Leticia Sabatella relata ao papa preocupação com crise política no Brasil

Para a atriz, democracia brasileira está ameaçada com a imposição de um “impeachment sem justificativa”; ela acredita que o papa possa dar visibilidade ao problema da intolerância política disseminada no país

Da Revista Fórum 

A atriz Leticia Sabatella e a juíza Kenarik Boujikian Felippe, do Tribunal de Justiça de São Paulo, tiveram um encontro com o papa Francisco na segunda-feira (9) para falar sobre os problemas enfrentados pelo Brasil atualmente. O encontro ocorreu na Casa Santa Marta, residência do pontífice, e durou cerca de 45 minutos.

A artista, que é reconhecida por seu envolvimento com causas sociais, chamou a atenção para o clima de intolerância disseminado no país. “É como uma doença, acho que é pertinente pedirmos o auxílio e levar ao papa o que está acontecendo. Existe uma sombra, um ódio, uma busca pelo bode expiatório que não vai resolver a situação”, relatou à imprensa.

Em entrevista à Rádio Vaticano, Sabatella falou a respeito do tema tratado na audiência. “Acho que a democracia é para ser cuidada neste momento em que está correndo um grande risco, em que está sendo aviltada, no momento em que a Constituição é rasgada e é imposto o impeachment sem justificativa. A gente fica preocupado com quantos direitos vão ser perdidos a partir daí”, disse.

Para a atriz, o líder religioso pode ajudar a dar visibilidade ao fato. “Acho que o papa Francisco deve falar algo em breve sobre o diálogo, sobre essa busca pelo diálogo, para que a gente chegue a conclusões melhores. Mas o que eu posso dizer é que ele nos escutou”, concluiu.

Em entrevista exibida ontem no Programa do Jô, ela abordou os ataques que tem recebido nas redes sociais por se colocar contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff e explicou sobre o funcionamento da Lei Rouanet, frequentemente usada para acusar artistas de defenderem o governo em troca de apoio para projetos.

* Com informações da Agência RFI, de Roma

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

CNT/Sensus: Dilma tem 50,3% e Serra, 37,6%

Pesquisa CNT/Sensus divulgada na véspera do segundo turno confirma...

Escreveu porque leu – Por Fernanda Pompeu

Não é apenas para quem vai prestar Enem,...

Lula lança portal na internet

  Seis meses depois de deixar o governo, ex-presidente lança...

Mulher e negro na política reduzem corrupção e aumentam projetos de inclusão, diz estudo

Lideranças públicas femininas têm até 35% menos chances de...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=