Guest Post »
Circuito Cinegrada 2017– Protagonismo negro no cinema

Circuito Cinegrada 2017– Protagonismo negro no cinema

Do dia 01 ao dia 30 de novembro de 2017, acontecerá a terceira edição do CIRCUITO CINEGRADA. A mostra exibe filmes realizados por cineastas negrxs e passará por 15 bairros da periferia do Rio de Janeiro, com a intenção de discutir o racismo através do cinema e estimular a circulação de filmes realizados por cineastas negros e negras, dentro das periferias e favelas da cidade.

por Luz Mariana Blet via Guest Post para o Portal Geledés

Nesta edição o circuito tem como novidade a Colômbia, como país convidado. O circuito, que este ano tem patrocínio da Rio Filmes, começará no dia 01 de novembro na comunidade do Fumacê, em Realengo.

A festa de abertura contará com o lançamento do filme longa-metragem do Coletivo CRUA, Quilombo da Caçandoca – uma raiz viva, após o filme, haverá uma conversa com os representantes da comunidade do Quilombo de Caçandoca, localizado em Ubatuba, litoral norte de São Paulo. A mostra continua por todo o mês de novembro.

No Méier, dia 26/11, o convidado especial será o grupo Jongueiro do Afrolaje, após a exibição o debate será com a Mestra Cristina do Jongo Eledá, de Barra do Piraí e com o Mestre Geraldo, do Jongo de Volta Redonda.

No Complexo do Alemão, dia 25/11, a discussão será em torno do encarceramento negro, com o coletivo Ocupa Alemão e os diretores do Filme Doce Sonhos, Macário Silva e Arthur Pereira.

Teremos ainda três sessões infantis, no Morro do Sossego (Senador Camará), Jacarezinho e Irajá, nos dias 9, 10 e 12/11, respectivamente.

O Circuito Cinegrada estará presente também nas universidades UERJ e IFRJ, com os coletivos negros que constroem seus espaços nestas universidades. Teremos exibição, também, em Pedra de Mangaratiba, Cosmos, Ilha do Governador, Anchieta, Quintino, Vila Isabel e em Nilópolis e Duque de Caxias na Baixada Fluminense.

Com a parceria com o Festival Internacional Cine Afro – Fica Kunta Kinte, que acontece em Medellín na Colômbia, o circuito contará com a exibição de 4 filmes afrocolombianos. A intenção é ampliar a discussão sobre a questão negra para toda a América Latina. Foram selecionados 24 filmes, 21 nacionais e 3 da Colômbia.

O público da periferia carioca, poderá assistir a filmes como Chico, dos Irmãos Carvalho, ganhador de 3 prêmios, (direção, som e prêmio Canal Brasil) no Festival de Brasília, a programação conta com filmes musicais como o documentário da Tia Ciata, de Mariana Campos e Minas do Rap, de Juliana Vicente, para a criançada vai rolar a animação Nana e Nilo, de Sandro Lopes, e a Piscina de Caíque, de Raphael Gustavo.

CRUA – Coletivo Criativo de Rua Somos um coletivo de artes integradas que tem como objetivo atuar em periferias e locais marginalizados pela sociedade, proporcionando intervenções culturais que aproveitem o potencial de cada localidade.

Acreditamos que a cultura popular de cada comunidade é de fundamental importância para o contexto de nossa cidade.

Por isso, o nosso objetivo é integrar, explorar e divulgar a cultura local. Trabalhando colaborativamente com os atores locais para proporcionar uma troca de saberes, afeto e valorização das identidades periféricas.

——- Para mais informações e a programação completa:
Fanpage do CRUA https://www.facebook.com/coletivocrua
Fanpage do circuito – https://www.facebook.com/circuitocinegrada/

Related posts