resposta. Tinha um palpite do porquê. Para verificar, tirou a letra "s" do seu nome.  José Zamora virou Joe Zamora. Uma semana depois, sua caixa de emails estava lotada. Como ele explica no vídeo, "Joe" não mudou nada em seu currículo além daquela única letra. O que Zamora fez, efetivamente, foi "embranquecer" o currículo. Apesar de o envio de currículos online parecer um avanço em relação à discriminação racial na hora de contratar, vários ...

Leia mais
Milhares marcham em Nova York contra racismo nos EUA

Milhares marcham em Nova York contra racismo nos EUA

Manifestantes chegam para o embarque na barca em Staten Island Ferry, Lower Manhattan O reverendo Al Sharpton liderou milhares de ativistas em uma marcha pacífica através da Staten Island no sábado, para protestar contra o racismo e a morte de Eric Garner, no mês passado após ser detido pela polícia de Nova York com um golpe de estrangulamento proibido. Os manifestantes viajaram de ônibus e balsa para se juntarem à manifestação por Garner, um homem negro, de 43 anos, pai de seis filhos, cuja morte se tornou parte de um debate nacional mais amplo, sobre como a polícia dos Estados Unidos utiliza a força, especialmente em pessoas que não são brancas. – Se você pode fazer isso com ele, então pode fazer com qualquer cidadão, e nós não vamos ficar calados enquanto isso acontece – disse Shrapton em um discurso antes do início da manifestação contra o racismo, na Igreja Mt. Sinai United ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist