Tag: Antonio Pitanga

    Foto Caio Lirio

    Embarque Imediato Ou Floresce Pitanga Na Trincheira

    É preciso a imagem para recuperar a identidade.  Tem-se que tornar-se visível.  Porque o rosto de um é o reflexo do outro.  O corpo de um é o reflexo do outro.  E em cada um o reflexo de todos os corpos.  A invisibilidade está na raiz da perda da identidade.  Beatriz Nascimento em  Orí.  Direção de Raquel Gerber.   Por Viviane A. Pistache para o Portal Geledés Embarque Imediato (Foto Caio Lirio) Sempre é tempo de aviar sobre o que pulsa mesmo após o apagar das luzes. Embarque Imediato, de autoria do dramaturgo Aldri Anunciação e encenado por Antônio Pitanga, seu filho Rocco Pitanga, com participação virtual de Camila Pitanga encerra temporada em São Paulo com muitas questões reverberando.   Obra que completa a trilogia iniciada pelo espetáculo Namíbia, Não! montada em 2011 sob a direção de Lázaro Ramos (adaptada para o cinema, com estréia prevista para o ...

    Leia mais
    blank

    “Se nós somamos 54% da população, então somos o poder”

    Não há como não se impressionar com o magnetismo da atuação do ator Antônio Pitanga, em pleno vigor aos 80 anos, na peça “Embarque Imediato”, em cartaz até o dia 8 de março no Teatro Anchieta, no Sesc Consolação, em São Paulo. O ator ícone do Cinema Novo, cinco décadas após uma longa viagem pela África, retoma um tema que lhe é muito precioso porque está vinculado à sua própria história de vida: a diáspora africana. foto: Caio Lírio O texto do dramaturgo Aldri Anunciação não poderia ser mais apropriado para reunir a família Pitanga no tablado: Antônio contracena com o filho Rocco e a filha e atriz Camila Pitanga participa com um vídeo. Antônio faz um velho africano que por falta de documentação é confinado em uma sala de aeroporto onde também se encontra um petulante estudante de doutorado que pretende embarcar para a Alemanha, ...

    Leia mais
    África. Ator quer dirigir filme Foto: LETO CARVALHO

    ‘A cultura não vai morrer, é tudo o que temos’, diz Antonio Pitanga, aos 80 anos

    Ator baiano estreia ao lado dos filhos, Rocco e Camila, a peça ‘Embarque Imediato’, para festejar os 60 anos de carreira Leandro Nunes, do Estadão África. Ator quer dirigir filme (Foto: Leto Carvalho) Com mais de 60 filmes na carreira, Antonio Pitanga diz que não mudou de ritmo. “Quando comecei, todos os anos gravava 5 filmes, a diferença é que agora estou rodeado de gente nova.” Nesta quinta, 6, o ator estreia a peça Embarque Imediato, ao lado do filho Rocco, e de Camila, que faz participação especial. A montagem com texto de Aldri Anunciação aponta um caminho já trilhado por Pitanga: a busca pela identidade. Ao considerar sua herança afrodescendente, o ator baiano viajou até a África para encontrar origens mais precisas. “As pessoas não falam que são europeias, do mesmo modo não basta ser apenas africano. Eu tinha algumas pisas e fui até o ...

    Leia mais
    20200124 - TIRADENTES/MG - 23» MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES - Abertura Oficial, Os homenageados; Camila Pitanga e Antonio Pitanga - Foto Leo Lara/Universo Produ‹o

    Tempo de Pitanga: Diferenças entre Cinema de Ancestralidade e Cinema de Herdeiros

    Pitanga é uma palavra de origem tupi-guarani que significa rubro-negro. Pitanga é  nome que rebatiza Antonio Sampaio desde que figurou em Bahia de Todos os Santos, filme de Trigueirinho Neto de 1960. O personagem Pitanga se tornou tão permanente na sua história quanto uma tatuagem de corpo e alma. Após 80 anos de vida e mais de 60 anos de carreira, Antônio Pitanga encarna com singularidade a história de quem ousou fazer cinema. Por Viviane Pistache para o Portal Geledés   MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES - Abertura Oficial, Os homenageados; Camila Pitanga e Antonio Pitanga - Foto Leo Lara/ Universo Produções. A 23a. Mostra de Cinema de Tiradentes abriu o nosso calendário de festivais celebrando a vida e obra do ator Antônio Pitanga e de sua filha Camila Pitanga. Na cerimônia de abertura do festival, Antônio Pitanga refere a si mesmo não como um homem apenas, ...

    Leia mais
    blank

    Aos 80 anos, Antônio Pitanga Recebe medalha de honra Zumbi dos Palmares

    O evento aconteceu nessa quinta (6), na Câmara de Vereadores de Salvador. Pitanga estava acompanhado dos filhos e netas. Por Vinícius Harfush, Do Correio Antônio Pitanga recebendo a homenagem ao lado da esposa Benedita da Silva, os filhos Rocco e Camila Pitanga e as três netas (Foto: Almiro Lopes/CORREIO) No mesmo dia em que completou 80 anos de vida, o ator e diretor Antônio Pitanga teve muito mais motivos para comemorar a data. Com uma carreira extensa e marcante nos cinemas, novelas e em palcos de teatro, o artista recebeu nessa quinta (6) a honra da medalha de Zumbi dos Palmares, concedida aos cidadãos, grupos ou entidades que se destacaram ao longo da sua história por defender a cultura afrodescendente, no combate ao racismo e lutando contra a intolerância religiosa. Como se não fosse suficiente, Antônio ainda encerrou a noite dividindo o palco seu filho, Rocco ...

    Leia mais
    Crédito: Valmyr Ferreira Luz/Divulgação. Espetáculo Filho do pai, com Antonio Pitanga e Nando Cunha

    Peça ‘Filho do pai’, com Antonio Pitanga, aborda relação de pai e filho

    Antonio Pitanga e Nando Cunha protagonizam o espetáculo Filho do pai, com texto do brasiliense Maurício Witczak Espetáculo Filho do pai, com Antonio Pitanga e Nando Cunha (Crédito: Valmyr Ferreira Luz/Divulgação) Durante anos, o ator carioca Nando Cunha e o roteirista brasiliense Maurício Witczak ficaram com o espetáculo Filho do pai engavetado. A ideia da peça veio quando eles trabalharam juntos, em 2006, em um filme do também brasiliense René Sampaio. Até que, no ano passado, o projeto finalmente ganhou vida nos palcos, tendo Nando como protagonista ao lado de Antonio Pitanga. Com texto de Witczak, a montagem retrata a história de pai e filho que se reencontram. O encontro acontece quando o personagem de Nando Cunha está ensaiando um texto de Hamlet, clássico de William Shakespeare, e o personagem de Pitanga aparece para dizer que está doente. “Essa é uma história universal, de um pai ...

    Leia mais
    blank

    Antônio Pitanga recebe homenagem no 28º Cine Ceará

    Na programação de hoje do evento, o destaque vai para a homenagem ao ator baiano Antonio Pitanga, um dos principais nomes da cinematografia do País Do O Povo Foto: Divulgação/O Povo De vida, são quase 80 anos. De carreira, faltam poucos para chegar aos 60. O baiano Antonio Luiz Sampaio é um dos principais atores do País, com participações históricas e de peso no cinema, no teatro e na televisão. O nome "Pitanga", pelo qual ficou conhecido, veio a partir do personagem que interpretou em seu primeiro trabalho, o longa Bahia de Todos os Santos (1960), de Trigueirinho Neto. Em 2017, o artista foi retratado no documentário Pitanga, dirigido por sua filha, a atriz Camila Pitanga, e pelo o cineasta Beto Brant. O filme resgata memórias do ator em conversas com nomes importantes da cultura brasileira, como Maria Bethânia, Tonico Pereira, Jards Macalé, Zé Celso Martinez, ...

    Leia mais
    blank

    O documentário Pitanga e o longa-metragem ficcional As duas Irenes, são exibidos no Itaú Cultural dentro da Mostra Longas Premiados

    As duas exibições dão sequência à programação da Mostra Longas Premiados, que acontece no instituto todas as terças-feiras até o final deste mês, com a projeção de produções nacionais premiadas em festivais do Brasil e do mundo. Como em todas as atividades da instituição, a entrada para o cinema na Sala Itaú Cultural é franca Enviado para o Portal Geledés  Reprodução/Pitanga O Itaú Cultural exibe, no dia 20 de março, terça-feira, às 18h, o documentário Pitanga, dirigido pela dupla Beto Brant e Camila Pitanga, sobre o ator Antônio Pitanga. Na sequência, às 20h, a projeção é de As duas Irenes, ficção de Fabio Meira cujo roteiro gira em torno de uma menina filha de um pai que, ela descobre, mantém outra família. Ambos integram a Mostra Longas Premiados, que apresenta nas terças-feiras até o fim deste mês, duas produções brasileiras premiadas, ao longo de 2017, em ...

    Leia mais
    blank

    Pitanga e o país que poderia ter sido

    Documentário sobre o ator notável provoca ao dar ao personagem a condução da narrativa. E também por sugerir, em tempos sombrios, outro Brasil: dionisíaco, erótico, miscigenado e justo Por José Geraldo Couto, no blog do IMS Antonio Pitanga é um ator intuitivo, vigoroso, desses aos quais se costuma conferir o epíteto de “força da natureza”. No caso dele, o clichê se justifica. Em mais de cem filmes, telenovelas e minisséries, ele encarnou, sempre com notável energia, escravos rebeldes, sambistas, bandidos, pescadores, feirantes, macumbeiros – e muito mais raramente profissionais liberais e cidadãos de classe média, o que não é de estranhar num país ainda tão dilacerado pela desigualdade racial. Como retratar, num documentário, as várias dimensões desse singular artista baiano, que despontou no cinema novo e marcou presença em terrenos tão díspares como o teatro de vanguarda paulista, as escolas de samba cariocas, a militância política, as relações afro-brasileiras e ...

    Leia mais
    blank

    “A sociedade branca bebe, come e dança a cultura negra”: Antônio Pitanga

    Pai e filha, os atores Antônio e Camila Pitanga falam sobre a política e a história do negro no Brasil e sobre o documentário biográfico 'Pitanga' porLarissa Ibúmi Moreira no Carta Capital  Marcando sua estreia como cineasta, Camila Pitanga esteve na 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes para a exibição do aclamado Pitanga, documentário dirigido em parceria com Beto Brant, que conta a trajetória artística, política e filosófica de seu pai, o também ator Antônio Pitanga, em conversas descontraídas com seus amigos, ex-amores e companheiros de profissão. Projetado em praça pública, no histórico Largo das Forras, o filme sensibilizou a plateia, fez rir e inspirar, alçando o prêmio de melhor longa-metragem pelo júri popular. Está previsto para estrear nos cinemas em abril deste ano. Os Pitanga, pai e filha, conversaram com CartaCapital sobre o documentário, a questão da mulher negra e a política e a história do negro no Brasil. Confira: CartaCapital: No documentário, você afirma que ...

    Leia mais
    blank

    Pitanga, um negro em movimento

    Gún é uma expressão em iorubá que resume a sensação de alegria transcendente, êxtase que percorre os poros e alimenta a alma, energia que movimenta a vida, enleva. Eleva. É desta matéria que é feito Pitanga, o documentário cuidadosamente desenhado pelas lentes e olhos de Beto Brant e Camila Pitanga. por Larissa Ibúmi Moreira no Huff Post E é essa a sensação que ele nos transmite, reconhecível em cada brilho no olhar de quem se levantou da poltrona ao ascender das luzes na sala de cinema, naquele sorriso largo que o próprio homenageado nos contagiou, fruto de sua magia. Antônio Pitanga, o "capoeirista mental", nos amarra na roda. Mandingueiro de essência nos enreda entre memórias de sua vida e da passagem de seus personagens. Ator e personagem imbrincados de tal modo que, enquanto um cita os Panteras Negras, o outro - o da película - é forjado num próprio Malcolm X à brasileira, construindo ...

    Leia mais
    blank

    Camila Pitanga dirige documentário sobre o pai e o apresenta no Festival do Rio

    A vida do ator Antonio Pitanga, pai da atriz Camila Pitanga é tema do documentário que estreia no festival de cinema do Rio de Janeiro 2016 Do iG  Artista da época mais inquietante do cinema brasileiro, Antonio Pitanga ganha documentário que retorna no tempo para investigar o percurso estético, político e existencial do ator do Cinema Novo. Através das suas interpretações históricas, Pitanga construiu uma narrativa mitológica própria que está documentada em mais de 60 filmes que participou durante a sua carreira. O ator trabalhou ao lado de diretores emblemáticos do cinema brasileiro, como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. Pitanga sempre foi reconhecido por sua expressão corporal particular, espontânea, além de se colocar politicamente de forma bastante atuante no contexto social da época. O documentário é uma forma de homenagear e recolher testemunhos que colaborem para a construção de uma história de 75 anos dedicada à arte ...

    Leia mais
    blank

    Feliz Aniversário Antonio Pitanga – 13 de Junho de 1939

    Neste 13 de junho é comemorado o aniversário de Antonio Pitanga, temos duas informações sobre a data correta de seu aniversário, alguns dizem ser dia 6  e outros dia 13 de junho, achamos que não importa, por isto fizemos uma singela homenagem a um personagem que é referencia cultural do negro no cinema e na tv brasileira e esperamos que vocês curtam. Antônio Luiz Sampaio, conhecido como Antônio Pitanga, nasceu em Salvador, Bahia, em 13 de Junho de 1939 e estudou arte dramática na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. com informações do Filmow, wikipédia, google imagens Em seu primeiro filme, "Bahia de Todos os Santos" (1960), de Trigueirinho Neto, o ator ainda se chamava Antônio Sampaio. Só que seu papel no filme, o de um tal “Pitanga”, foi tão forte, tão expressivo, que o “apelido” acabou pegando e virou sobrenome. Por conta disso, em 1997, ele mudou seus documentos ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist