quarta-feira, julho 8, 2020

    Casos de Racismo

    monkey1

    Adoção do macaco como símbolo de ação social do Inter gera polêmica

    Fonte: Clique Esporte - Alguns torcedores reclamam da origem racista do apelido Divulgação Uma ação aparentemente inofensiva do marketing do Inter está gerando reações controversas. A adoção de um macaco como mascote do Inter Social, iniciativa realizada pelo clube com crianças carentes, é vista por muitos colorados como um ato inadmissível. Para outros, é uma inovação bem-vinda. A princípio, muitos torcedores se revoltaram com a possibilidade de que o clube estivesse começando a adotar um novo símbolo oficial, em substituição ao saci, tradicional representante do Inter. A possibilidade foi negada enfaticamente pelo diretor de marketing Jorge Avancini. Ele garante que o macaco foi escolhido pelas próprias crianças beneficiadas pelo projeto a partir de uma enquete e ficará restrito a esta ação. O dirigente considera que o animal é uma figura mais próxima ao dia a dia das crianças, e até divulgou uma nota sobre o assunto. O clube publicou em...

    Leia mais
    anti-racism

    Racismo exacerbado

    Fonte: Correio de Sergipe - Depois que foi publicado o resultado de uma pesquisa realizada pelo IBGE apontando (ou confirmando) que considerável parcela - mais da metade - da população brasileira é profundamente racista e muito preconceituosa, começaram a surgir na imprensa relatos de casos que exemplificam esses sentimentos. Em Sergipe, foi registrado o episódio no aeroporto de Aracaju envolvendo uma médica e o funcionário de uma empresa aérea e anteontem aconteceu na cidade de Serra, no Espírito Santo, um caso com conotação de racismo quando um advogado chamou uma policial militar de "branquela tirana". A PM afirmou que se sentiu ofendida ao ter sido chamada de "branquela", taxando isso de atitude racista. Já o advogado se defendeu dizendo que racismo era chamar alguém de "crioulo". É preciso observar que esse caso teve como protagonistas um advogado e uma policial militar, pessoas que, à primeira vista, devem ser bem informadas...

    Leia mais
    aleqm5

    Rede europeia usa lema “Ódio Mata” para dia contra fascismo

    Fonte: Agência Lusa   Imagem retirada da Internet Lisboa, 7 nov (Lusa) - A rede europeia United pela Ação Intercultural organizou uma campanha em torno do lema "O Ódio Mata", por ocasião do Dia Internacional Contra o Fascismo e o Antissemitismo, celebrado nesta segunda-feira. A rede United, que luta contra o nacionalismo extremo, racismo, fascismo e que presta apoio aos migrantes e refugiados, agrupa mais de 560 organizações de 49 países europeus e organiza, todos os anos, uma campanha para "lembrar o passado, protestar contra o presente e construir o futuro", conforme explica a entidade em seu site. Para o dia 9 de novembro, a frase-chave da United é "O ódio mata. Proteja o seu ambiente contra o extremismo de direita", um alerta semelhante ao que aparece nos maços de cigarro, imagem também utilizada pela associação. O Dia Internacional Contra o Fascismo e o Antissemitismo recorda a perseguição contra os...

    Leia mais
    blank

    Dinamarca: líder neonazista em serviço da Guarda Real

    Um dos principais líderes do partido neonazista dinamarquês realiza seu serviço militar na unidade responsável por proteger a família real, admitiram órgãos ligados as forças armadas do país neste domingo (08/11), confirmando relatos de um jornal dinamarquês. Do Correio Braziliense  Foto: Martin Lehmann/POLFOTO Daniel Carlsen, de 19 anos, um membro ativo do Movimento Nacional Socialista Dinamarquês (DNSB) realiza o seu serviço militar no Livsgarde Kongelige, a Guarda Real, cujas tarefas incluem a guarda dos palácios da monarquia, disse à AFP o porta-voz o pessoal do exército dinamarquês.   "Na Dinamarca, temos liberdade de opinião, liberdade de entrada no exército e também a liberdade de integrar um movimento", disse o porta-voz Kim Grunberger, quando perguntado sobre os riscos de um militante neonazista proteger a monarquia.   Ao contrário de outros países europeus, Dinamarca tolera a existência de um partido nazista que abertamente exibe a suástica em manifestações.   Em recentes declarações públicas,...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    RACISMO EM ARACAJÚ: Advogado confirma processo contra médica

