DOMUS – Moradas Visuais

Mostra fotográfica sob o olhar poético dos integrantes do Núcleo de Extensão Humanízate – IESB traz ao público as temáticas enfrentadas pela Defensoria Pública da União

Defensoria Pública da União de Categoria Especial via Guest Post para o Portal Geledés

Local: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República
Data: de 11/12/2015 a 11/01/2016

Entre os dias 11 de dezembro de 2015 e 11 de janeiro de 2016, o Centro Universitário IESB, sob coordenação de Daniel Mira e Bernardina Leal, em parceria com a Defensoria Pública da União – DPU, apresenta a mostra fotográfica DOMUS – Moradas Visuais, na área externa do Museu Nacional da República. A exposição tem como enfoque temas relativos à defesa dos direitos humanos sob uma perspectiva poética: migrações e refúgio; sistema prisional; catadores de lixo; comunidades indígenas e quilombolas. A exibição é aberta ao público e gratuita.

“A relevância do trabalho se deve ao envolvimento dos artistas com temas de forte dramaticidade humana que trazem para o âmbito poético uma espécie de redenção da dor; papel da arte”, explica o coordenador do projeto, Daniel Mira.

DOMUS constitui a segunda criação do Projeto DPU Cultural, cujo desafio é transpor para a linguagem artística as realizações da Defensoria Pública da União. Cada ensaio fotográfico desdobra-se num singular percurso investigativo desenvolvido por estudantes dos cursos de Fotografia, Design e Publicidade do IESB sobre os cinco temas citados acima.

Em jornada solidária, defensores públicos, servidores, comunidades assistidas, professores e estudantes cuidam da casa comum que habitam, acrescentando a esse domus um pa?tio ajardinado.

Trabalhos artísticos

Tema: Quilombolas
Autores: Xenágoras Brasil / Katya Volpato/ Alex Amaral

Tema: Indígenas
Autores: Ravel Luz / Lucas Soneghet

Tema: Sistema prisional
Autores: João Albuquerque / Clara Molina

Tema: Catadores
Autores: Sabrina Oliveira / Katarzyna Chiluta

Tema: Migrações e Refúgio
Autora: Erica de Sousa
Serviço:
“DOMUS – Moradas Visuais” – Núcleo de Extensão Humanízate – IESB
Lançamento: 11 de Dezembro de 2015 (sexta-feira), 19h
Visitação: 11 de dezembro de 2015 a 11 de janeiro de 2016, diariamente
Local: Área externa do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República – Brasília, DF.
Entrada gratuita

Fonte: Tríplice Comunicação
Foto: Katarzyna Chiluta


SERVIÇOS

Local: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República
Endereço: Setor Cultural Sul – Brasília
Telefone do Local: —
Data: de 11/12/2015 a 11/01/2016
Ponto(s) de Venda(s):
Entrada franca
Valor dos Ingressos:
Entrada franca

Folder_Domus_F2-2

+ sobre o tema

para lembrar

Mulheres quilombolas do ES denunciam sofrer racismo ambiental

Cerca de 80 mulheres quilombolas realizaram o 1º Encontro...

Favela é Fashion mostra os encantos da moda africana na Casa de Cultura Laura Alvim

No próximo sábado (12/12), às 12h, a Casa de...

RECIFE: Programação Mês da Consciência Negra

PONTO DE CULTURA ENSINAMENTOS DE MÃE AMARA  ...

Músicas de Michael Jackson são banidas de diversas rádios ao redor do mundo

Essa movimentação começou após a estreia do documentário Leaving...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...
-+=