Michael Jordan condena mortes de negros por policiais

O ídolo do basquete Michael Jordan falou sobre violência policial nesta segunda-feira e anunciou duas bolsas de um milhão de dólares para o Fundo de Defesa Legal do grupo de direitos civis NAACP e para um grupo que trabalha para melhorar a relação da polícia com as comunidades.

Por Fiona Ortiz no Yahoo

“Eu não posso mais ficar calado”, escreveu Jordan num comunicado enviado para a imprensa. Estrela aposentada do esporte e magnata do mundo dos negócios, ele é conhecido por evitar temas sociais, embora tenha feito doações políticas no passado.

“Como um norte-americano orgulhoso, um pai que perdeu o próprio pai num ato de violência sem sentido, e um homem negro, eu tenho ficado profundamente perturbado com as mortes de afroamericanos nas mãos das forças de segurança e enfurecido com os ataques e mortes covardes e odiosos contra policiais”, escreveu Jordan, de 53 anos.

Nos últimos dois anos tem havido ondas de protestos nos Estados Unidos por causa das mortes de homens negros por policiais e um debate cada vez maior no país sobre policiamento e minorias.

Os assassinatos planejados de policiais em duas cidades por veteranos militares negros neste mês alimentaram as preocupações de uma retaliação contra a polícia. Cinco policiais foram mortos em Dallas, e três foram mortos em Baton Rouge, em Louisiana.

Jordan disse que ele quer um tratamento justo da polícia para as pessoas negras e apoio e respeito para os policiais.

+ sobre o tema

Iniquidades raciais e as mudanças do clima

O verão brasileiro, embora conhecido pelas belíssimas praias, férias...

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por...

E assim vamos nós, lutando pela existência de nossas gerações

Vamos que vamos! Frase muito usada por quem sonha...

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção...

para lembrar

The Beatles do dia: americanas conseguem bater recorde de 27 anos

Quarteto do revezamento 4x100m feminino reduz em 55 centésimos...

MC Branquela é assassinada na Zona Sul de Manaus

Na noite deste sábado (31/4), a cantora de rap...

A história de mulheres negras no esporte

Bobby Gee | Traduzido por Guilherme Ferreira Venus Williams,...
spot_imgspot_img

Casa onde viveu Lélia Gonzalez recebe placa em sua homenagem

Neste sábado (30), a prefeitura do Rio de Janeiro e o Projeto Negro Muro lançam projeto relacionado à cultura da população negra. Imóveis de...

No Maranhão, o Bumba meu boi é brincadeira afro-indígena

O Bumba Meu Boi é uma das expressões culturais populares brasileiras mais conhecidas no território nacional. No Maranhão, esta manifestação cultural ganha grandes proporções...

Atirador mata três homens negros na Flórida; crime teve ‘motivação racial’, diz polícia

Um homem branco matou três homens negros do lado de fora de uma loja de descontos em Jacksonville, no estado americano da Flórida, em...
-+=