terça-feira, setembro 21, 2021

Onde está o racismo?

Apesar do acalorado debate sobre racismo nas últimas semanas por conta da última Copa do Mundo, muita coisa ainda não está nítida aos nossos olhos, esses olhos educados para não perceber certas demonstrações dessa prática iniciada contra pessoas negras no Brasil no período da escravidão.

Por  Graziely dos Reis, do A Tribuna

blank
Arquivo Pessoal

Toda a comunidade sabe que o racismo está por aí, como se pairasse no ar mas não morasse no coração de ninguém. Doce ilusão. Acreditamos que racistas são pessoas monstruosas ou doentes quando na verdade são pessoas muito normais e que, assim como eu e você, foram criadas entendendo racismo como piada, preferência ou comentários “inofensivos”.

A verdade é que o racismo não é uma coisa ruim morando dentro da gente, uma doença ou algo do tipo, o racismo é uma forma muito abrangente de pensar, está escondido na forma amedrontada com a qual olhamos para as pessoas negras e na maneira como nos comportamos frente a pessoas brancas, na forma como a escola nos explica o mundo, a forma como a mídia representa os corpos negros e em diversas outras situações que você pode buscar na sua memória aí.

Enquanto acreditarmos que ser racista é um problema mesmo, mas um problema dos outros, jamais vamos conseguir combater o racismo que nós cometemos, muitas vezes, sem perceber. O racismo é uma prática violenta contra pessoas negras e precisa ser combatida em todas as áreas da sociedade, a começar por nossos próprios pensamentos e atitudes.

(*) Graziely dos Reis Lemes é bacharel em Psicologia e Mestranda em Educação – UFMT.

RELATED ARTICLES