Ministra Anielle Franco discute discriminação racial em viagem oficial a Portugal

Ministra da Igualdade Racial está na Europa em comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Funcionários do governo do Brasil estão usando a primeira visita de seu presidente à Europa desde que foi eleito para aumentar a conscientização e lutar contra a discriminação racial enfrentada pela comunidade brasileira em Portugal e em outros lugares.

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, foi uma das autoridades que viajou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Sua missão era trazer discussões sobre o racismo para o debate.

“Não vamos conseguir resolver 523 anos de problemas em apenas uma visita, mas espero que possamos seguir em frente, porque é por isso que estamos aqui”, disse a ministra neste domingo (23).

Quando eleito, Lula disse que pretendia atacar o racismo e o legado da escravidão no Brasil. Navios portugueses transportaram quase 6 milhões de africanos escravizados. A maioria deles foi para o Brasil.

O principal grupo de direitos humanos da Europa disse anteriormente que Portugal teve que enfrentar seu passado colonial e seu papel no comércio transatlântico de escravos para ajudar a combater o racismo e a discriminação no país hoje em dia.

Em carta endereçada a Lula no domingo, a associação de migrantes Casa do Brasil, com sede em Lisboa, disse que os casos de discriminação contra brasileiros em Portugal estão aumentando.

Um estudo da Casa do Brasil mostrou que 91% dos brasileiros em Portugal, uma comunidade de cerca de 300 mil habitantes, já enfrentaram algum tipo de discriminação no acesso aos serviços públicos.

Anielle Franco se reuniu com a ministra dos Assuntos do Parlamento português, Ana Catarina Mendes, no sábado (22), para discutir políticas para combater a injustiça racial.

Ambos os governos concordaram com uma estratégia nacional para combater o racismo. “Precisamos fazer isso acontecer”, disse Anielle.

+ sobre o tema

para lembrar

Curta sobre Zélia Amador de Deus é lançado

Uma história de inspiração e luta contada em multiliguagem,...

Maria de Magdala, a santa Maria Madalena, ícone feminista

O boato de que Maria de Magdala, contemporânea de...

BlackRocks Startups e Sebrae-RN anunciam mais uma edição do Quartzo

A BlackRocks Startups – hub de inovação preto -...

Mulheres negras e brancas e as desigualdades em saúde, racismo como determinante social*

As desigualdades no Brasil fazem parte da formação histórica,...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Segunda mulher negra na história do TSE toma posse como ministra da Corte

Primeiro foi a mineira Edilene Lôbo, advogada de Taoibeiras (MG) que em 8 de agosto de 2023 foi pioneira ao tomar posse como primeira...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...
-+=