Guest Post »

‘Dramaturgia negra’ reúne 16 obras teatrais de autores negros

A Funarte vai lançar o livro Dramaturgia negra neste fim de semana, no Rio de Janeiro, durante o Fórum de Performance Negra, e em São Paulo, como parte do Brasil Cena Aberta.

Do Correio Braziliense

Ao todo, são 16 textos, alguns de escritores premiados, que falam sobre periferia e antepassados dos dramaturgos na África, por exemplo, e misturam narrativas míticas e realistas. A ideia é mostra como é ser negro no Brasil atual.

Quem não conseguir comprar a publicação pode encomendar pelo e-mail da Funarte ([email protected]) a partir de segunda-feira (10/6). As peças foram selecionadas e organizadas por Eugênio Lima e Julio Ludemir.

Capa do livro, que vai ser lançado neste final de semana
(foto: Funarte/Divulgação)

Confira a lista de obras e dramaturgos

Antimemórias de uma travessia interrompida — Aldri Anunciação
Esperando Zumbi — Cristiane Sobral
Ialodês — Dione Carlos
Vaga carne — Grace Passô
Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens — Jê Oliveira
Buraquinhos ou o vento é inimigo do Picumã — Johnny Salaberg
Fluxorama — Jô Bilac
Cartas a madame Satã ou me desespero sem noticias suas — José Fernando Peixoto de Azevedo
Recita nº3 — Figurações — Leda Maria Martins
Será que vai chover — Licínio Januário
Carne viva — Luh Maza
Quando eu morrer, vou contar tudo a Deus — Maria Shu
O pequeno príncipe preto — Rodrigo França
Medea mina deje — Rudinei Borges dos Santos
Mercedes — Sol Miranda
Cavalo de santo — Viviane Juguero

Related posts