Tag: Luedji Luna

Foto: Helen Salomão / Divulgação

O ser malungo e as parcerias para além do tumbeiro

Em poucas palavras, deixo aqui algumas reflexões sobre a música “Saudação Malungo” de Luedji Luna em parceria com Djonga e Dj Nyack. São poucas as minhas palavras mas carregadas de profundidade, assim como a música em questão. Na versão de Saudação Malunga presente no EP “Mundo”, uma seleção de 5 faixas remixadas publicado em 2019, Luedji é chão intemporal para a lírica de Djonga, que segue, talvez, uma linearidade do tempo, conhecido como passado - presente - futuro. Luedji parte de Angola, Congo, processos e revoluções, unindo- nos como companheiros que levantaram e sustentaram seus territórios, parceiros juntos na mesma embarcação. Refletir sobre a relação entre povos companheiros de luta espalhados ao longo do continente americano me lembra Nego Bispo no texto “Somos da terra”, presente na edição nº 12 da revista “Piseagrama”. Bispo desenvolve o termo transfluência a partir da observação do movimento das águas pelo céu, buscando entender ...

Leia mais
Foto: Helen Salomão / Divulgação

Luedji Luna firma parcerias com escritoras e poetas negras em álbum imerso em referências aquáticas

Caracterizado como disco fluido, imerso em referências aquáticas, como indica a capa que expõe foto tirada por Peu Fernandes na Bahia, o segundo álbum de Luedji Luna constrói narrativa criada com o objetivo de dar autonomia à mulher preta para que ela expresse os próprios sentimentos e desejos em sociedade ainda pautada pelo machismo. Para fortalecer esse conceito, a cantora e compositora baiana firma parcerias com escritoras e poetas negras na criação e gravação desse álbum intitulado Bom mesmo é estar debaixo d'água e programado para chegar ao mercado fonográfico na quarta-feira, 14 de outubro, com a missão de manter o status alcançado por Luedji Gomes Santa Rita com o primeiro álbum, Um corpo no mundo, apresentado em 2017. Anunciado em setembro com a edição do single com a música-título Bom mesmo é estar debaixo d'água, o segundo álbum da artista embute trecho de poema da escritora mineira Conceição Evaristo ...

Leia mais

“Queria ser a Luedji dos meus pais, do projeto político, mas a Luedji mesmo é cantora e compositora”

A cantora baiana prepara-se para sua primeira turnê internacional. "Quero ser história para que, no futuro, quando se pense MPB, para além de de Elis Regina, se pense também em Luedji Luna, Xênia França" Por Joana Oliveira, Do El País Luedji Luna, durante a entrevista. (Foto: LELA BELTRÃO/ El País) Luedji Luna se conjuga no gerúndio. A cantora baiana, natural de Salvador, está sempre fazendo, produzindo, escrevendo, sentindo, pensando. Principalmente desde 2015, quando mudou-se para São Paulo "sem olhar para trás" para viver de música. Um ano depois, gravou o primeiro clipe, Um Corpo no Mundo, cantando sobre ancestralidade, destino e racismo, que viralizou e gerou o disco homônimo, o seu primeiro. Hoje, Luedji está mais no mundo do que nunca. Ela acaba de lançar um EP com remixes de suas canções, com participação de grandes nomes do rap e prepara-se para a primeira turnê internacional, em ...

Leia mais
Foto- Reprodução – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Luedji Luna anuncia primeira turnê internacional e lança EP Mundo

A cantora Luedji Luna quer ganhar o mundo. E vai. Nesta entrevista exclusiva ao Blog do Arcanjo, que acompanha de perto sua carreira desde os primeiros passos, a cantora baiana radicada em São Paulo anuncia sua primeira turnê internacional, adiantando por onde irá passar. Foto- Reprodução – Blog do @miguel.arcanjo – UOL A autora do hit "Banho de Folhas", já visto por 3,3 milhões de pessoas no YouTube, lançou nesta sexta (3) nas plataformas digitais o EP "Mundo", com cinco canções remanescentes de seu primeiro disco, "Um Corpo no Mundo", lançado no final de 2017. Na sequência de shows emblemáticos que fazia no centro cultural negro paulistano Aparelha Luzia, o álbum foi responsável por colocar seu nome no mapa musical brasileiro e, agora, internacional. O EP "Mundo" traz as canções "Acalanto", "Cabô", "Dentro Ali", "Saudação Malungo" e "Banho de Folhas", com produção do DJ Nyack e nomes ...

Leia mais

Larissa Luz e Luedji Luna cantam em festival de música em Salvador

Evento acontece nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no Largo Quincas Berro d’Água, em Salvador. Entradas custam entre R$ 20 e R$ 130 e estão disponíveis para venda. Do Gi Larissa Luz é uma das atrações do IV Festival Radioca — Foto: Edgar Souza/ Divulgação O IV Festival Radioca acontecerá nos dias 9, 10 e 11 de novembro, reunindo 11 atrações musicais de várias partes do país no Largo Quincas Berro D'Água, em Salvador. As cantoras baianas Larissa Luz e Luedji Luna são atrações confirmadas para a festa. As entradas para o primeiro dia de evento custam R$ 40 e R$ 20 (meia). Nos outros dois dias, os ingressos passam a custar R$ 50 e R$ 25 (meia). O público também tem a opção de comprar um passaporte para os três dias do festival por R$ 130 e R$ 65 (meia). Os ingressos estão ...

Leia mais
Foto: Alma Preta/ Acervbo Geledés

Um conversa com Luedji Luna sobre África, São Paulo e a música baiana

Revelação baiana, Luedji Luna é um dos destaques do Coala Festival, que ocorre neste fim de semana em SP. Por Francisco Toledo, do HuffPost Brasil Quem ainda não conhecer Luedji Luna irá se surpreender no Coala Festival 2018, que acontece no próximo sábado (1º) e domingo (2), no Memorial da América Latina, situado na zona oeste de São Paulo. Revelação na cena nacional, a cantora e compositora baiana apresentará seu o repertório de seu disco de estreia, Um Corpo no Mundo, lançado no ano passado e que combina ritmos brasileiros com referências e sonoridades de origem africana. A cantora, que levanta com orgulho a bandeira de resistência da mulher negra na música, não é a única representante da Bahia na programação do festival, já que também estão escalados shows de Gilberto Gil e de outros artistas também em ascensão: Xênia França e Baco Exu do Blues. Conversamos com Luedji sobre o cenário musical de sua terra natal, suas inspirações e ...

Leia mais
TÁSSIA NASCIMENTO/DIVULGAÇÃO

‘Vamos continuar resistindo’, diz Luedji Luna sobre dificuldades da mulher negra na música

Misturando diversos ritmos africanos e brasileiros nas suas composições, a cantora baiana Luedji Luna, 31, se tornou um dos nomes promissores da nova geração de cantoras do cenário musical alternativo no país. Ela que nasceu no bairro do Cabula, mas passou grande parte da sua infância e adolescência em Brotas, revelou, em entrevista ao Bahia Notícias, que a sua relação com a música começou de uma forma muito lúdica quando ainda era criança. Por Lara Teixeira / Rafaela Souza, do Bahia Notícias  TÁSSIA NASCIMENTO/DIVULGAÇÃO “Cantar era minha brincadeira predileta, mas eu só tomei consciência com 17 anos, quando eu fiz a minha primeira música. Na adolescência eu comecei a escrever e a minha relação começou com a escrita, até mais do que com o canto, ou a música, e com 17 anos essa escrita foi se configurando em canções que eu tenho desde então”, relata a artista. ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist