Outro amargo regresso

Toni Morrison, a primeira mulher negra a vencer o Nobel de Literatura (em 1993), tem seu mais recente romance lançado no Brasil este mês

Por Ana Weiss Do Istoé

Toni Morrison, a primeira mulher negra a vencer o Nobel de Literatura (em 1993), tem seu mais recente romance lançado no Brasil este mês. “Voltar para Casa” se passa nos Estados Unidos dos anos 1950. É a história de dois irmãos, separados pela Guerra da Coreia e reunidos pelo fim do conflito, ponto de onde parte a narrativa.

A volta do veterano, Frank Money, para a sua Geórgia natal e o aguardado encontro com a caçula da família, Ycidra, dá início a uma nova batalha. A luta passa a ser contra a segregação racial e o machismo que viveram um doloroso ponto culminante naquele período da história americana.

+ sobre o tema

Amanhecer por Marielle e Anderson tem atos em mais de 20 cidades

Amanhecer por Marielle e Anderson tem atos em mais...

Atriz negra e pioneira, Ruth de Souza volta à televisão aos 96 anos

Aos 96 anos, Ruth de Souza voltou à dramaturgia...

A colunista responde a um e-mail de um admirador

‘Você, sua amada e o amor infinito de vocês...

Telma Tvon trouxe a voz da juventude negra portuguesa para o romance

Amante de literatura, não encontrava obra que reflectisse a...

para lembrar

Ministra Luiza Bairros destaca programas da Seppir no Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas

Ministra Luiza Bairros destaca programas da Seppir no Encontro...

Mãe Beata de Iemanjá

Beatriz Moreira Costa, nascida em 20 de janeiro de...

Baiana recebe prêmio que estimula mulher negra contar sua história

A ativista da luta pela garantia dos direitos das...

Na época do Brasil colonial, lei permitia que marido assassinasse a própria mulher

Jorge Amado abre o clássico Gabriela, Cravo e Canela...
spot_imgspot_img

Nós… Mulheres do Século Passado

Idealizado pela professora e escritora Vilma Piedade, NÓS… Mulheres do Século Passado é uma coletânea de histórias escritas por 76 autoras de diferentes origens e trajetórias,...

Direitos das mulheres afrodescendentes são reforçados na COP 28 por Geledés

No primeiro dia de participação de Geledés – Instituto da Mulher Negra na conferência do clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP...

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é maior em mulheres negras do que brancas, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde. Dados preliminares...
-+=