quinta-feira, novembro 26, 2020

    Tag: ensino á distância

    Exclusão digital é uma realidade diária para milhares de famílias da Califórnia Foto: Valerie Macon/AFP

    Na Califórnia, minivans com Wi-fi possibilitam aulas online a estudantes mais pobres

    SANTA ANA, EUA - Uma van, um pequeno roteador no painel e uma antena no teto: não demora muito para 200 crianças carentes da Califórnia acessarem a internet e acompanharem suas aulas remotas devido à pandemia. O plano piloto é chamado de Wifi sobre rodas e foi lançado pela JFK Transportation, uma empresa de transporte escolar que atende Santa Ana, ao sul de Los Angeles. A ideia era equipar vans com retransmissores de internet e localizá-los em pontos estratégicos da cidade para dar suporte a alunos com deficiência tecnológica, já identificados pelas autoridades educacionais. “Ficamos oito horas para garantir que os alunos estivessem conectados durante o dia. O sinal Wi-Fi tem um raio de cerca de 350 metros”, disse Kevin Watson, presidente da JFK, à Agência France Press. A conexão é protegida por uma senha à qual apenas os alunos têm acesso. “Os roteadores wi-fi são 5G, muito rápidos, e temos essas antenas nos veículos para ...

    Leia mais
     Foto: Reza/Getty Images

    Resposta simples para um problema complexo: o debate sobre o retorno às aulas

    “Ano se recupera. A vida não”. Com este mote muitos professores, pais, mães, estudantes e diversos segmentos sociais têm se colocado acerca do retorno às aulas. Afirmam que somente devem voltar às aulas quando tivermos a distribuição de uma vacina no Brasil. A assertiva encontra ressonância e transmissão em varias frentes. Pois, afirmam os defensores da não volta às aulas que esta medida é a proteção intransigente da vida. E, “com a vida não se brinca”. A defesa da vida não se coloca em relevo. Se trata de um direito fundamental positiva no ordenamento jurídico nacional. E, para a garantia da proteção à vida é que muitos cientistas estão imersos em pesquisas para a busca da vacina. Mas, afirmar que somente devem retornar às aulas, 50 milhões de estudantes no Brasil após a descoberta e disposição da vacina não parece ser uma resposta do tamanho e da complexidade do problema ...

    Leia mais
    Foto: Ciete Silvério; Governo do Estado de SP

    Manaus: Professores decidem por greve geral contra retorno das aulas presenciais

    A categoria dos Professores e Pedagogos de Manaus, reunida em Assembleia Geral Extraordinária do Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (AspromSindical), decidiu nesta quarta-feira (5), por unanimidade, deflagrar greve geral por tempo indeterminado contra o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino, nas escolas de Ensino Médio. A volta estava prevista para o próximo dia 10. De acordo com o AspromSindical, a greve atingirá somente os professores e pedagogos que atuam nas escolas de Ensino Médio onde o governador Wilson Lima determinou o retorno das aulas presenciais, na capital. A greve não atingirá os trabalhadores do Ensino Fundamental, que trabalham remotamente de casa. A decisão sobre a greve será comunicada ao Governo nesta quinta-feira (6). “Com a comunicação, começa a contagem de 72 horas para se fazer a instalação da greve”, informa nota divulgada à imprensa. A Assembleia Geral Extraordinária de Instalação da Greve está prevista ...

    Leia mais
    Arthur entrega as tarefas para Adrieli, do 7º ano do Fundamental (Foto: Peu Ricardo/DP)

    Professor vai à casa de estudantes sem acesso à internet para entregar tarefas

    O dia está chuvoso. Arthur Cabral, 29 anos, busca no guarda-roupa algo simbólico para usar naquela manhã. Escolhe uma camisa preta com os dizeres “lute como um professor”. Depois, coloca a mochila nas costas e monta na bicicleta. O percurso a seguir é longo. Incomum. Inspirador. Arthur é professor de ciências na Escola de Referência Deputado Oscar Carneiro, na Vila da Fábrica, em Camaragibe. Toda sexta-feira, carrega na bolsa envelopes amarelos contendo tarefas impressas de várias disciplinas. Cada um deles será entregue, de bicicleta, na casa de vinte estudantes do sexto e sétimo anos do Ensino Fundamental. A suspensão das aulas presenciais nas escolas por conta da pandemia do novo coronavírus revelou um lado cruel do acesso à educação. Quando as aulas virtuais começaram na rede pública, no início de abril, Arthur percebeu que um grupo de estudantes do Fundamental não participava das aulas. Depois de analisar a situação, entendeu ...

    Leia mais
    Adobe

    Estudar não é para filho(a) de pobre, não!

    Inicio esse texto como uma das frases mais marcantes, na minha opinião, do escritor Paulo Freire: “Seria uma atitude ingênua esperar que as classes dominantes desenvolvessem uma forma de educação que proporcionasse às classes dominadas perceber as injustiças sociais de maneira crítica”.¹ Nesse momento de pandemia e desmontes de Políticas Públicas faz todo o sentido analisarmos como seria nosso País se a educação crítica e libertadora fosse de qualidade para todos e todas. Talvez eu esteja sendo muito otimista ao pensar que se todos nós tivéssemos acesso a boas leituras, escolas equipadas, professores capacitadas e valorizados o Brasil estaria quase próximo de uma nação igualitária. Trago nesse texto vivências na minha memória que carrego até hoje. Essa vivência diz respeito a construção social que muitos carregam como tatuagem ao dizer que ensino superior não é para pobre. Sabemos que o Brasil foi o último País da América do Sul a ...

