segunda-feira, novembro 23, 2020

    Tag: Consciência Negra

    O ‘novembrismo’ da mídia

    Cobertura do mês da Consciência Negra mostra quão racista somos e precisa ser ampliada Por Flavia Lima, Da Folha de S.Paulo Carvall Na grande imprensa, o mês da Consciência Negra se consolidou como o período de se divulgarem dados sobre desigualdade entre negros e brancos. O "novembrismo" não é necessariamente ruim, mas a concentração dos temas na ocasião traz frustração para quem gostaria de se ver representado e de ter seus problemas discutidos o ano todo. Ao mesmo tempo, é um período em que se dá grande visibilidade aos mecanismos de exclusão da sociedade brasileira. Com a ajuda de órgãos oficiais de pesquisa e universidades, dados sobre a inserção dos negros em diferentes áreas mostram de forma eloquente quão racista somos. Num histórico rápido da relação entre a população negra e a imprensa, é possível dizer que os negros passaram a maior parte do século 20 ...

    Leia mais
    O escritor e músico Nei Lopes - Felipe Varanda - 24.nov.10/Folhapress

    Consciência negra

    Senso comum se iludiu com a mestiçagem Por Nei Lopes, na Folha de São Paulo O escritor e músico Nei Lopes - Felipe Varanda/Folhapress O escravismo no Brasil e o colonialismo na África usaram, como estratégia de dominação, fragmentar as populações negras, tanto por etnias e linhagens quanto por categorias sociais. “Dividir para dominar” era a regra. Que, embora verbalizada no sentido contrário, ecoou na atualidade brasileira em setembro último, quando o titular do Ministério da Educação afirmou que no Brasil “não existe povo negro”, e sim “brasileiros de pele escura”. A moderna classificação dos afro-brasileiros como “negros” —mesmo subdivididos em “pretos e pardos”— é uma conquista política e um avanço estatístico: a vasta terminologia antes usada dificultava o mapeamento científico do lugar ocupado pelo segmento afro no conjunto da população, em prejuízo do atendimento às suas necessidades especificas. Nos mais de três séculos de escravismo, ...

    Leia mais
    Arte: Romulo Arruda

    Dia da Consciência Negra: sete projetos de alunos que estão valorizando a cultura negra

    Dia 20 de novembro é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra, data marcada pela morte de Zumbi de Palmares, considerado símbolo da resistência contra a escravidão. Hoje, mais de 300 anos após o seu falecimento, a data ressalta a importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade e a constante luta contra a discriminação racial e desigualdades sociais. Diante da importância da data, o programa Criativos da Escola apresenta sete projetos transformadores de estudantes do ensino fundamental ou médio que promoveram a valorização da cultura negra. Por Juliana Oliveira, enviado  para o Portal Geledés Um desses projetos foi protagonizado por um grupo de alunos estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio da Escola Municipal Milton Pessoa, também integrantes das Associações Quilombolas do Livramento e Águas Claras, de Triunfo (PE), que ao perceberem práticas racistas, a negação da identidade e o desconhecimento ...

    Leia mais

    Novembro Negro na UFMG para aquilombar-se nas lutas

    Unegro Minas participa das atividades do Novembro negro na UFMG. Confira detalhes e programação Por Renata Valentim, do Vermelho  Divulgação Na edição de 2019, o Novembro Negro da UFMG convida todas (os) para construção de uma sociedade antirracista, justa e equânime, principalmente para mobilizar-se contra o conjunto de desvalorização das políticas públicas do governo Bolsonaro. Com o tema “Aquilombar-se em tempos de luta” a proposta da juventude negra da UFMG é resgatar o saberes e a força de nossos antepassados para que possamos resistir aos tempos difíceis. Nesse sentido, “Aquilombar-se” representa uma postura ativa de cada indivíduo que se posiciona política e socialmente buscando o rompimento de uma estrutura opressora, racista, patriarcal. Além do que, é um convite para descolonizar o pensamento, reconhecer as mazelas de um passado escravocrata e, sobretudo, mirar em uma postura efetiva de combate ao racismo e à opressão capitalista. Neste sentido, ...

    Leia mais
    Brasília - Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver em Brasília, reúne mulheres de todos os estados e regiões do Brasil (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

    Novembro Negro: relembre acontecimentos importantes na luta pelos direitos à população negra

    Nesse especial do Novembro Negro, a Agenda Arte e Cultura relembra acontecimentos que foram importantes na tomada de direitos à população Negra. São eles atos políticos e culturais, que ainda que recentes já contribuem para a mudança no arranjo da população brasileira em busca de igualdade. Todos os acontecimentos também podem ser acompanhados toda sexta-feira do mês de novembro nos Stories do perfil da Agenda Arte e Cultura no Instagram. Marcha Zumbi dos Palmares No dia 20 de novembro de 1995, cerca de 30 mil pessoas se reuniram, em Brasília, na Marcha Zumbi dos Palmares. Neste ano, celebravam 300 anos da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, o maior do período colonial. Na marcha as pessoas foram às ruas para dar visibilidade às mazelas da população negra e protestar por políticas públicas de equidade. O movimento, nomeado como “Marcha Contra o Racismo pela Igualdade e a Vida”, foi ...

    Leia mais
    Imagem reportada à Dandara dos Palmares

    Resistência negra brasileira, o 20/11: Dia Nacional da “Consciência Negra”

    É preciso lembrar de Zumbi dos Palmares e também da importância das lutas das mulheres no espaço palmarino Por Danilo Santos da Silva, do Brasil de Fato “ Levante, resista: lute pelos seus direitos! Levante, resista: não desista da luta! ” (Bob Marley, 1973). Imagem reportada à Dandara dos Palmares (Reprodução/Brasil de Fato) Estamos no mês de novembro, ocasião na qual os temas relacionados à população negra ganham mais repercussão, sobretudo, no Brasil. Embora esse texto tenha sido produzido no referido período, não tem a pretensão de expor uma perspectiva eventual, mas apresentar uma reflexão sobre a “consciência negra” como fruto da memória coletiva de luta da população negra na sociedade brasileira. Ter como parâmetro esse horizonte, nos ajuda a pensar o 20 de novembro e nos aproxima da ideia de memória coletiva de resistência da população negra, a partir da experiência dos quilombos que ...

    Leia mais

    DF terá diversos eventos para marcar o mês da Consciência Negra

    Programação extensa destaca as questões raciais no Distrito Federal ao longo de novembro. Haverá debates, palestras, exposições e shows musicais, entre outras atividades Por Mariana Machado, Do Correio Braziliense  Praça do Servidor, em frente à CLDF, recebeu roda de candomblé nesta sexta-feira (1/11), como parte do Novembro Negro (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press) Embora o Dia Nacional da Consciência Negra seja celebrado apenas no fim do mês, neste ano, entidades civis e sociais, Câmara Legislativa e Governo do Distrito Federal unem-se para o Novembro Negro. Ao longo das próximas semanas, uma série de eventos destaca as questões raciais. Estão previstos debates, palestras, shows e rodas de conversa. Nesta sexta-feira (1/11), a Câmara Legislativa (CLDF) organizou uma roda de candomblé na Praça do Servidor. O momento, aberto ao público, teve louvação, música de atabaque e danças. O sacerdote Adriano Fiuza explica que o ato religioso apresentado, conhecido como “siré” (lê-se xirê), teve ...

    Leia mais
    Programação de mês dedicado ao combate ao será lançada no Palácio Cruz e Sousa, em Florianópolis — Foto: Márcio H. Martins / FCC

    Florianópolis terá mês dedicado ao combate ao racismo em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra

    Programação oferece atividades como palestras, mesas redondas e mostras. Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. No G1 Programação de mês dedicado ao combate ao será lançada no Palácio Cruz e Sousa, em Florianópolis — Foto: Márcio H. Martins / FCC A Prefeitura de Florianópolis lança na próxima quinta-feira (31), às 19h, no Palácio Cruz e Sousa, no Centro, uma programação especial em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares. Florianópolis terá o mês inteiro dedicado ao combate ao racismo contra a população negra. A programação reúne atrações ligadas à cultura, música e empreendedorismo, por exemplo. No período, serão oferecidas palestras, mesas redondas e mostras. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da inclusão e combate a violência contra a população negra. Confira a programação completa 31/10, às 19h ...

    Leia mais

    Consciência de ser uma mulher negra

    O tempo passou, e desde os 14 anos de idade, quando aprimorei tecnicamente os croquis de moda que criava desde a mais tenra infância, e passei a desenhar modelos para as minhas amigas costurarem, passando pelo ano de 2001, quando fiz o meu primeiro desfile de moda, até o dia de hoje, venho pensando como, nesses longos anos marcados por uma busca incessante pelo aprimoramento do meu trabalho como criadora, pude compor uma trajetória com exposições e desfiles em quase dez cidades fora do Brasil, entre as Américas, África e Europa. por Carol Barreto no The Word News Nesse ano de 2018, pela primeira vez, tenho uma peça em exposição num Museu no Sudeste do Brasil, mas numa mostra organizada por uma instituição cultural alemã. Delineio esse fluxo pois tenho analisado como na minha própria história se demarca o papel do racismo como aspecto estruturante da sociedade brasileira, cada vez mais consciente ...

    Leia mais
    Arte: Romulo Arruda

    Paraíba terá audiência e lançamento de pesquisa sobre racismo e violência contra quilombos

    Eventos buscam fortalecimento de direitos de comunidades tradicionais Do MPF Arte: Romulo Arruda Dentro das ações relacionadas ao #NovembroQuilombola, o Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba sediará audiência e lançamento do relatório da pesquisa ‘Racismo e Violência contra Quilombos no Brasil (2018)”, produzido pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) e pela ONG Terra de Direitos. O evento será realizado em 6 de dezembro de 2018, no auditório do MPF, em João Pessoa, e terá a presença de integrantes das 42 comunidades quilombolas espalhadas por 26 municípios em todo estado, além de autoridades que atuam na temática. A pesquisa revela que, entre 2008 e 2017, 29 quilombolas foram assassinados na região Nordeste. Os dados do estudo foram obtidos por meio de técnicas específicas de amostragem e pesquisa documental no acervo da Conaq, em jornais, redes sociais e outras publicações. O trabalho realizado pelo ...

    Leia mais

    Grupo que idealizou o Dia da Consciência Negra teve de dar explicações à ditadura

    Ideia surgiu em 1971 durante uma reunião de universitários gaúchos em Porto Alegre por Fernanda Canofre no Folha de São Paulo Em um sábado de 1971, um grupo de 12 negros se reuniu em Porto Alegre, no Clube Náutico Marcílio Dias, próximo ao rio Guaíba. Fundado em 1949, quando os outros clubes da cidade não aceitavam afrodescendentes, o local cedeu a eles uma sala, que foi sendo organizada com mesas de fórmica, postas em forma de círculo. Ali, pela primeira vez, o 20 de novembro seria o Dia da Consciência Negra no Brasil. A data marcava a morte de Zumbi dos Palmares, líder do quilombo que resistiu por 95 anos na Serra da Barriga, em Alagoas. Naquele dia, em 1695, Zumbi foi assassinado em uma emboscada e teve sua cabeça exibida em praça pública, depois de liderar a resistência por quase duas décadas. Por horas, no clube gaúcho, homens e mulheres falaram sobre a história dele e do outro rei de ...

    Leia mais
    Márcia Lima, durante o seminário Diálogos, no auditório do Cebrap, em 2016 - Moacyr Lopes Junior - 2.mai.16:Folhapress

    Justiça racial: sociedade e Estado em prol da igualdade

    Por muito tempo, discriminação foi tema ignorado por Marcia Lima consultora de Geledés no Folha de São Paulo Márcia Lima, durante o seminário Diálogos, no auditório do Cebrap, em 2016 - Moacyr Lopes Junior - 2.mai.16:Folhapress Celebramos nesta terça-feira (20) os 323 anos da morte de Zumbi dos Palmares. Já existe no país uma tradição de promover, ao longo desta semana ou deste mês, reflexões sobre a questão racial. Precisaríamos muito mais do que isso para avançarmos neste debate. Mesmo assim, é importante, neste dia, registrarmos as conquistas, os entraves e, acima de tudo, ficarmos atentos em relação ao futuro. O cenário das desigualdades raciais no Brasil em suas amplas dimensões --acesso à educação, progressão escolar, emprego, rendimentos, violência racial, dentre outros-- tem sido alterado em razão de três aspectos fundamentais: denúncia, pesquisa e ação estatal. No campo da denúncia, as lutas contra a opressão racial ...

    Leia mais
    Divulgação

    1ª Feira cultural VAI-VAI / Consciência Negra

    Divulgação Enviado para o Portal Geledés  PROGRAMAÇÃO 1ª FEIRA CULTURAL VAI-VAI / CONSCIÊNCIA NEGRA. 10:00 – Abertura Oficial 10:30 – Palestra: Empreendedorismo Negro 11:30 – WorkShop de Maquiagem de Pele Negra. 13:00 – Lançamento do Livro – O PASTOR DAS RUAS – Auto: Vicente Blood. 13:30 – Lançamento do Livro – PAIDÉIA NEGRA – A Nova Pedagogia dos Orixás – Autor: Ivan Polli. 14:00 – Palestra: A Sexualidade da Mulher Negra – Palestrante: Bia Nascimento. 15:00 – Oficina de Turbantes 15:30 – Desfile de Moda Marca MÔNICA ANJOS + Trilha sonora ao vivo do Pagode da Ala de Compositores Demais Atividades: - 10 às 14:00 – Atendimento/Consulta Jurídica. - 10 às 17:00 – Exposições nos seguintes segmentos na temática Africana: Moda Africana, Artesanato, Bonecas, Máscaras, Esculturas em Bisquit, Acessórios, Brincos, Colares, Estamparia, Bolsas e muito mais.

    Leia mais
    Foto: U. Dettmar/SCO/STF

    O 20 de novembro e o negro no Brasil de hoje

    Kabengele Munanga é professor brasileiro-congolês e doutor em Antropologia pela USP Da USP Foto: U. Dettmar/SCO/STF De todos os africanos transportados para as Américas através do tráfico atlântico entre os séculos XVI e XIX, cerca de 40% deles tiveram o Brasil como país de destinação. De acordo com os resultados do último censo populacional realizado pelo IBGE em 2010, a população negra, isto é, preta e parda, constitui hoje cerca de 51% da população total, ou seja, 100 milhões de brasileiros e brasileiras em termos absolutos. O que faz do Brasil o maior país da população negra das Américas, e mesmo em relação à África dita Negra, o Brasil só perde da Nigéria, que é o país mais populoso da África Subsaariana. Mas qual é o lugar que essa população negra ocupa no Brasil de hoje depois de 130 anos da abolição da escravatura?  Responderia que ...

    Leia mais
    Foto: TV Globo, Gshow e Divulgação

    Dia da Consciência Negra: atores falam sobre seu lugar como artistas

    Na semana da celebração da data, veja o que dizem Erika Januza, Rafael Zulu, David Junior, Lucy Ramos, Dan Ferreira, Heslaine Vieira, Maicon Rodrigues, Sérgio Malheiros, Ailton Graça e Juliana Alves Com entrevistas de Anny Ribeiro, Thais Meinicke, Victor Camara e Cristiane Rodrigues no Globo Foto: TV Globo, Gshow e Divulgação Ocupar um lugar. Estar presente. Ter voz. Representar os irmãos. Responsabilidade política. Estado de vigilância. Vitória. Sonho dos antepassados. São muitas as formas de definir a satisfação e alegria que é estar onde estão. Afinal, antes de chegarem aqui, muitas histórias de lutas e vitórias aconteceram - e ainda precisam acontecer. Na semana do Dia da Consciência Negra, o Gshow convidou atores negros a pensarem “O que significa ocupar o lugar onde está como artista negro?" e, agora, apresenta aqui as reflexões de Erika Januza, Rafael Zulu, David Junior, Lucy Ramos, Dan Ferreira, Heslaine Vieira, ...

    Leia mais
    Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

    Vitória anuncia parceria com o Malê Debalê e realiza ações para o Novembro Negro

    Uma parceria entre o Vitória e o bloco-afro Malê Debalê foi anunciada neste sábado (17). As entidades promoverão ações para o Novembro Negro, período que é marcado por mobilizações de combate ao racismo e garantia de direitos da população negra. Por Glauber Guerra, do Bahia Notícias Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias A primeira ação aconteceu neste sábado (17), antes do jogo entre Vitória e Atlético-PR. O bloco executou o Hino ao 2 de julho e o Hino Nacional Brasileiro. Na parceria, a marca do bloco estampará as mangas dos uniformes do Vitória. Além disso, o Malê vai oferecer oficina de arte para mais 400 crianças e adolescentes do projeto Vitória Cidadania, por meio de um termo de cooperação.

    Leia mais
    Taís Araujo (Foto: Reprodução/Instagram/Roberta Boechat)

    “Dia representativo e de reflexão”, diz Tais Araújo sobre Consciência Negra

    Uma das principais artistas negras do país, atriz promove evento que traz peça sobre Martin Luther King, show de Criolo e stand-up de Tia Má Por  THIAGO BALTAZAR, da Marie Claire  Taís Araujo (Foto: Reprodução/Instagram/Roberta Boechat) O Dia da Consciência Negra, que será celebrado na próxima terça-feira (20), representa uma boa oportunidade para se pensar sobre o movimento negro e suas reivindicações. Este é o entendimento de Tais Araújo, uma das principais artistas afrodescendentes do Brasil. “É um dia representativo e de reflexão, feito para analisarmos quais são as nossas demandas e, também, para nos acolhermos”, disse ela à Marie Claire.  “Mas também para reafirmarmos nossos direitos como cidadão e celebrar”. E é assim, trabalhando e comemorando que Tais irá passar data. Ela estará no palco ao lado de Lázaro Ramos atuando na peça “O Topo da Montanha”, sobre os últimos momentos do pastor e defensor dos ...

    Leia mais
    by NICHOLAS GITHIRI

    Compaixão e Negritude: Consciência de dor como relação de (Auto)Cuidado

    by NICHOLAS GITHIRI Por Cainã Nascimento enviado para o Portal Geledés Pensar em compaixão, enquanto homem negro, sempre me pareceu algo muito abstrato e inalcançável, algo que não era pra mim. Diferente da definição do Dalai Lamaque vê compaixão simplesmente como uma atitude de perceber dor e o desejo de alívio, com compromisso, respeito e responsabilidade, a minha forma de ver se afastava muito de minha vivência. Compaixão ficava em um pedestal, ficava longe da minha humanidade, ou demonizada como uma forma hipócrita de ver um mundo tão dolorido e doloroso como o nosso. As caminhadas da vida foram me mostrando que o brilho não estava em colocar compaixão em um pedestal, mas justamente no contrário, afinal, nada mais humano do que sentir dor e querer sair dela, certo? Compaixão é então esse processo natural nas nossas vidas que envolve como a gente pensa, sente e ...

    Leia mais

    Seminário debaterá desafios das mulheres negras no Brasil

    Evento vai discutir a invisibilidade das mulheres negras na sociedade brasileira e as formas de superação das vulnerabilidades impostas às mulheres negras pelo racismo. Do   O Bom da Noticia Divulgação A Câmara dos Deputados realiza nesta terça-feira (20), no Dia da Consciência Negra, o seminário Mulheres Negras Movem o Brasil: visibilidade e oportunidade. As mulheres negras no Brasil são 55,6 milhões, chefiam 41,1% das famílias negras e recebem, em média, 58,2% da renda das mulheres brancas, de acordo com os dados de 2015 extraídos do Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça. A deputada Benedita da Silva (PT-RJ), que propôs o evento, afirma que o objetivo do encontro é dar mais solidez às discussões e aos desafios colocados. "O Brasil está tendo uma mudança. Em relação aos direitos de política de gênero da mulher negra, vemos a possibilidade de um grande retrocesso, mas, em contrapartida, estamos vendo uma mobilização muito forte ...

    Leia mais
    Divulgação/Reprodução/Facebook

    São Paulo: XV Marcha da Consciência Negra

    Divulgação/Reprodução/Facebook Dia 20/11/2018, concentração ás 13h,* no Vão do Masp. Do Facebook  RACISMO NÃO!!! Negros e Negras resistem e marcham por direitos, pela democracia e contra o fascismo. MARCHAM pelo Poder para o Povo Preto MARCHAM pela Liberdade de expressão e a Liberdade Religiosa. MARCHAM por Marielle, Anderson, Moa do Catende e Charlione Lessa. MARCHAM por Marcelo Dias, por cada jovem negro morto pelo genocídio e por cada Mulher Negra morta pelo feminicido. MARCHAM contra a Homofobia, contra toadas as formas de Violência, contra a Intolerância o descaso e a Xenofobia. NEGROS e NEGRAS * *MARCHAM pelo direito a viver uma vida digna, sermos livres e respeitados na nossa Diversidade, Pluralidade. #RACISMONÃO #20NOV #VidasNegrasImportam #DiadeResistencia

    Leia mais
    Página 2 de 31 1 2 3 31

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist