No Maracanã, Roger Waters homenageia Marielle Franco e leva família da vereadora assassinada ao palco

Enviado por / FonteDa Revista Fórum 

Em meio a uma turnê mais politizada que o comum, o Pink Floyd Roger Waters levou para o palco do Maracanã na noite desta quarta-feira (24) a família de Marielle Fanco, vereadora carioca assassinada covardemente em março e que virou símbolo da luta contra o ódio, o racismo, a opressão e a misoginia.

Com uma camiseta estampada com os dizeres “Lute como Marielle Franco”, Waters levou ao palco Luyara Santos, Mônica Benício e Anielle Franco, filha, viúva e irmã da vereadora, respectivamente.

Mônica puxou os gritos de #elenão e pediu “justiça” à platéia. “Isso aqui é uma família, quer eles gostem ou não. Essa luta é nossa. Não há democracia enquanto o Estado não responder quem matou Marielle”, disse.

“Marielle Franco acreditava nos direitos humanos como eu acredito, mas infelizmente nem todos no mundo acreditam”, disse Waters, que, antes de a família da vereadora subir ao palco, exibiu a notícia da morte no telão de 66 metros.

Leia Também:

Tom Morello volta ao Brasil e pede justiça para Marielle

+ sobre o tema

Novas e velhas polêmicas acerca do ponto G feminino

Há muito disse me disse; só 1/3 das mulheres...

Artista que criou icônico pôster de esperança por Obama lança novas imagens

Há oito anos, o artista Shepard Fairey criou uma...

Sesc Consolação recebe Famílias Negras

Maio é o mês das mães e o Garota...

para lembrar

Primavera das mulheres ecoa e faz a diferença na discussão conjuntural

Nestes dias turbulentos de agitação política e social, com...

Julgamento poético: Quantos negros e negras precisarão morrer?

Ilustração/ Eu Grito   Julgamento poético: Quantos negros e negras precisarão...

FINALMENTE, o amor venceu! Itália aprova união civil entre homossexuais

O Parlamento da Itália aprovou, nesta quarta-feira (11) as...

Com campanha sexista, linha “Homens que Amamos” da Risqué gera polêmica

Com uma campanha recheada de machismo e sexismo, a...
spot_imgspot_img

ONGs LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política no Brasil, diz relatório

ONGs de apoio à causa LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política para realizar seu trabalho no Brasil, mostra um relatório produzido pela Abong (Organizações Brasileira de ONGs) em...

Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Uma enquete do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), concluiu “que o direito de menstruar de maneira digna, segura e com acesso...

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...
-+=