Reprovamos: New York Times destila preconceito sobre Brasil, zika e Carnaval

Em um artigo intitulado ‘Brasileiros ignoram o medo da zika para cair na alegria do Carnaval‘, publicado na quarta-feira de cinzas (10), o New York Times esbanjou preconceito contra a cultura brasileira. A publicação americana minimizou a preocupação da população com o vírus e atacou a maneira como as pessoas se comportam e se vestem.

Por , do HuffPost Brasil

“Do ponto de vista do mosquito, as multidões suadas e minimamente vestidas nas ruas das cidades do Nordeste na segunda-feira devem ter parecido especialmente deliciosas”, inicia o texto. “Bêbados de cerveja e preocupados com as prodígias possibilidades carnais, jovens dançavam ao longo da Avenida Oceânica (em Salvador) acompanhando ícones da música brasileira”, segue.

A publicação afirma que, apesar da preocupação da comunidade internacional com relação ao vírus, os brasileiros esqueceram o zika para celebrar o Carnaval.

Argumenta que poucas pessoas vestiam calças ou blusas de mangas longas, sem lembrar do verão mais quente de todos os tempos, com o calor de quase 40ºC que atinge algumas cidades brasileiras nesta época do ano.

Ressalta que uma pessoa citada no artigo estava vestida de short curto e top justo, alheia a proliferação do mosquito e “momentaneamente distraída do bacanal”.

O autor do texto diz ainda que, em Salvador, o cheiro dominante é de colônia misturado com suor e não de repelente.

Aproveita para criticar que os brasileiros mal notam o vírus, diante o aumento no desemprego, a queda no valor da moeda e a expansão do escândalo de corrupção que ameaça a presidente Dilma Rousseff, e justifica com a declaração do dono de uma pousada que diz que o Brasil tem problemas maiores que o zika.

“Ainda assim, para estrangeiros, ver tantas pessoas em busca de prazer, em vários estágios de nudez e aparentemente alheios aos perigos potenciais de Zika pode ser impressionante.”

Tratando o Carnaval como válvula de escape dos problemas do País, o New York Times chega a reconhecer que há brasileiros preocupados com o vírus, mas alega que mesmo estes argumentam que os períodos difíceis não os tiram do caminho de uma boa festa.

+ sobre o tema

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes...

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

para lembrar

Universidade de Fortaleza realiza cursos gratuitos nas férias de janeiro

As férias são fundamentais para descansar e repor as...

Não é ‘ideologia de gênero’, é educação e deve ser discutido nas escolas, diz pesquisadora

Pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar),...

Afinal, quem estuda nas universidades federais?

Ontem a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais...

ECA e os direitos de crianças e adolescentes negras e negros

#primeirainfanciasemracismo  No dia 13 de julho de 2022 comemora-se 32...
spot_imgspot_img

Termina hoje (14) prazo para inscrição no Enem

Termina hoje (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...

Estudantes têm até esta sexta-feira (14) para se inscrever no Enem

Termina nesta sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro...

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes e Design; Negócios e Gestão; Ciência da Computação; Ciência de Dados; Ciência e Engenharia; Ciências Sociais; Desenvolvimento Educacional e Organizacional; Humanidades; Matemática e...
-+=