Prefeito de NY diz que morte de Marielle “mostra declínio da democracia brasileira”

Enviado por / FonteDo UOL

Onze dias após o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), do Rio de Janeiro, o prefeito de Nova York , Bill de Blasio, usou sua conta no Twitter neste domingo (25) para dizer que o crime mostra o “declínio da democracia brasileira” e a “opressão de pessoas afrodescendentes”.

No mesmo tuíte, o norte-americano questiona se o governo teve envolvimento com o crime e diz “exigir a verdade”. Do partido democrata, Bill de Blasio governa Nova York desde 2014. Antes, ocupou o cargo de defensor público da cidade. Ele é casado e tem dois filhos com uma mulher negra.

A comoção por conta da morte da vereadora –morta a tiros no último dia 14– teve destaque na capa do jornal americano “Washington Post”, em sua edição impressa da última terça-feira (20). Segundo a publicação, ela se tornou um “símbolo global”.

As investigações da morte de Marielle e do motorista do carro em que ela estava, Anderson Gomes, estão sendo conduzidas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Até o momento, os investigadores não informaram se há suspeitos.

O crime ocorreu em meio à intervenção do governo federal na área de segurança pública do Rio, medida criticada por Marielle, que era relatora da comissão na Câmara dos Vereadores que acompanhava a ação.

Sigilo

A polícia do Rio está apostando no sigilo das investigações para tentar elucidar os assassinatos. Até agora, a maior parte das informações que se tornaram públicas não dão muitas pistas sobre quem cometeu o crime e qual foi sua motivação.

O que está claro até o momento é que Marielle foi vítima de uma emboscada e não de uma tentativa de roubo comum. Anderson morreu porque estava junto com ela. Uma assessora da vereadora ficou apenas ferida por estilhaços.

+ sobre o tema

Escritora Elisa Pereira lança amanhã “Sem Fantasia”, seu segundo livro!

Na próxima terça-feira (29), às 19h, será lançado “Sem...

O conferencismo e o marchismo como formas de lutas políticas

Aconteceu em Brasília, em 18 de novembro, a Marcha...

“O Quarto de Despejo está vivo”, afirma filha de Carolina Maria de Jesus

Em 60 anos do livro “Quarto de Despejo: Diário...

para lembrar

Camila Pitanga protagoniza viagem incrível à África do Sul

Camila Pitanga embarcou recentemente para uma experiência incrível. Junto...

Filha mais velha de Obama, Malia atrai legião de fãs com seu estilo

Filha do dono da caneta mais poderosa do mundo,...

Marielle, semente! Mulheres negras eleitas provam que luta da vereadora não foi em vão

Apesar da eleição de deputados defensores do porte de...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=