terça-feira, agosto 11, 2020

    Tag: beleza

    Problemas com imagem corporal afetam milhões de pessoas em todo o mundo e vêm se tornando cada vez mais disseminados na comunidade gay

    ‘Me disseram que eu era feio demais para ser gay’

    "Você é feio demais para ser gay". Por Ben Hunte, da BBC  Problemas com imagem corporal afetam milhões de pessoas em todo o mundo e vêm se tornando cada vez mais disseminados na comunidade gay (GETTY IMAGES) Foi o que Jakeb Arturio Bradea ouviu de um homem em um bar gay em Huddersfield, na Inglaterra. Não era a primeira vez que ele escutava um comentário do tipo. Na verdade, foram várias vezes. Bradea tentou, então, se matar. Problemas com a imagem corporal afetam milhões de pessoas em todo o mundo e vêm se tornando cada vez mais disseminados na comunidade gay, segundo a ONG LGBT Foundation, sediada em Manchester, na Inglaterra. A entidade diz que homens gays e bissexuais são "muito mais propensos" do que homens heterossexuais a enfrentar tais problemas. A BBC conversou com vários homens gays que vêm fazendo de tudo para mudar seus ...

    Leia mais
    Tracie (à esquerda) e Tasha produzem os próprios looks costumizando roupas de brechó (Rox Shimura/CLAUDIA)

    Gêmeas fazem sucesso com blog de moda e beleza voltado para a periferia

    O projeto foi motivado pela falta de iniciativas e conteúdo voltado para esse público Por Marina Marques, da Claudia  Tracie (à esquerda) e Tasha produzem os próprios looks costumizando roupas de brechó (Rox Shimura/CLAUDIA) Quando nasceram, Tasha e Tracie Okereke, hoje com 23 anos, receberam nomes que já previam o futuro artístico. Filhas de pai nigeriano e mãe brasileira, cresceram ouvindo Prince nas festas que os pais davam em casa. A extravagância do cantor americano e a profundidade de suas canções acenderam nas duas a paixão por moda e cultura. Entretanto, na adolescência, não encontravam referências fashion que se encaixassem na realidade dos moradores do Jardim Peri, na Zona Norte de São Paulo, como é o caso delas. Criativas, vasculharam os próprios armários e brechós e selecionaram roupas recebidas de doações para transformá-las com linha e tesoura. As peças customizadas apareciam em ensaios de moda fotografados no quintal de casa com ...

    Leia mais
    blank

    Maria Borges é a primeira negra na capa da ‘Elle USA’ em 20 anos

    Maria Borges é a protagonista da edição norte-americana da revista ‘Elle’ de maio. É a primeira vez, em 20 anos, que uma negra está na capa da publicação. A mais recente tinha sido há precisamente duas décadas, com a modelo sul-sudanesa Alek Wek. Do Delas A modelo angolana de 24 anos refere, em entrevista a esta edição especial ‘Swimsuit Issue’, que “a indústria da moda estava aqui para todos, independentemente da raça ou cor”. “Na minha fase de crescimento, nunca vi alguém como eu , e agora as outras raparigas podem ver alguém como elas. É tudo uma questão de inspiração”, acrescentou. Nas redes sociais, Maria Borges disse sentir-se “honrada por ser a primeira mulher africana do século na capa da ‘Elle'”. “É a prova de que não existe uma definição simples de beleza”. Rosto oficial da L’Oréal Paris desde fevereiro, Maria Borges faz parte dos Anjos da Victoria’s ...

    Leia mais
    blank

    Veja 11 coisas que uma mulher pode ser e que são muito mais importantes que “bonita”

    Como a primeira coisa que notamos em uma pessoa é sua aparência, é muito fácil focalizar a beleza e deixar outras qualidades importantes em segundo plano, especialmente quando falamos de mulheres. do The Huffington Post por  Nina Bahadur no Brasil Post As menininhas são ensinadas a “ser vistas e não ouvidas”. Os tabloides constantemente destacam a celulite e outros “defeitos” físicos das celebridades, e há artigos inteiros dedicados à aparência de mulheres sem maquiagem. Anúncios incentivam as mulheres a comprar produtos que lhe darão cílios mais longos, cabelo mais brilhante, lábios maiores, cinturas menores e bundas mais arrebitadas. Ao mesmo tempo se aconselha às mulheres que apreciem sua “beleza natural”, que optem por sentir-se belas por dentro e que sintam a certeza de que toda mulher é bela. São sentimentos dignos – não há nada de errado em querer estar bonita e sentir autoconfiança --, mas às vezes parece que o valor da mulher é definido ...

    Leia mais
    blank

    Marca de beleza escala adolescente transgênero para campanha

    Jezz Jennings tem 14 anos e já escreveu um livro com sua história No Ela RIO - Na tentativa de conversar com todos os públicos, a marca de beleza Clean & Clear, da Johnson & Johnson, cujos produtos são voltados para o tratamento da acne, escalou, pela primeira vez na história do segmento, uma adolescente transgênero em sua nova campanha. Jezz Jennings tem 14 anos e é famosa no Youtube por seu engajamento na busca pelos direitos de jovens transgêneros. Ela já escreveu um livro infantil contando sua história. Por isso, foi uma das escolhidas para a peça "See the Real Me" ("veja o verdadeiro eu", em tradução livre). No comercial, a garota revela como foi difícil seu crescimento: "Eu sempre soube quem eu era: uma menina presa no corpo de um menino. No colégio, meus colegas se cumprimentavam com abraços e eu só recebia um 'oi'. Até já fui ...

    Leia mais
    blank

    Padrões de beleza que adoecem

    Sempre fui magra. Anos após entrar na adolescência, comecei a ganhar um pouco de corpo. Mais ou menos, até os 15 anos, me sentia bonita, não tinha maiores problemas com meu peso. Texto de Patrícia Sebastiany Pinheiro. Por volta dos 16 ou 17 anos, enquanto ainda estava no ensino médio, em decorrência de algumas doenças físicas e, posteriormente, traumas emocionais, comecei a emagrecer bastante. Mas eu não percebia a diferença, me alimentava consideravelmente bem e levava uma vida normal. Foi quando os outros começaram a apontar e a criticar minha magreza. E assim, dia após dia, eu, que mais magrinha ou mais cheinha sempre havia vivido bem dentro do meu próprio corpo, passei a ouvir calada os diversos comentários negativos dispensados ao meu corpo magro, comecei a internalizá-los e a acreditar neles. O seguinte pensamento passou a martelar 24h por dia na minha cabeça: “Para ser bonita e aceita, preciso engordar”. ...

    Leia mais
    “O corpo é um mercado lucrativo”: como o Brasil se tornou líder em cirurgias plásticas

    “O corpo é um mercado lucrativo”: como o Brasil se tornou líder em cirurgias plásticas

    Pela primeira vez, o Brasil se tornou o país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo, passando inclusive os Estados Unidos, líderes de longa data no ranking. Entre os fatores responsáveis por esse fenômeno, segundo especialistas, estão o aumento do poder aquisitivo da população e a propagação de padrões de belezas que valorizam um ideal de “corpo perfeito”. Em 2013, mais de 11,5 milhões de procedimentos cirúrgicos estéticos foram realizados no mundo, 12,9% deles no Brasil (1,49 milhão). Os EUA ficaram em segundo lugar, com 1,45 milhão, seguidos do México, com 486 mil, e da Alemanha, com 343 mil. “O corpo é um capital no Brasil e se tornou um mercado muito lucrativo. No caso das cirurgias plásticas estéticas, houve uma popularização em seu acesso, sendo que muitos médicos realizam pacotes e facilitam o pagamento, o que antes era apenas restrito às classes sociais mais abastadas”, avalia a psicóloga e ...

    Leia mais
    Dia Internacional da Mulher Negra ganha evento de beleza

    Dia Internacional da Mulher Negra ganha evento de beleza

    Clube Renascença apresenta ‘Encrespando’, com objetivo de valorizar a beleza negra e incentivar a libertação dos fios Em 1982, ao cantar ‘Olhos Coloridos’, Sandra de Sá profetizou: “Meu cabelo enrolado, todos querem imitar.” Se os fios no melhor estilo black power fizeram a cabeça de homens e mulheres na década de 70, agora eles voltam com força total. Prova disso é que as madeixas da atriz Taís Araújo, a Verônica da novela ‘Geração Brasil’, estão na terceira posição da lista de preferências do público, de acordo com a Central de Atendimento ao Telespectador (CAT). “Isso mostra que, finalmente, estamos nos amando, valorizando o que é genuinamente brasileiro. Estou orgulhosa”, analisa Taís. Meninas Black Power, grupo formado por Jana Guinond (de óculos) e, da esquerda para a direita, Karine Vieira, Jéssyca Liris, Jaciana Melquiades, Fabíola Oliveira, Maria Fernanda e Tainá Almeida Esse resultado não poderia aparecer em um momento melhor, na semana ...

    Leia mais
    silicone

    Em busca do corpo perfeito

    por Eleanor Warnick Como várias outras pessoas, eu não consigo imaginar minha vida sem plástico. Ele está na nossa rotina diária, desde as embalagens que nos cercam até o cartão de crédito com que pagamos nossas contas. Entretanto, antes de vir ao Brasil, nunca sequer tinha pensado em colocar um pedaço de plástico no meu corpo. Mas, depois de ver tantas mulheres e homens com corpos esculpidos pelo bisturi de um cirurgião, decidi investigar o que há de fato por trás da indústria da cirurgia plástica e porque ela é tão popular assim aqui no Brasil. Sem maiores transtornos, consegui marcar uma consulta gratuita para uma eventual cirurgia plástica. Na clínica, quase todos na sala de espera acompanhavam admirados e com grande interesse vídeos que mostravam mulheres de corpos praticamente perfeitos serem submetidas a procedimentos cirúrgicos com a naturalidade de quem toma um comprimido para dor de cabeça. Achei estranho, ...

    Leia mais
    Lupita-by-Alexi-Lubomiski-for-Lancome-copyright-2014glamour3apr14prb592x888jpg

    Dicas de beleza para negras com dermatologista da clínica de Pitanguy. Vem!

    Por Michelle Licory Inspirado no sucesso de Lupita Nyong’o, eleita a mulher mais bonita do mundo pela revista “People” no fim do mês passado, Glamurama foi conversar com a dermatologista Silvia de Mello, da Clínica Ivo Pitanguy, no Rio, sobre cuidados com a pele negra. “As principais queixas dessas pessoas são: foliculite , hiperpigmentação pós inflamatória , acne e oleosidade excessiva do rosto, hiperqueratose de cotovelos e joelhos e ressecamento corporal.” * Para foliculite: “Usar produtos à base de nanosferas de ácido salicílico e nicotinamida e também o ácido retinoico.” * Para hiperpigmentação pós inflamatória: “Produtos com belides, ácido fítico, skin whitening complex e a tão usada hidroquinona.” * Para acne e pele com oleosidade: “Ácido mandélico e acido azeláico.” * Hiperqueratose: ”Ácido láctico, ureia, ácido salicílico e óleo de girassol.” * Ressecamento da pele: “Óleo de coco, óleo de macadâmia ...

    Leia mais
    Da esquerda para a direita: a atriz Erika Januza, a psicóloga Vanessa Andrade, a estudante de Artes Fernanda Ribeiro e a consultora e escritora Nina Silva - Guito Moreto / Agência O Globo

    Inspiradas em Lupita, jovens negras falam de preconceito e da valorização da própria beleza

    Mulheres negras abandonaram os produtos químicos para os fios e assumem seus traços Da esquerda para a direita: a atriz Erika Januza, a psicóloga Vanessa Andrade, a estudante de Artes Fernanda Ribeiro e a consultora e escritora Nina Silva - Guito Moreto / Agência O Globo RIO - A eleição da atriz negra Lupita Nyong’o, 31 anos, como a mulher mais bonita do mundo pela revista “People”, no fim do mês passado, não tem o poder de acabar com o preconceito nem em Hollywood nem no resto do mundo. Não muda o fato de que, no Brasil, há o dobro de negras e pardas no serviço doméstico em comparação às mulheres brancas, de acordo com a Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE de 2013. Tampouco transforma a diferença no rendimento mensal das mulheres negras — que corresponde a 56% da renda das brancas, e não chega ...

    Leia mais
    image preview

    Poderosa e competente? Mas, peraí, é gata? Por: Nádia Lapa

    Primeira-ministra, presidenta, CEO de empresa, não importa: a beleza da mulher tem que vir em primeiro lugar   "A louraça primeira-ministra da Dinamarca provoca saia justa entre o casal Obama", diz o título da coluna de um site. Louraça, assim, sem nome. Quem se importa? O importante é que Helle Thorning-Schmidt seja "bela, alta e loura", além de ter "celebrados olhos azul-turquesa" e andar de saltos altíssimos. O que ela faz, como chegou ao poder, qual o trabalho dela como primeira-ministra? Não faz a menor diferença. Nas palavras de Naomi Wolf, em "O Mito da Beleza: "As trabalhadoras mais emblemáticas do Ocidente continuavam visíveis se fossem 'lindas', portanto visíveis, mas sem receber nenhum crédito pela competência. Ou poderiam, ainda, ser 'competentes' e 'sem beleza', portanto invisíveis, de tal forma que a competência de nada lhes valia". Os comentários sobre a aparência de Thorning-Schmidt não são novidade. Atingiram, inclusive, a outra ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist