quinta-feira, setembro 23, 2021
InícioQuestões de GêneroMulher NegraViolência contra mulher negra é tema de debate

Violência contra mulher negra é tema de debate

Com o objetivo de debater e propor soluções para os principais problemas enfrentados pelas mulheres negras na Bahia, o Ministério Público estadual (MP-BA), por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e da População LGBT (Gedem), programou para quarta-feira, 20, às 9h30, na sede da instituição, em Nazaré, o I Seminário Biopolíticas e Mulheres Negras: Práticas e Experiências Contra o Racismo e o Sexismo.

Do A Tarde 

De acordo com a coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (Caodh), promotora de justiça Márcia Teixeira, a importância do evento pode ser medida em números.

“Nos últimos 10 anos da Lei Maria da Penha houve um aumento de 54% no número de homicídios praticados contra mulheres negras e, por outro lado, uma redução de 9,8% nos homicídios contra mulheres brancas, conforme dados do Mapa da Violência da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais”, salientou a promotora de justiça.

Seminário

O evento marca a passagem do Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Afro-Latino-Caribenha, chamado no Brasil de Julho das Pretas.

Segundo a promotora Márcia Teixeira, o movimento de Mulheres Negras estabeleceu uma agenda comum de ações, dentre as quais se inclui o seminário realizado pelo Gedem.

O evento irá abordar assuntos como Escrevivência Negra como Difusão da Intelectualidade Afro-Brasileira; Emergências na Educação Afro-Brasileira e Antipatriarcal; Narrativas e Violências Patriarcais na Diáspora Negra; e Estado e Movimento Negro Feminista: Ocupação dos Espaços Hegemônicos.

Ao final do encontro, o Caodh deverá elaborar uma agenda de possíveis intervenções nas áreas de atribuição do MP-BA ligadas à defesa dos direitos das mulheres negras.

RELATED ARTICLES