    Fonte: NeNotícias - Diego Gonzaga, funcionário da GOL que foi ofendido pela médica Ana Flávia Pinto Silva, no último dia 26, no aeroporto de Aracaju, decidiu não aceitar seu pedido de desculpas. A informação é do advogado Diogo Calazans, que já está preparando a ação de danos morais, que deverá ser ajuizada ainda este mês. O advogado disse que a ação independe do andamento do inquérito policial, que está sendo presidido pela delegada Georlize Teles. A delegada disse hoje, durante entrevista concedida ao jornalista Gilmar Carvalho, na Rede Ilha, que está convencida de que a médica cometeu o crime de injúria racial e que Diego apresentou uma lista de oito testemunhas, que serão ouvidas nos próximos dias. Matéria original  

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Funcionário da Gol vítima de racismo no aeroporto de Aracaju não comparece a depoimento

    Fonte: ClikSergipe-   O funcionário da empresa área Gol, Diego José Gonzaga, que acusa a médica Ana Flávia Pinto de racismo, não compareceu ao Centro de Atendimento a Grupos Vulneráveis, em Aracaju, nesta manhã. Gonzaga seria ouvido pela delegada Georlize Teles, responsável pela investigação da acusação. Ele alegou motivos de saúde da família. Segundo a polícia, a avó da vítima, Josefa Maria da Silva, teve um início de derrame e foi encaminhada para o Hospital João Alves Filho, onde permanece internada. A data do depoimento será remarcada. - Quero ouvir a versão dele sobre tudo o que aconteceu naquela madrugada. Fiquei sabendo do fato através da imprensa, mas preciso ouvir todos os lados - afirma a delegada. Após ouvir o funcionário da Gol, a delegada pretende convocar a médica Ana Flávia Pinto para prestar depoimento. Nesta manhã, a vereadora de Aracaju Rosângela Santana e os representantes do Movimento Negro estiveram...

    Leia mais
    blank

    Tânia Soares critica delegado por não atuar em crime de racismo

    Fonte: Portal Vermelho- A deputada estadual Tânia Soares, PCdoB, condenou hoje (4/11) a postura de um delegado da Polícia Civil de Sergipe que não cumpriu a lei no caso de discriminação racial ocorrido no Aeroporto de Aracaju contra Diego José Gonzaga dos Santos, funcionário de uma empresa aérea. Ele foi agredido verbalmente pela médica Ana Flávia Pinto no dia 26, quando a moça chegou atrasada ao aeroporto e não pode embarcar. Por várias vezes, Flávia se referiu aos funcionários como "bando de analfabetos", "morto de fome que não tem dinheiro nem para comprar feijão" e deu voz ao preconceito chamando rapaz de "nego". Para a deputada, "o episódio de discriminação foi vergonhoso. Pior ainda foi o agente da lei não ter tomado as providências necessárias. Faço um apelo ao secretário de Segurança Pública , que é um homem sensível, que apure esse caso", solicitou a parlamentar. O caso...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Racismo: seja contra esse ato de violência

    Fonte: Rpjorgelima.blogspot Desde os tempos mais remotos existem na história humana relatos e teorias que pregam a superioridade de uma raça sobre a outra, que acabam incitando e generalizando o ódio e a discriminação racial. Existem tratados internacionais que condenam a prática do racismo. Nossa Constituição Federal o classifica como crime inafiançável, mesmo assim, essa prática sobrevive em nossa sociedade como um câncer a roer os pilares de nossa jovem democracia. Não raro se escuta, em meio às brincadeiras, pessoas dizerem "isso é serviço de preto", "tinha que ser preto mesmo para fazer uma coisa assim", "essa raça não tem jeito mesmo", "como pode um preto ocupar um cargo tão bom", "um preto andando de carro novo, vai ver que roubou" e seguem chamando por apelidos "o pretinho, o neguinho" ou coisa parecida, e acabam fazendo com que tudo pareça uma grande piada e que as pessoas gostam de serem...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    RACISMO EM ARACAJU: Gilmar quer levar vítima de racismo para falar na Comissão de Direitos Humanos

      Fonte: Faxaju - Na sessão desta quarta-feira (04), o deputado estadual Gilmar Carvalho (PR) apresentou requerimento convidando o funcionário de uma empresa aérea Diego José Gonzaga dos Santos para ser ouvido pelos deputados na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa. Diego foi vítima de racismo pela médica Ana Flávia Pinto, na semana passada. O parlamentar disse que na manhã desta quarta-feira comentou em seu programa de rádio que, se no aeroporto a médica foi capaz de dizer tudo o que disse ao rapaz, imagine o que ela não é capaz de dizer nos postos de saúde, onde estão as pessoas que não são, segundo a sua avaliação, iguais a elas, que são pessoas do povo.   “Fiquei muito preocupado com o depoimento de Diego, pois hoje ele disse que antes das imagens que foram exibidas ela, segundo a vítima, disse que ele tivesse cuidado, pois se caísse em...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    RACISMO NO AEROPORTO SERÁ INVESTIGADO

    Fonte: Plenário -     O funcionário da empresa aérea Gol, Diego José Gonzaga dos Santos, suposta vítima de um crime de injúria racial, no último dia 26 de outubro, no aeroporto de Aracaju, concedeu nesta quarta-feira (04), uma entrevista exclusiva ao programa Jornal da Ilha, apresentado pelo radialista e deputado Gilmar Carvalho (PR). O trabalhador fez revelações que não constam no vídeo veiculado na internet após o fatídico episódio. Segundo Diego, a médica até agora identificada como Ana Flávia, além de ter o ofendido como palavras do tipo "morto de fome", "nego e "analfabeto", também afirmou: "eu sou médica e você, se dependesse de mim, morreria".   Em entrevista ao mesmo programa, a delegada Georlize Telles disse que a Polícia Civil sergipana já instaurou inquérito para apurar os fatos e garantiu que todas as providências vão ser tomadas. Indignado, o deputado Gilmar Carvalho se mostrou solidário e se dispôs...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Racismo no aeroporto de Aracaju

    Fonte: Consórcio Culturais -   Membro do Movimento Negro Unificado, da Sociedade Omolàiyé e o Coordenador de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial do Governo de Sergipe, Pedro Neto, estiveram reunidos hoje pela manhã com a coordenadora do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), Georlize Teles, para falar sobre o caso de Diego José Gonzaga dos Santos, funcionário de uma empresa área que foi agredido verbalmente pela médica Ana Flávia Pinto, no aeroporto de Aracaju, no último dia 26. O fato aconteceu por volta das 4h30, após a médica e o marido terem sido impedidos de embarcarem no voo por estarem atrasados. A equipe de reportagem do JORNAL DA CIDADE conversou ontem com Diego por telefone e ele disse que quando o casal chegou ao aeroporto o avião ainda estava no pátio, mas já com as portas fechadas para a decolagem. "Expliquei que eles seriam encaixados para embarcar...

    Leia mais
    racismo-futebol-capa

    Alemanha: Presidente da Federação Alemã de Futebol recebe Prêmio Leo Baeck contra o racismo

    Fonte: Dw-World-   Theo Zwanziger, presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), recebe o Prêmio Leo Baeck do Conselho Central dos Judeus na Alemanha por sua atuação contra xenofobia, discriminação e extremismo de direita no futebol.A premiação desta quarta-feira (04/11) não será a primeira recebida pelo presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB). No entanto, o Prêmio Leo Baeck tem para Theo Zwanziger um significado especial. "É preciso dizer que fiquei imensamente surpreso quando soube que fui escolhido. Um prêmio de tamanho destaque, associado a uma personalidade tão magnífica, fez com que eu me perguntasse seriamente, se eu realmente o mereço", declarou Zwanziger. Segundo o Conselho Central dos Judeus, os motivos para a escolha do presidente da DFB são sua capacidade de se posicionar contra comportamentos misantrópicos, tanto dentro quanto fora do futebol, bem como de encorajar as pessoas a se empenharem neste sentido. "É uma grande honra para mim,...

    Leia mais
    racismo-futebol-capa

    Time ameaça deixar Campeonato Turco por causa de torcedores racistas

    Fonte: G1   Istambul, 2 nov (EFE).- O Diyarbakirspor, equipe curda da primeira divisão do futebol turco, anunciou que deixará o campeonato nacional em protesto contra o racismo que vem sofrendo há semanas. O time de Diyarbakir, a cidade mais povoada da região curda da Turquia, não entrará em campo no jogo contra o Galatasaray de Istambul, disse à agência de notícias "Anadolu" o presidente do clube, Çetin Sümer. A decisão é uma resposta ao tratamento racista que jogadores e torcedores do Diyarbakirspor têm sofrido da torcida de de outros times pelo fato de o clube ser de origem curda. A reação também é um protesto contra a Federação de Futebol da Turquia, que não estaria fazendo muito para evitar os insultos, apesaf das constantes reclamações da equipe. No mês passado, durante uma partida contra o Bursaspor, cujos torcedores radicais são conhecidos pelo forte nacionalismo turco, a torcida do Diyarbakirspor...

    Leia mais
    Ku-Klux-Klan

    Ku Klux Klan abre site na Itália e pede inscrições

    Fonte: G1   Roma, 2 nov (EFE).- O grupo racista americano Ku Klux Klan (KKK) tem sua ramificação na Itália através de um site pelo qual aceita inscrições de quem quiser defender sua ideologia, além de incitar ataques contra negros, homossexuais e judeus, segundo revelou hoje o jornal "La Repubblica" em sua versão digital. O jornal alertou sobre o agravamento do fenômeno racista, além de citar que, no site, o "reino italiano" chama "qualquer italiano que queira defender a origem branca, porque o homem branco nunca foi livre para exercitar seu próprio poder em suas próprias terras e nações". O site faz referência aos "irmãos" americanos e fala de ataques a "negros, imigrantes, homossexuais e judeus" para dar vida a um Estado "branco e cristão". "Somos fiéis aos princípios do Ku Klux Klan fundado em 1865", dizem na seção italiana do movimento e falam de uma "missão sagrada". Para aderir...

    Leia mais
    racismo_futebol

    Justiça espanhola condena jogadores por agressões e racismo

    Fonte: LanceNet - Seis atletas do Bada Bing agrediram e insultaram integrantes do Rosario Central, da Argentina   A Justiça de Barcelona condenou a até seis anos e nove meses de prisão um grupo de seis jogadores do time regional Bada Bing, da Terceira Divisão, por agredir e proferir insultos racistas contra integrantes do Rosario Central, uma equipe de origem sul-americana.   A sentença reservou as penas mais duras aos dois principais acusados: os irmãos Israel Moreno Gómez e Valentín Moreno, condenados a seis anos e seis anos e nove meses de prisão, respectivamente.   Ambos os irmãos, que estão presos preventivamente, têm ficha na Polícia. Em dezembro de 2001, quando ainda era menor de idade, Valentín Moreno chegou a ser condenado a oito anos de internação em um reformatório e a outros três sob liberdade vigiada pelo assassinato de um jovem na Vila Olímpica de Barcelona.   Segundo o...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Brutalidade e Racismo: jovem é agredida por policiais dentro de uma delegacia‏ em Salvador

    Fonte: Previdenciários na Luta -   Jovem, servidora do INSS, formada em Comunicação, vai a 12ª Delegacia da Polícia Civil situada no bairro de Itapuã, Salvador-BA, ao tentar registrar dois boletins de ocorrência, termina presa devido ao abuso de poder quando foi exigir seus direitos. Colocada em um sela com 35 presas, a jovem foi agredida fisicamente. Se essa jovem fosse branca o tratamento seria igual? Interpelado em um evento que discutia políticas de combate ao racismo entre Brasil e EUA, o representante da Secretaria de Segurança Pública Expedito Teixeira de Carvalho Filho disse que o caso está sendo encaminhado para a Corregedoria da Polícia Civil. Estamos diante de mais um caso impune? Vejam a matéria feita pela TV Itapuã.       Denúncia contra policiais da 12ª CP da Polícia Civil‏ Na última sexta feira, aproximadamente às 18 horas da tarde, fui detida na 12ª Delegacia da Polícia Civil...

    Leia mais
    exu2

    Livro sobre Exu causa guerra santa em escola municipal Professora umbandista diz que foi proibida de dar aulas em unidade de Macaé, dirigida por diretora evangélica

    Fonte: Círculo Palmarino -   Rio - As aulas de Literatura Brasileira sobre o livro 'Lendas de Exu', de Adilson Martins, se transformaram em batalha religiosa, travada dentro de uma escola pública. A professora Maria Cristina Marques, 48 anos, conta que foi proibida de dar aulas após usar a obra, recomendada pelo Ministério da Educação (MEC). Ela entrou com notícia-crime no Ministério Público, por se sentir vítima de intolerância religiosa. Maria é umbandista e a diretora da escola, evangélica.   A polêmica arde na Escola Municipal Pedro Adami, em Macaé, a 192 km do Rio, onde Maria Cristina dá aulas de Literatura Brasileira e Redação. A Secretaria de Educação de lá abriu sindicância e, como não houve acordo entre as partes, encaminhou o caso à Procuradoria- Geral de Macaé, que tem até sexta-feira para emitir parecer. Em nota, a secretaria informou que "a professora envolvida está em seu ambiente de...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Racismo deve ser comprovado em processo

    Fonte: Conjur -   Toda acusação de racismo deve ficar amplamente comprovada para ser passível de punição. O entendimento é do Tribunal de Justiça de Minas Gerais em processo movido por um servidor público de Passos, no sudoeste do Estado, contra uma colega de trabalho. Na discussão, os dois trocaram ofensas e agressões que resultaram em ação cível e outra criminal. Por não haver prova suficiente nos autos, o TJ mineiro, por maioria de votos, negou pedido de indenização por danos morais formulado pelo servidor contra uma colega acusada de atitude racista. Cabe recurso. De acordo com o autor da ação, no dia 19 de setembro de 2001, ele estava em seu local de trabalho, uma Casa da Cultura vinculada à prefeitura municipal de Passos, quando foi provocado pela colega, que o teria ofendido com palavras discriminatórias e intolerantes, na presença de outras pessoas, com o objetivo de degradá-lo e...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    RS: homem pega 13 anos de prisão por matar outro por racismo

    Fonte: Terra Notícias -   O trabalhador rural Adão Cristaldo Macedo foi condenado na quinta-feira pelo Tribunal do Júri de Rosário do Sul (RS) a 13 anos e um mês de prisão pela morte de Nilo da Silva em abril de 2005. A vítima era negra e este foi o motivo que levou ao assassinato. Segundo a denúncia, após ofender a vítima com manifestações de cunho racista, Macedo sacou um revólver,disparou dois tiros e desferiu inúmeros golpes com um facão e uma faca contra Silva. A denúncia foi sustentada pelo promotor de Justiça Leonardo Giardin de Souza. A tese da acusação de que foi praticado homicídio duplamente qualificado foi acolhida integralmente pelo Conselho de Sentença. A defesa recorreu da decisão e o Ministério Público anunciou que apelará para aumentar a pena. Matéria original

    Leia mais
    felipe_boscorint

    Felipe volta pela 1ª vez ao Barradão, palco de trauma causado por racismo

    Fonte: UOL - Quando entrar no vestiário do Barradão nesta quarta-feira para se preparar antes da partida diante do Vitória, o goleiro Felipe irá reencontrar o local onde viveu um triste episódio em 2005. Foi nesse ano que o hoje goleiro do Corinthians denunciou um ato racista e acusações de "corpo mole". "Fiquei dez anos no Vitória e será a primeira vez que volto lá desde que saí em 2005. Tenho muitos amigos lá, mas vamos ver como será retornar", comentou o camisa 1 na manhã desta terça-feira, pouco antes de embarcar rumo a Salvador.Felipe foi revelado nas categorias de base do clube baiano e lá já era considerado um goleiro promissor. Entre 2004 e 2005, porém, o time rubro-negro passou por momentos difíceis e acumulou dois rebaixamentos seguidos no Brasileiro, indo da elite para a Série C em duas temporadas.Depois da segunda queda, Felipe disse ter sido vítima de...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist