Tom Morello volta ao Brasil e pede justiça para Marielle

Enviado por / FonteRedação Portal Geledés

Quem acompanha a trajetória do guitarrista Tom Morello, sabe que ele costuma se posicionar sobre questões políticas, não apenas de seu país mas dos países em que visita. Aqui no Brasil, o guitarrista sempre que pode, aproveita sua passagem para apoiar questões que ferem a democracia.

Guitarrista do  Rage Against the Machine, Audislave e Prophets of Rage, Tom Morello  retorna ao Brasil. Em show solo em Porto Alegre, o artista aproveitou para  se manifestar contra os assassinatos de Marielle Franco e Anderson Silva. Durante a música “Killing in the Name“, classico da banda Rage Against the Machine, com um cartaz  em sua guitarra Morello pediu  “Justiça para Marielle” .

 

Foto: Francisco Proner Ramos/Pela Liberdade de Rafael Braga Vieira

Apoio à Rafael Braga

Em 2017, durante sua passagem no Rio de Janeiro, Tom Morello apoiou a campanha pela liberdade de Rafael Braga, preso por portar uma garrafa de pinho sol durante as manifestações de 2013.

Apoio à Lula

Em janeiro deste ano,  o guitarrista usou uma rede social para declarar apoio ou presidente Lula durante seu julgamento.  “O ex-presidente do Brasil Lula está enfrentando um julgamento político para removê-lo das próximas eleições. Injusto! Totalmente anti-democrático! #FiqueComLula”, escreveu.

Tom Morello lançará seu novo disco solo “The Atlas Underground”, em 12 de outubro deste ano, o álbum conta com músicas inéditas e participação de diversos artistas.

+ sobre o tema

De mãos dadas por uma indústria da moda melhor

“Ajudar mulheres costureiras a criar uma marca, transformar seu...

Denzel Washington ajudou a pagar os estudos de Chadwick Boseman

Ator nem sabia que ajudaria o futuro astro de...

Mulheres negras: sororidade e luta

“8 de março o que é o que é?...

Mulheres negras ganham 55% de remuneração de homens brancos, diz estudo

Pesquisa afirma que número vai a 68% para homens...

para lembrar

“O tráfico não opera da forma como Marielle foi executada”, diz delegado

Orlando Zaccone, delegado da polícia civil do Rio de...

Morre Tia Dodô, a porta-bandeira do primeiro título da Portela

Morreu, nesta terça-feira, Maria das Dores Alves, a Tia...

Movimento negro fecha Radial Leste (SP) por Marielle Franco

Movimento negro fecha Radial Leste (SP) por Marielle Franco. Ativistas...

Também de olho no Super Bowl, Serena Williams revela que gostaria de ser quarterback; veja

Buscando uma vaga nas semifinais do Australian Open, a...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=