quarta-feira, setembro 23, 2020

    Tag: ilustração

    banner-facebook

    Cumbe, Angola Janga e Carolina são aprovado no Plano Nacional do Livro Didático Literário 2018

    Os quadrinhos Angola Janga, Cumbe (ambos de Marcelo D’Salete) e Carolina (João Pinheiro e Sirlene Barbosa) foram aprovadas no mais recente edital do Plano Nacional do Livro Didático Literário (PNLD Literário). por Samir Naliato no Universo HQ banner-facebook As três obras tratam de temas como a escravidão e a discriminação racial e, a partir de 2019, serão adotadas em escolas públicas de ensino médio de todo o Brasil. Em outubro, professores de toda a rede farão a escolha dos livros. Consideradas por especialistas um importante instrumento no tratamento de temáticas transversais a variados campos do conhecimento, as histórias em quadrinhos podem atender simultaneamente a diversos objetivos de aprendizagem. "Consideradas por especialistas um importante instrumento no tratamento de temáticas transversais a variados campos do conhecimento, as histórias em quadrinhos podem atender simultaneamente a diversos objetivos de aprendizagem. Os três títulos da Veneta selecionados trazem importantes recursos para o ensino da história e da cultura ...

    Leia mais
    blank

    Quando a Cultura Africana se fundo ao mundo POP

    Suleiman Ismail Gwadah é um ilustrador nigeriano conhecido como Pacmartian, que desenvolveu a sua arte sozinho, vendo vídeos no YouTube e lendo blogs sobre o assunto. Por Equipa BANTUMEN no Bantumen “Há um par de anos, se precisasse de me apresentar, deixaria de lado a parte de ser artista, porque para ser honesto nunca vi um futuro nisso. Quando era miúdo, tinha interesse em desenho, pintura e nas artes em geral, mas abandonei isso para me focar na Matemática e Ciência para me tornar num engenheiro. A post shared by Suleiman Gwadah (@pacmartian) on Jun 7, 2018 at 4:22pm PDT Se eu fosse me apresentar, eu teria deixado de fora a parte de ser uma artista, porque, para ser franco, nunca vi um futuro nela. Eu estava interessado em desenho, pintura e artes e ofícios em geral, como uma criança através de meus anos de escola primária e secundária, mas eu ...

    Leia mais
    Luc - Twitter

    Porque representatividade importa! Como desenhar personagens negros sem cair em esteriótipos

    Porque representatividade importa até na sua arte. no Almanaque SOS Até pouco tempo, era quase impossível encontrar negros em papéis de destaque. Devido ao preconceito e a falta de oportunidade, médicos, juízes ou empresários de sucesso eram extremamente raros dentro da comunidade negra, sem contar os personagens sempre associados aos esteriótipos muitas vezes negativos. Mas atualmente a representatividade vem fazendo a diferença e mudando essa realidade. Para a população negra é importante ter um representante de sua raça, seja em uma profissão de destaque, em um programa de TV ou em um personagem dos quadrinhos, por exemplo. Ter a possibilidade de se identificar pode impactar de maneira benéfica milhares de pessoas, em especial às crianças, que enxergam um modelo a ser seguido, livre de esteriótipos preconceituosos. O filme “Pantera Negra“, que tem pessoas negras na direção, roteiro e elenco principal, é um excelente exemplo disso. A produção reacendeu a esperança ...

    Leia mais
    blank

    Muitas ilustradoras negras para conhecer e acompanhar

    Esta é mais uma lista de mulheres artistas que vai ao ar por aqui. Desta vez reunimos ilustradoras negras e seus trabalhos de tirar o fôlego (não estou brincando, são coisas maravilhosas em cada um desses links). Veja, divulgue, siga o trabalho dessas cinquenta minas maravilhosas. Por Roberta AR Do Minas Nerds Amanda Daphne http://elailustra.wixsite.com/amanda-daphne/portfolio ilustração de Amanda Daphne Ana Cardoso https://www.facebook.com/anacardosart/ https://www.behance.net/ana_cardoso https://www.facebook.com/BlackInk.Cursos ilustração de Ana Cardoso Ana Maria Sena https://www.facebook.com/namaria.ssp/ https://www.instagram.com/__namaria/ ilustração de Ana Maria Sena Annie Ganzala https://www.facebook.com/annieganzala/ ilustração de Annie Ganzala Ariane Cor http://arianecor.net/ ilustação de Ariane Cor Carli Ayô https://www.instagram.com/carli_ayo/ https://br.pinterest.com/Ayoramos/ilustrações-do-imaginario/ ilustração de Carli Ayô Carolina Fôlego https://www.facebook.com/folegograffiti/ Grafite de Fôlego Chiquinha Nzenze https://www.facebook.com/kindumbadaana/ ilustração de Chiquinha Crica Monteiro https://www.facebook.com/CricaGraff/ ...

    Leia mais
    blank

    Fotos em preto e branco? Não. Incríveis desenhos de uma jovem artista nigeriana

    Quando um lápis consegue o mesmo que uma câmera. Estas imagens não são fotos em preto e branco, mas sim desenhos de uma jovem artista nigeriana no El Pais A Throwback Artwork I drew Late Last Year. Title: 'Deeper Than This' Size: '22 × 27' inches Charcoal Pencils On Paper. This is a Drawing. #Art #Hyperrealism #Contemporaryart #ChiamonwuJoy #Ijaying A post shared by Chiamonwu Joy 🇳🇬 (@chiamonwu_joy_art) on Jan 21, 2018 at 12:10pm PST Ela mesma, com seus 23 anos, parece estar consciente de que muitas pessoas não sabem em que categoria se enquadra sua arte. Talvez por isso apresentou desta forma a sua obra em 17 de janeiro, no Twitter: “Meu nome é Chiamonwu Joy, sou uma artista hiper-realista nigeriana. Desenho com lápis em papel. Tudo isso são desenhos”. My name is Chiamonwu Joy, A Nigerian Female Hyper-realistic Charcoal Artist. I draw with charcoal pencils on paper. These are ...

    Leia mais
    blank

    Contos dos Orixás/ Tales of the Orishas

    por Hugo Canuto INTERVIEW FOR TRIP TV CHANNEL ENGLISH VERSION The greatest stories from Yoruba mythology, taken to the universe of Comicbooks. Hi, my name is Hugo Canuto and just like you, I’m a passionate about Comics! I have always been fascinated by the great epic sagas that burned the souls of the ancients, creating civilizations and monuments. From Gilgamesh to Darth Vader, beautiful Porasy, Thor or Superman, the heroes of a thousand faces still stir our imaginations, with the same charm as when we heard stories around the fire, in the night of time. Although since 2013 I have thought of developing a work that addresses the African culture, a few months ago decided to start it, drawing “The Orixas” in honor of the 99 years of the master Jack Kirby, one of the most influential artists in comics.  Kirby Collector Magazine – 71 ORIXAS/ ORISHAS Then, I ...

    Leia mais
    blank

    “Angola Janga” conta em quadrinhos a história de Zumbi dos Palmares

    De acordo com a visão implementada pelo quadrinista paulista Marcelo D’Salete em seu novo romance gráfico, “Angola Janga”, o lendário Zumbi dos Palmares seria filho de um casal que habitava o mocambo do Macaco, capital do maior quilombo da história do Brasil. Por Ciro Marcondes Do Metrópoles Após ter os pais assassinados por colonos luso-brasileiros, o bebê que iria se tornar o grande líder acabou passando sua primeira infância em liberdade e sob criação de um padre (Melo) e uma mulher escravizada (Madalena). Na narrativa de D’Salete, o fato de Zumbi ter crescido “livre” (dentro das circunstâncias coloniais) foi fundamental para que ele aspirasse e servisse de inspiração à libertação de milhões de homens e mulheres escravizados no Brasil entre os séculos 16 e 19. A passagem de “Francisco” (seu “nome cristão”) para Zumbi é um dos pontos-chave para se compreender a complexa teia de relações que constituem a história de Palmares e ...

    Leia mais
    blank

    9 novos super-heróis da Marvel contra o preconceito

    Homens fortes, viris, brancos e bonitos. Este era o padrão nas HQs de heróis. Super-Heróis estampando na capa um modo do público reconhecer que pra ser “super” em alguma coisa precisava se espelhar naquele homem de uniforme. As crianças - assim como adolescentes e adultos - ficam fascinadas com as tramas envolvendo poderes, garotas indefesas e vilões maléficos. No século XXI, a tendência para a desconstrução desses padrões, que refletiam a autoestima e identificação dos nossos jovens no mundo a fora, precisava ganhar ascensão. Contudo, pairamos no século XX. Heróis negros não são recebidos com tanto sucesso quanto um herói branco; heroínas são alvo de piadas - questionando o poder feminino; e heróis LGBTs são colocados contra a parede, num preconceito heteronormativo.  por Douglas Hinckel no Info Geek Corp A famosa marca editorial de quadrinhos Marvel Comics está pra lançar uma linha de histórias envolvendo os substitutos de heróis tradicionais, ...

    Leia mais
    blank

    Diversus consultoria dará 5 bolsas de estudo em desenho para pessoas trans

    A Diversus, criada em 2016, é uma empresa de consultoria que presta serviços para auxiliar a compreensão das diversidades. Ela fez parceria com a Quanta Academia de Artes, uma escola de artes gráficas e digitais na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. A Quanta é uma escola comprometida a promover o respeito aos direitos de todos e incentiva a diversidade. por Isabela Faggiani no Ondda As duas empresas estão oferecendo cinco bolsas de estudo para transsexuais e travestis que querem fazer aula de desenho. A Diversus anunciou as bolsas em sua página no Facebook: As inscrições para o curso de aprimoramento em desenho abriram hoje, 31 de janeiro, e irão até o dia primeiro de março. O resultado com as cinco pessoas que receberam a bolsa sairá no dia 6 de março. A seleção dos vencedores da bolsa será feita por um sorteio. Para se inscrever, é preciso ser uma pessoa trans, ...

    Leia mais
    blank

    Os negros nas histórias em quadrinhos – parte 2

    A Era de Prata (1956 – 1969) Ebulição Social No final dos anos cinqüenta e início dos sessenta o Movimento Negro começava a tomar as ruas dos Estados Unidos, reivindicando a melhoria da condição de vida dos afro-americanos. por Claudio Roberto Basilio no HQ Maniacs O Movimento Negro se dividia em diversas vertentes, desde a mais pacifista, que era representada pelo Movimento dos Direitos Civis do Reverendo Martin Luther King até as mais radicais, que podíamos ver na Nação do Islã de Malcom X e no Partido dos Panteras Negras. Tal ebulição social acabou se refletindo nos quadrinhos e é sobre o surgimento de alguns personagens negros nos comics nesse período que esse artigo vai tratar. Nesse período, o mercado americano de quadrinhos foi tomado de assalto pela ascensão da Marvel Comics, ascensão essa capitaneada por Stan Lee e por um rol de personagens que, pela criatividade com que foram elaborados revolucionaram ...

    Leia mais
    blank

    Artista cria novo modo de mostrar sua comunidade para o mundo

    O artista Dágson Silva mora no Morro das Pedras, em Belo Horizonte. Ele estava cansado de ver seu bairro ser passado na TV apenas para falar sobre matérias de criminalidade, mostrando a parte negativa e escondendo a positiva. Por Isabela Faggiani no Onnda Ele ouvia helicópteros sobrevoando o Morro das Pedras e fazendo imagens aéreas para falar mal do local. Então, teve uma ideia: iria aproveitar as imagens aéreas das emissoras de TV para passar uma nova imagem do bairro à população. Dágson começou a se envolver com a arte de rua quando tinha 15 anos de idade. Desde então, não parou mais de grafitar. Deixou sua arte exposta nas cidades de Belo Horizonte, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Bahia. E também expandiu os olhares para fora do Brasil. Na França, marcou as ruas de Paris, Lyon, Saint-Étienne e Belley. Em sua comunidade, ele decidiu pintar as lajes ...

    Leia mais
    blank

    Nada a temer! Uma reação de autores de HQs e ilustradores contra o golpe

    O ilustrador Edson Ikê explica sua motivação ao criar a fanpage Nada a temer!: “É uma resposta humorada e sarcástica ao golpe. A ideia é ocupar e dizer: ‘Fora Temer!’ e à sua política de neocolonização. Arte contra a barbárie no Brasil”. A ideia cresceu. Enquanto Ikê convida amigos e conhecidos para participar da iniciativa, outros produzem por conta própria e alguns trabalhos autônomos acabam incorporados à iniciativa. Até agora, a página reproduziu 12 obras, dos mais diversos estilos. Certeza que não fica só nisso – e vou atualizando o post e dando os devidos créditos a medida que forem surgindo novos trabalhos. Ó o que apareceu por lá até agora (além dessa aqui em cima do Marcelo D’Salete): no Facebook Nada a Temer DW Ribatski: Tayla Nicoletti: Vicente Mendonça: Edson Ikê: André Kitagawa: Daniel Bueno: Talita Rocha: Rato: Pato: Andre Ducci: Shiko: Wagner Willian: Taline Schubach: Kiko Dinucci: Jozz Zugliani: Fernanda ...

    Leia mais
    Amy Reeder

    13 lições de diversidade que os quadrinhos de super-heróis deram em 2015

    A diversidade nunca esteve tão em alta no meio dos quadrinhos de super-heróis. Por Caio Delcolli, do Brasil Post  Marvel e DC Comics, as principais editoras de super-heróis, são conhecidas por criar personagens que pertencem a minorias em representatividade, como pessoas LGBT, mulheres e negros. No entanto, hoje elas estão em seu ápice para incorporar a diversidade da vida real às suas histórias. E o ano de 2015 foi excepcional nesse sentido. O Homem de Gelo, um dos membros fundadores dos X-Men, se assumiu como gay. Uma capa em que a Batgirl é vítima de violência – em uma cena sinistra – foi cancelada e gerou um pedido de desculpas. Um cientista coreano genial é o novoHulk. Estes são alguns exemplos de como os quadrinhos de super-heróis estão atuais e criativos como nunca. Abaixo, você encontra mais alguns:   1 Mulher-Aranha grávida de oito meses Javier Rodriguez Em ...

    Leia mais
    blank

    Publicitário cria super-heróis contra problemas da África

    Os problemas enfrentados pelo continente africano são tão graves e tão antigos que parecem só ter solução com a ajuda de um daqueles super-heróis que vemos nos filmes. Do Exame  Embora o estado caótico em que muitos países se encontram tenha causas humanas, principalmente a exploração por parte dos países desenvolvidos, a impressão que temos é que só superpoderes poderiam salvar essas populações da situação em que estão. O publicitário André Cox imaginou justamente como seria se os heróis tradicionais como Hulk e Mulher Maravilha fossem africanos e ajudassem a combater os problemas do continente. A série "E se os super-heróis fossem africanos?" foi lançada não por acaso no Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro. As ilustrações podem ser conferidas em uma galeria disponibilizada no Behance.  

    Leia mais
    blank

    Marcelo d’ Salete: Cumbe, l’ histoire de l’esclavage au Brésil, sera publié en France

    Cumbe (Brésil) Traduit du portugais par Christine Zonzon et Marie Zéni Le Brésil a été l’un des principaux pays pratiquant l’esclavage, jusqu’à son abrogation en 1888. En provenance d’Angola et du Mozambique, les esclaves étaient essentiellement affectés à l’exploitation de la canne à sucre ou des mines d’or, mais aussi pour les taches ménagères dans le cas des femmes. Certains esclaves se révoltaient, prenaient les armes et se réfugiaient dans la jungle pour créer des communautés, appelées quilombos, ou cumbe, où ils vivaient en autarcie. À travers quatre nouvelles, en partie inspirées d’événements historiques, le dessinateur brésilien Marcelo d’Salete raconte des histoires d’esclaves marrons au 17e siècle, des hommes, femmes et enfants confrontés à leurs tortionnaires et décidés à se libérer du joug de l’esclavage à tout prix,.. Dans la première histoire, intitulée Calunga, un jeune esclave tente de convaincre sa compagne de s’enfuir avec lui. Dans Sumidouro (Le Puit), une femme est prise entre ...

    Leia mais
    blank

    Desenhos impressionantes feitos com caneta bic por artista ganense

    Desde pequenos aprendemos a desenhar com o lápis, porque se errarmos dá para pegar na borracha e apagar.  A caneta fica para escrever coisas muito importantes ou, no máximo, rabiscar coisas pouco importantes. Por Zeca de Oliveira, do Yebothis Com Enan Bosokah, um jovem artista ganense, não foi diferente. Ele aprendeu a desenhar com lápis e usar a borracha para apagar aquilo que não ficou bem. Depois de um tempo, porém, decidiu quebrar os próprios limites e passou a desenhar apenas com a caneta. Para ele, a ideia de que o desenho feito à caneta não poderá ser apagado é divertida e o ajuda a ganhar domínio sobre a sua arte. O resultado é o que é e ponto. Mas chega de falar, vamos ver alguns dos seus draft: Todas as imagens: ©Enan Bosokah Zeca de Oliveira Nasceu na periferia de São Paulo e aos 23, após estudar comunicação social e redação publicitária, mudou-se para ...

    Leia mais
    blank

    Um artista criou ilustrações deslumbrantes sobre a sociedade moderna

    “A sociedade é um lugar estranho atualmente”. por Javier Moreno no BuzzFeed Staff O artista londrino Steve Cutts é ilustrador e animador. Steve Cutts / Via stevecutts.com Cutts costumava trabalhar para várias empresas e marcas, mas parou em 2012 buscando trabalhos freelance. Steve Cutts / Via stevecutts.com Recentemente, as ilustrações de Cutts passaram a focar em sátiras sobre assuntos relevantes e ganharam bastante atenção. Steve Cutts / Via stevecutts.com Ele conversou com o BuzzFeed sobre a natureza de seu trabalho atual. “A sociedade é um lugar estranho atualmente e um dos papeis do artista sempre foi, tradicionalmente, comentar o período em que ele vive.” Steve Cutts / Via stevecutts.com “Para mim, é meu trabalho é conectar coisas que você não associaria imediatamente, reorganizando-as em uma forma irônica para transmitir uma mensagem”. Steve Cutts / Via stevecutts.com Ele diz que seu estilo foi inspirado por cartoons dos anos 1930 e 1940, bem como por quadrinhos e graphic novels modernos. ...

    Leia mais
    blank

    Moon Girl, nova heroína da Marvel, é negra, pré-adolescente e nerd

    A Marvel continua a investir na diversidade nos quadrinhos. A mais nova personagem da editora é prova disso: ela é pré-adolescente, negra e nerd. no Brasil Post  por  Caio Delcolli Lunella Lafayette, a "Moon Girl" – algo como "garota lunar", em português –, junto com seu amigo Dinossauro Demônio, protagoniza o gibi Moon Girl and Devil Dinosaur, que chega às lojas dos Estados Unidos ainda neste ano. As informações e imagens são da Entertainment Weekly. Moon Girl será uma garota ambiciosa, que planeja estudar em grandes instituições e tem DNA alienígena. Isso a fará se sentir deslocada, mas se depender dela, isso não atrapalhará sua vida – e o Dinossauro a ajudará nisso. A amizade de ambos será a essência das histórias. O tiranossauro vermelho não é novo para os leitores mais aficionados da Marvel. Ele estreou em 1978, em Devil Dinosaur. E, agora, Dinossauro foi resgatado especialmente para Moon Girl. "Por décadas, temos visto editoras independentes apostando na diversidade, mas ...

    Leia mais
    Exposição oba: entre deuses e homens

    Mucane recebe exposição de desenhos em carvão e papel sobre religiões africanas em Vitória

    Juliana sempre teve a fotografia como aliada para a construção do seu trabalho. A mostra reúne cerca de 50 desenhos, feitos, em sua maioria, com carvão e giz sobre papel, Do Folha Vitória As religiões de matriz africana despertam curiosidade e fascínio na maior parte das pessoas por unir em um mesmo espaço fé, festa e devoção. Essas manifestações religiosas serão tema da exposição "oba: entre deuses e homens", da artista Juliana Pessoa, que abre para o público na próxima quinta-feira (13), a partir das 19 horas, no Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane). Juliana sempre teve a fotografia como aliada para a construção do seu trabalho. A mostra reúne cerca de 50 desenhos, feitos, em sua maioria, com carvão e giz sobre papel, recriando imagens do trabalho do fotógrafo Pierre Verger, que registrou em boa parte da sua obra a cultura afrobrasileira. Exposição oba: ...

    Leia mais
    blank

    Após suspeita de racismo na Marvel, a novidade é o que o Homem-Aranha oficial será negro!

    No fim da sexta-feira passada vazou uma troca de e-mails entre Sony e Marvel. Noticiamos, e as informações eram que nas obrigações de como retratar o personagem Peter Parker e o personagem Homem-Aranha no cinema ele deveria ser sempre: por Magrolima no Infoesfera - caucasiano (branco) - hétero (não gay) - não podia beber ou usar drogas - não podia ter relações sexuais com menores de idade A internet respondeu com uma certa repugnância, afinal todas estas restrições faziam a Marvel soar extremamente rígida na melhor das hipóteses, e talvez um pouco preconceituosa na pior delas. Mas agora a Marvel deixou escapar a informação de que, após os eventos do mega cross-over Secret Wars, o Homem-Aranha será Miles Morales. Miles Morales já é o Homem-Aranha no Universo Ultimate desde 2011, assumindo a identidade do aracnídeo após a morte de Peter Parker naquele universo. Os rumores, pistas e confirmações da Marvel até o ...

    Leia mais
    Página 1 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    blank
    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist