quarta-feira, setembro 16, 2020

    Tag: UnB

    blank

    Após sofrer preconceito na faculdade, merendeira do DF faz mestrado na UnB

    Ela fez faculdade e pós graduação e quer ajudar a melhorar a merenda escolar Ela começou a cozinhar com oito anos de idade, se tornou merendeira escolar, fez faculdade de gastronomia e atualmente faz mestrado voltado à gastronomia regional. Assim é parte da trajetória de Magna Pereira da Silva.  Mas nem tudo foram flores no caminho da cozinheira Magna Pereira da Silva. Ela enfrentou preconceito por parte de colegas quando entrou para a faculdade. — Sofri preconceito porque eu era merendeira. Magna foi aprovada para o concurso de público de merendeira da rede pública de ensino do Distrito Federal em 2010 e por meio de uma bolsa conseguiu fazer o curso de Gastronomia em uma faculdade particular. Ela já havia feito cursos práticos de cozinha, teve o talento reconhecido por parentes e amigos, mas, incentivada pelas filhas, começou a fazer curso superior. Após concluir a faculdade, ela fez uma pós ...

    Leia mais
    A merendeira Magna foi aprovada para o mestrado em turismo Fred Leão/R7

    Após sofrer preconceito na faculdade, merendeira do DF faz mestrado na UnB

    Ela começou a cozinhar com oito anos de idade, se tornou merendeira escolar, fez faculdade de gastronomia e atualmente faz mestrado voltado à gastronomia regional. Assim é parte da trajetória de Magna Pereira da Silva.  Mas nem tudo foram flores no caminho da cozinheira Magna Pereira da Silva. Ela enfrentou preconceito por parte de colegas quando entrou para a faculdade. — Sofri preconceito na faculdade porque eu era merendeira. Magna foi aprovada para o concurso de público de merendeira da rede pública de ensino do Distrito Federal em 2010 e por meio de uma bolsa conseguiu fazer o curso de Gastronomia em uma faculdade particular. Ela já havia feito cursos práticos de cozinha, teve o talento reconhecido por parentes e amigos, mas, incentivada pelas filhas, começou a fazer curso superior. Após concluir a faculdade, ela fez uma pós graduação em docência. Neste ano, Magna foi aprovada para o mestrado em ...

    Leia mais
    5erghl32wg3fy4siost86h8ot

    Aluno transexual ganha direito de usar nome social na UnB

    Depois de longa espera, Marcelo Caetano poderá ver o nome que escolheu estampado nos documentos internos da Universidade de Brasília. Pedido feito por ele em janeiro, cria precedente para futuros casos semelhantes Por: Priscilla Borges Foram longos oito meses de espera até que Marcelo Caetano ouvisse de representantes da Universidade de Brasília (UnB) que ele não seria mais obrigado a ver em documentos ou ouvir nas chamadas um nome pelo qual não se identifica. Perto de completar 23 anos, o santista, que nasceu uma menina, quer ser reconhecido pelo nome que escolheu e ter sua identidade formalizada e respeitada. Ainda falta muito, mas ele acredita ter dado um grande passo. Marcelo entrou com um pedido formal à Câmara de Ensino de Graduação para que seu nome social fosse adotado nas listas de chamada, carteirinha da universidade e documentos. Desde então, a requisição foi analisada pela Procuradoria Jurídica da Universidade, que ...

    Leia mais
    jaqueline_1

    Primeira transexual brasiliense a chegar a um doutorado na UnB fala sobre preconceito

    Engajada em movimentos sociais e defensora das minorias, ela deseja que seu exemplo possa ser seguido por outras pessoas que sofrem o mesmo drama O encontro foi marcado na Universidade de Brasília (UnB) ao meio-dia e meia da quinta-feira chuvosa. Lá estava ela, pontualmente. O ambiente lhe é muito familiar. Afinal, as mais recentes conquistas — aquelas que conduziram e ainda conduzirão seu destino profissional — ali aconteceram. De longe, avista-se aquela mulher negra, de 1,77m e 75 kg. O peso só foi revelado depois. Talvez, depois da idade, seja o maior e mais temido segredo de qualquer mulher. Os cabelos, em aplique, são médios e cuidadosamente cacheados. Veste terninho bege, com blusa de seda preta. Os sapatos, de salto alto, combinam com a blusa. A bolsa também é preta.   Nos dedos da mão direita, dois grandes anéis. E uma aliança muito especial no anelar da esquerda. É a ...

    Leia mais
    Foto: Marcus Steinmayer

    UnB

    Há muito havia desistido da expressão vontade política pela banalização em que ela foi lançada. No entanto, um novo evento repõe em meu glossário um sentido efetivo para essa expressão. É a adoção pela Universidade de Brasília (UnB) do sistema de cotas para negros no marco institucional de um Plano de Metas para Integração Social, Étnica e Racial daquela universidade. Segundo o release da UnB, o plano de metas consiste num "conjunto de medidas que pretendem gerar na UnB uma composição social, étnica e racial capaz de refletir minimamente a situação do Distrito Federal e a diversidade da sociedade brasileira como um todo. O fundamento supremo do Plano de Metas é o propósito de promover a inclusão social de negros e indígenas por meio do acesso ao ensino superior, em um contexto de políticas de ação afirmativa (...)  Os três pontos básicos do plano são: o acesso de negros e ...

    Leia mais
    Página 2 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist