‘Beychella’: Beyoncé faz história no Coachella

A artista foi a primeira mulher negra a ser cabeça de cartaz no festival americano

Do SIC Mulher

Foto: Kevin Winter

Beyoncé fez história no Coachella ao tornar-se a primeira mulher negra a ser cabeça de cartaz no festival, este sábado, 14 de abril. E para um acontecimento histórico, Queen B. preparou um concerto bombástico e cheio de energia que ainda trouxe muitas surpresas ao palco.
DJ Khaled preparou todos para o que aí vinha: “Depois de hoje, o Coachella vai passar a chamar-se Beychella. Alerta novo nome: Beychella!”, brincou o DJ no início do concerto. Mas tinha razão na parte em que o concerto seria memorável. Para além da grande produção visual do espetáculo, Beyoncé levou ao palco Jay-Z,a sua irmã Solange e ainda Kelly Rowland e Michelle Williams, protagonizando assim um momento de reunião das Destiny’s Child.
Os tributos também não foram esquecidos; a cantora fez uma homenagem a Nina Simone e passou nos ecrãs frases de Malcolm X ao longo do concerto.

Antes do encore, Beyoncé fez questão de relembrar o momento e agradeceu ao público: “Obrigada por me deixarem ser a primeira mulher negra a ser cabeça de cartaz no Coachella”.

Antes de Queen B. já outras mulheres tinham sido destaque no Festival de Música e das Artes da Califórnia, como Lady Gaga e Amy Winehouse, mas Beyoncé foi a primeira mulher negra a chegar a cabeça de cartaz, ficando assim na história do festival.

Veja abaixo as fotos do concerto publicadas por Beyoncé nas redes sociais.

+ sobre o tema

ONG Favela Mundo recebe peça Histórias da Mãe África

Evento procurará empoderar crianças e adolescentes atendidos pela ONG...

Moa do Katendê, morto em 2018, revolucionou cultura afrobrasileira e virou filme

Moa do Katendê já era uma pessoa bem conhecida...

O ressurgimento do kouri-vini, língua perdida dos EUA nascida da escravidão

No bar Hideaway on Lee, na cidade de Lafayette,...

Holder, primeiro procurador-geral negro, se despede defendendo direitos civis

Washington, 24 abr (EFE).- Eric Holder, o primeiro procurador-geral...

para lembrar

Fim do Exaltasamba estaria associado ao desgaste coletivo

Consagrado entre os grupos de samba de maior sucesso...

Revelações de ‘Olhos D’água’

Doutor em letras analisa a obra de Conceição Evaristo,...

Projeto Macumba celebra a cultura afro-brasileira em “Festival Batuques do Samba”

Organizado pela Companhia Transitória e tendo a música popular...

Os caminhos de Nafissatou Dia Diouf

Nafissatou Dia Diouf é um dos mais fortes nomes...
spot_imgspot_img

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...

Carnaval 2025: nove das 12 escolas do Grupo Especial vão levar enredos afro para a Avenida

Em 2025, a Marquês de Sapucaí, com suas luzes e cores, será palco de um verdadeiro aquilombamento, termo que hoje define o movimento de...

‘Está começando a segunda parte do inferno’, diz líder quilombola do RS

"Está começando a segunda parte do inferno", com esta frase, Jamaica Machado, líder do Quilombo dos Machado, de Porto Alegre, resumiu, com certo desânimo, a nova...
-+=