    Leia mais
    Para os estudantes, dificuldades vão de acesso precário à internet a problemas familiares (Foto: Getty Images)

    Ensino a distância na quarentena esbarra na realidade de alunos e professores da rede pública

    Com as aulas suspensas por tempo indeterminado, afinal, como ficaria o ano letivo? Inicialmente, a saída cogitada foi a antecipação das férias escolares. No entanto, após um mês, uma nova realidade se desenhava: a do ensino à distância. Correndo contra o tempo, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) conseguiu colocar no ar uma plataforma gigantesca, que permite conectar alunos e professores. A iniciativa, porém, esbarra em uma dura realidade: dificuldades dos alunos, seja pela falta de internet ou estrutura familiar, e a falta de preparo dos professores para lidar com a plataforma e todas as mudanças na forma de ensinar. "Para os professores, que estão na ponta do processo, está claro que esse modelo não funciona. Ele não é inclusivo e aumenta ainda mais as desigualdades", diz Maria Izabel Noronha, presidente da Apeoesp (Sindicato dos Professores da Educação Oficial do Estado de São Paulo) e deputada estadual pelo PT, ...

    Leia mais
    Getty Images

    Professores, pais e entidades procuram Justiça contra obrigatoriedade do ensino remoto

    Mais de um mês após o fechamento das escolas em todo o país por conta da pandemia, começam a surgir questionamentos quanto à eficácia de se considerar que as aulas não presenciais e atividades a distância possam substituir o que o aluno aprende na escola. Sobretudo na rede pública, em que o acesso dos estudantes e professores à internet muitas vezes é inexistente ou precário, teme-se o aprofundamento das desigualdades no aprendizado. É com essa preocupação que começam a surgir ações do Ministério Público e projetos de lei para impedir que o ensino remoto na educação básica seja contabilizado como parte das horas letivas obrigatórias estipuladas pelo Ministério da Educação. O ministério permitiu a flexibilização dos 200 dias obrigatórios no ano letivo, mantendo, porém, a exigência das 800 horas. Nesta semana, o Conselho Nacional de Educação recomendou que as aulas não presenciais sejam contadas na carga horária, abrindo a possibilidade ...

    Leia mais

    Curso ensina professores como usar aparelho celular para ensinar

    Aulas são oferecidas online e de maneira gratuita na modalidade de ensino a distância Fonte: R7 Reprodução/Flickr/Paul Jacobson Voltado para professores dos anos finais dos ensinos fundamental médio), a segunda edição do curso gratuito Escola com Celular — o uso de dispositivos móveis na educação  tem inscrições abertas até o dia 22 de setembro para aulas na modalidade de ensino a distância. O curso é oferecido em São Paulo pela Fundação Vanzolini, instituição mantida e gerida por professores do Departa mento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), por meio da área GTE (Gestão de Tecnologias em Educação). Segundo os organizadores, o objetivo do curso é promover e apoiar a utilização de dispositivos móveis como recurso pedagógico para estudar e realizar atividades escolares. O curso é totalmente online e tem carga horária de 40 horas. As aulas são apresentadas por ...

    Leia mais
    Divulgação/UNEB

    UNEB abre inscrições para cinco especializações EaD

    As inscrições para os cursos de pós-graduação lato sensu ministrados pela Unidade de Ensino a Distância da Universidade do Estado da Bahia (UNEAD/UNEB) estão abertas até 9 horas do dia 28 de julho, horário local. São cinco cursos de especialização, gratuitos e a distância: Gestão em Saúde, Gestão Pública, Gestão Pública Municipal, integrantes do Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP), além da especialização em Educação a Distância e do novo curso Interdisciplinar em Estudos Sociais e Humanidades. Por:Henrique Soares, do Uneb Divulgação/UNEB O edital oferece 767 vagas, das quais 10% são reservadas para servidores técnico-administrativos da UNEB. Há também cotas para optantes negros (40%) e indígenas (5%). Os interessados já podem efetuar as inscrições diretamente no endereço www.selecaoalunoead.uneb.br. Os cursos estão vinculados a nove polos credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e espalhados pelo Estado da Bahia, onde os alunos realizarão ...

    Leia mais
    ELearn.jpg

    Ensino a distância: agora e no futuro

    O CENÁRIO do ensino superior público, na Europa e fora dela, apresenta hoje orientações que se cruzam com tendências próprias do ensino a distância (EaD). Fonte: Folha Online  Por exemplo: a responsabilização política e social das instituições de ensino superior; a valorização das aprendizagens informais; a aprendizagem ao longo da vida (ALV), como resposta à rápida mutação de conhecimentos e de requisitos profissionais; a afirmação do princípio da mobilidade estudantil e da creditação transnacional das formações; a evolução do EaD, com predominante intervenção de tecnologias da informação e da comunicação e do ensino on-line e em rede; o desenvolvimento dos recursos educativos abertos, conduzindo à ideia de que é possível disponibilizar cursos e materiais de aprendizagem de forma gratuita e universalmente acessível via internet. Pela importância que vem assumindo, destaco aqui, no ponto de encontro do EaD com o ensino superior, a aprendizagem ao longo da vida. O conceito de ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist