Tag: BBB

A escritora e ativista Ana Paula Lisboa (Foto: Ana Branco / Agência O Globo)

Episódios de racismo como o que sofreu João, no ‘BBB21’, reforçam que a resistência é crespa

Não me lembro de já ter falado sobre o meu cabelo aqui. Esperam que os negros tenham sempre uma história de empoderamento ou superação com o próprio cabelo e que escrevam sobre isso. O meu cabelo não é uma questão, mas como diz minha amiga Mary do Espírito Santo: o cabelo da pessoa preta é uma questão até quando ele não é uma questão. Começo a escrever esta coluna enquanto tenho o cabelo trançado pela Marlene, eu a vejo e me vejo no espelho. É claro, também mexeu muito comigo que o participante do “BBB” 21, João Luiz, tenha tido o seu cabelo comparado ao dos homens das cavernas esses dias por outro participante. O que mexeu comigo não foi a comparação, foi a reação de João, que na hora não conseguiu dizer nada. Eu conheço essa sensação, de seguir a vida, repetir pra si mesmo que aquilo não te ...

Leia mais
Foto: Reprodução/ TV Globo

Carol Conká, a Karabá do BBB

A atuação daquela eleita vilã de reality que, em contexto de pandemia e ausência de novelas frescas, ocupou o vácuo e protagonizou o equivalente ao que seria uma final de novela das nove, mobilizou mais ódio e ação pública das massas, da minha comunidade e de famosos, do que os promotores do escárnio e da barbárie em Brasília. A audiência e o debate nas redes justificam os milionários patrocínios. E o gozo com o esquartejamento público de uma pessoa, "coincidentemente" preta, "coincidentemente" mulher, e "pelos defeitos dela, por culpa tão somente dela", alimenta o fetiche racista coletivo. Incapazes de subir ao trend topics uma hashtag de conteúdo obsceno tal como #VacinaParaTodesPeloSUS ou #AuxilioEmergencial600reais, a platéia brinda o país com a maior rejeição pública de todos os tempos. Não. Não é a rejeição pública de Bolsonaro. Aliás, na arquibancada se juntam bolsonaristas e esquerdopatas, machistas e desconstruídos, intelectuais e analfabetos, todos ...

Leia mais
Douglas Belchior (Foto: Marlene Bargamo/Folhapress)

O Império Globo e o seu Coliseu, o BBB

O participante de um BBB é um gladiador moderno. O gladiador era um escravo lutador na Roma Antiga. Numa época em que a maioria dos romanos viviam na miséria, essa era uma atividade de recreação muito atrativa para o grande público. Combatentes se enfrentavam na arena e a luta só terminava quando um deles ficava desarmado, gravemente ferido ou morto. O responsável pela luta determinava se o derrotado deveria morrer ou não. O povo influenciava muito na decisão. Da plateia, manifestavam se queriam ou não a morte do derrotado - como quem vota pela internet hoje em dia. Uma arena especial para esse tipo de espetáculo foi construída: O Coliseu de Roma. O palco de massacres épicos é hoje considerado, ironicamente, uma das 7 maravilhas do mundo moderno. Os lutadores, apesar de escravos, eram tratados como atletas, tinham treinamento e cuidados. Ou seja, ser gladiador era melhor do que ser ...

Leia mais
Lucas Penteado (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Homens Negros e suas sexualidades: A saída de Lucas Penteado do BBB

Hoje eu vim falar sobre BBB. E eu sei que muitos de vocês já devem estar querendo fechar a página aqui mesmo. Seja por acharem o programa, e as pessoas que o assistem, fúteis — Enxergando qualquer tentativa de estabelecer debates mais sérios sobre o que acontece na casa como um exagero — seja porque você está assistindo o programa e ficando mal com os horrores que estão sendo feitos e ditos lá dentro. Eu te entendo. Independentemente de qual dos dois grupos você esteja, eu te convido a ficar até o final do texto. Vou me esforçar para que valha seu tempo. Para quem não tem acompanhado a televisão e a internet nos últimos dias (e por isso, imagino, tenha conseguido manter pelo menos parte da sua sanidade), a vigésima primeira edição do Big Brother Brasil vem dando o que falar. Primeiro por ser a edição com maior participação ...

Leia mais
Divulgação

BBB 21: desserviço e contribuição ao ódio racial

O BBB 21 nos trouxe uma série de armadilhas. Para negros e não negros. Sabemos que pretos e pardos historicamente têm tentado superar as suas dores. Muitos entendem os impactos do racismo e tentam, com coerência, superá-los. Afinal, a nossa herança socioeconômica é, sim, fruto de um passado de muito sofrimento e de colonização. É inegável! Por outro lado, sabemos também que, em decorrência da autodefesa, muitos de nós pretos e pardos não sabemos lidar com tanta violência racial cotidiana. Isso acaba afetando a nossa psique. Ser avaliado ou avaliada o tempo todo como não pertencente a um espaço pelo tom da pele e pela construção do imaginário coletivo que criminaliza, animaliza e inferioriza a população negra não é algo simples. É difícil, e o BBB 21 acaba, infelizmente, apresentando nitidamente um desserviço para nós, população negra. O programa também precisa ser observado, analisado e responsabilizado. O BBB permitiu que ...

Leia mais
Maria Frô (Imagem retirada so site FETEMS.ORG.BR)

Lucas Penteado do BBB, a vítima que disse NÃO às inúmeras violências

Hoje, o assunto mais comentado nos lares e nas redes foi a desistência do cantor, MC, slammer, poeta, ator, diretor, dramaturgo, militante negro periférico e, como descobrimos ontem, bissexual Lucas “Koka” Penteado. Lucas é um combo de muitas vítimas de violência no Brasil: jovem negro, periférico, portador de alopecia areata, um distúrbio que se acentuou visivelmente ao longo de duas semanas, onde o Brasil inteiro assistiu a um coletivo assediador que, em bando, atacou de todas as formas este jovem: se falava era criticado, se ficava quieto era criticado, foi proibido de comer com o coletivo, foi criticado por uma psicóloga que é negra e lésbica por ter beijado outro homem na festa, entre tantas outras formas de violência verbal. Um aparte sobre o coletivo negro estereotipado que se formou no scritp do Boninho nesta temporada do BBB: cada membro deste coletivo foi pensado e escolhido cuidadosamente para atacar lutas ...

Leia mais
Reprodução/Instagram/@thelminha

Thelma Assis conta sobre episódio de racismo em teste de residência: ‘Enfermeira foi mais cedo’

Quase seis meses após o fim da mais recente edição do Big Brother Brasil, considerada uma das melhores da história do programa, a campeã Thelma Assis alcançou um patamar além da fama que todo ex-brother leva. Carrega uma voz forte, que tem sido procurada a opinar sobre diferentes temas da atualidade, como medicina, desinformação, racismo estrutural, machismo, entre outros, seja em seu quadro aos sábados, no É de casa, da TV Globo, ou nas lives e entrevistas quase diárias de que participa. Em conversa com a coluna, a médica conta que tenta usar sua visibilidade para conseguir dar espaço a pautas sociais, o que não a impede de também ser vítima de racismo, como tem ocorrido em suas transmissões ao vivo nas redes sociais — e de que já foi alvo em outras ocasiões, como num programa de seleção de residência médica, anos atrás. E não se inibe: “Eu sigo fazendo a minha live, dando minha mensagem, senão vou adoecer”, diz ...

Leia mais
Babu Santana BBB20 (Reprodução/TVGlobo)

As convicções de Babu Santana

Não, esse não é um texto sobre a atual edição do Big Brother Brasil. Não iremos fazer uma análise moral sobre os participantes do programa ou suas torcidas. Aqui queremos tratar de um tema presente no programa a partir de apontamentos e fala de um dos jogadores. Alexandre da Silva Santana, ou somente Babu. De forma simples e direta, Babu, trouxe em diversos momentos o tema racial em seus diversos aspectos. Uma das principais convicções apresentadas por Babu é que o Brasil é um país racista, e que ele é um homem negro inserido nessa realidade. É sobre isto que este texto aborda: raça, racismo, negritude e branquitude no Brasil. A raça como processo histórico Devolver o orgulho pro gueto, e dar outro sentido pra frase “tinha q ser preto” Leandro Oliveira, ou Emicida A noção de raça, como forma de dividir e categorizar seres humanos, surgiu durante a expansão ...

Leia mais
Reprodução/Rede Globo

Afinal, o que aprendemos com o BBB20?

O Big Brother Brasil, em uma edição chamada por muitos de histórica, chegou ao fim. E a pergunta que fica é: o que foi possível aprender com o entretenimento mais assistido durante a quarentena? Alguns podem pensar que se trata apenas de um Reality Show para distrair os que já estão distraídos na vida, outros uma oportunidade para refletir sobre temas sociais pautados pelas falas dos participantes, como desigualdade social, machismo, relações abusivas, racismo, entre outros.  Antes, vale lembrar aqui que o programa chegou à sua 20º edição, ou seja, são 20 anos em que o Reality torna a vida de anônimos entretenimento para milhares de brasileiros. E diria também, uma “máquina de fazer celebridades”, os quais, por meio de suas histórias, acabam fomentando debates e/ou polêmicas. Essa edição, por ser a 20ª, contou com 20 Brothers, dez homens e dez mulheres - muito equilibrado do ponto de vista cis-, ...

Leia mais
Reprodução/Instragram

BBB 20: Thelma supera famosos e vence edição histórica com 44,10% dos votos

Ilustração: C r i c a  M o n t e i r o Thelma Assis, 35, é a grande vencedora do Big Brother Brasil 20. Com 44,10% dos votos, a médica venceu a disputa, na noite desta segunda-feira (27), contra a influenciadora digital Rafa Kalimann, que teve 34,81%, e contra a cantora Manu Gavassi, com 21,09%. Ela levou para a casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. O resultado já tinha sido apontado em enquete com leitores do F5. A médica era a única sobrevivente do jogo entre aqueles que se inscreveram para participar do BBB –Rafa e Manu entraram como convidadas. “Uma temporada histórica como essa não podia terminar sem uma vitória histórica. Esse prêmio só pode ser seu, esse prêmio tem que ser seu, Thelma", disse Tiago Leifert ao anunciar a vitória. O apresentador se emocionou algumas vezes durante o último programa, ...

Leia mais
Imafem teriradao do site GSHOW

BBB20: feministas liberais, monstrualização de corpos negros e hierarquização identitária na mídia de massa

Muito foi falado sobre as ações e comentários racistas voltados ao ator Alexandre da Silva Santana (vulgo Babu Santana), homem negro e favelado, na 20ª edição do reality show Big Brother Brasil (BBB20) realizado pela Rede Globo. Tais falas e atitudes tiveram como protagonistas Marcela Mc Gowan, participante do programa autodeclarada feminista e assim qualificada pela mídia, e suas melhores amigas no reality, Gizelly Bicalho e Ivy Moares -- todas mulheres brancas associadas, sobretudo no começo do programa, com discursos pelo fim da opressão contra mulheres e em prol dos chamados empoderamento e liberdade femininas.   O tema e as análises a seu respeito chamaram nossa atenção por mobilizarem questões que, ao nosso ver, merecem ser ainda mais verticalizadas (o que nos propomos a fazer aqui), considerando: 1) a relação entre Big Brother Brasil, um produto midiático de massa, e a realidade de seus participantes, realizadores e espectadores; 2) a porosidade ...

Leia mais
Nina Lemos (Foto: Giovanni Bello)

Caso Rodrigo Branco. Até quando nós, brancos, vamos deixar racismo para lá?

Na segunda-feira à noite, um guia turístico "amigo" de várias celebridades, entre elas Xuxa, Rodrigo Faro e Ivete Sangalo (e por isso meio famosinho na internet também), cometeu crime de injúria racial ao vivo, em uma live. O guia turístico Rodrigo Branco, ex diretor da Band, disse as seguintes coisas: Por Nina Lemos, do Universa Nina Lemos (Foto: Giovanni Bello) Sobre Thelma, a única mulher negra no BBB: "Ela tem torcida só porque é negra e coitada." Sobre Maju Coutinho: " Eu assisti hoje ao Jornal Hoje e ela fala tudo errado. Ela só está lá por causa da cor. Ela não tem uma carreira, ela nunca foi repórter de campo, ela fala tudo errado e eu como diretor de TV, vou te falar, ela lê o TP (teleprompter) errado" Quando li que isso tinha acontecido, pensei que talvez esse fosse um assunto para esse blog. ...

Leia mais
Thelma está no BBB 20 - Victor Pollak/TV Globo

O BBB e o racismo

O reality show Big Brother Brasil ao mobilizar mais de 1,5 bilhão de votos demonstrou que tem ocupado parcela significativa dos brasileiros, principalmente os respeitosos do isolamento social que tem passado mais tempo do que nunca nas suas casas. Junto ao BBB emergem uma miscelânea de debates, questões que há muito tempo têm fragmentado e rivalizado grupos de brasileiros. Problemas antigos e derrotas recentes renasceram nos enfrentamentos que a casa mobilizara. Um deles, o racismo.  Por  Diego Lino Silva, enviado para o Portal Geledés  Thelma está no BBB 20 - Victor Pollak/TV Globo O personagem Babu Santana se tornou o principal expoente das tensões promovidas pela carga semântica que caracterizações cromáticas, fenotípicas e comportamentais dispõem. Mas há outra negra ali, não esquecida da melanina que carrega, mas diferentemente abordada nos entreveros raciais que a casa autorizou que o Brasil observasse. Tanto as reações fora da casa, ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

No Content Available

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist