São Paulo – 31 de agosto o 2º debate Crimes de Racismo ou Injúria?

O 2º debate ”Crimes de Racismo ou Injúria?” vai reunir profissionais da área de Direito, entidades do movimento negro e organizações sociais de combate ao racismo para discutir os motivos do arquivamento dos casos de racismo e discriminação racial além de propor soluções a partir de bases jurídicas.

A Secretaria de Participação e Parceria (SMPP) realiza no dia 31 de agosto o 2º debate Crimes de Racismo ou Injúria?. O evento, organizado pela Coordenadoria dos Assuntos da População Negra (Cone) e pelo Centro de Referência dos Direitos Humanos na Prevenção e Combate ao Racismo, acontece no Auditório da Escola Paulista de Magistratura.

Este segundo debate vai contar com a presença do secretário de Participação e Parceria e da Coordenadora da Cone, Maria Aparecida de Laia, para compor a mesa de abertura.

A intenção do encontro é reunir profissionais da área de Direito, entidades do movimento negro e organizações sociais de combate ao racismo para discutir os motivos do arquivamento dos casos de racismo e discriminação racial pelo sistema judiciário, além de intervirem com esclarecimentos e propor soluções a partir de bases jurídicas.

Para encerrar o debate, haverá o lançamento da cartilha Norma Técnica de Atendimento Para Centro de Referência na Prevenção e Combate ao Racismo.

Os interessados em participar podem se inscrever pelo telefone do Centro de Referência dos Direitos Humanos na Prevenção e Combate ao Racismo – 3397-1446 ou pelo e-mail [email protected] .

Programação

17h – Recepção

18h – Mesa de Abertura

Secretário da Secretaria Municipal de Participação e Parceria e Maria Aparecida de Laia, Coordenadora da Cone

18h20 – Conferência

Coordenação: Naiza Bezerra dos Santos – Responsável pelo CRDHPCR

Conferencista: Drª Luislinda Dias de Valois Santos – Juíza de Direito do Estado da Bahia

19h – Mesa de Debates

Coordenação: Lia Lopes – Bacharel em Direito

Drª Luiza Barros Roza – Juíza de Direito Membro da Associação Juízes para a Democracia – AJD

Prof.º Dr. Christiano Jorge dos Santos – Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo

Debatedor: Dr. Silvio Luiz de Almeida – Advogado Presidente do Instituto Luiz Gama

20h – Intervenções

21h – Encerramento

Lançamento da Cartilha

Serviço

2º debate Crimes de Racismo ou Injúria?

Data: 31 de agosto

Horário: 17h às 21h

Local: Auditório da Escola Paulista de Magistratura

Endereço: Rua da Consolação, 1483, 1° andar (em frente ao cemitério da Consolação)

Fonte: Prefeitura SP

+ sobre o tema

Brizola e os avanços que o Brasil jogou fora

A efeméride das seis décadas do golpe que impôs...

Milton Nascimento será homenageado pela Portela no carnaval de 2025

A Portela, uma das mais tradicionais escolas de samba...

Saiba os horários das provas do Concurso Nacional Unificado

Os mais de 2,5 milhões de candidatos inscritos no...

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

para lembrar

Após sofrer racismo na escola, Kheris Rogers de 10 anos cria linha de roupas empoderadora

Você precisa conhecer Kheris Rogers, uma menina de 10...

A Discriminação de Boris Casoy: Isso é uma vergonha

Neste vídeo o apresentador da Band, Boris Casoy declara...

RACISMO NA ITÁLIA: Mais um capítulo do racismo na Itália

O prefeito de Brescia, Adriano Paroli, do PDL, informou...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=