Sedutora e traiçoeira, Luedji Luna lança o videoclipe da faixa “3 Marias”

Com ilustres participações de Erica Malunguinho, Gabb Cabo Verde, Wagner Guarani-Kaiowá, entre outros, o vídeo tem direção de Joyce Prado

Entre quatro paredes e com pano de fundo a iluminada e caótica cidade de São Paulo, uma Luedji Luna amante, sedutora, traiçoeira permeia o videoclipe de “3 Marias”, que chega às plataformas digitais nesta terça-feira, 13 de dezembro, às 13h. Com direção de Joyce Prado, o vídeo faz referência às pombagiras, às profissionais do sexo e traz a artista interpretando uma stripper.

“Diferente dos demais vídeos, que tenho uma presença quase etérea, em 3 Marias sou de carne, osso e desejo. Uma mulher difícil de decifrar e que hipnotiza no olhar e nos gestos. Aquela que faz qualquer amante se esquecer da vida antes dela. Aquela que te faz sentir como uma presa fácil em uma teia neste jogo da paixão. Múltipla, contraditória e com contrastes”, define a artista. “Uma Luedji que ninguém viu ainda além de meus amores”, diz. 

Além de Luedji nesta faceta ainda não explorada publicamente, o clipe conta com a participação de Érica Malunguinho, Gabb Cabo Verde, Wagner Guarani-Kaiowá, Mc Lalão, Fernando Rocha, Vicente Noel, além de depoimentos reais de profissionais do sexo. 

Décima faixa do recém lançado “Bom Mesmo É Estar Debaixo D ‘Água Deluxe”, a canção é de autoria da cantora em parceria com Marissol Mwaba e François Muleka, e narra a profundidade de um adultério, de uma paixão por alguém casado. 

Ficha Técnica Clipe

Direção Joyce Prado – @joyceprado_cine 

Assistente de direção e Diretor de produção Arthur Baeta – @arthbaeta 

2º Assistente de direção Naaya Lelis – @naayalelis 

Assistente de produção Jade Vieira – @suavijade 

Direção de Fotografia Mariane Nunes – @nunesnuna 

Produção Executiva Regiane Silva @ahregianesilva 

1º Assistente de Fotografia Camila Izidio – @camilaizidioo 

2º Assistente de fotografia | Logger Rodrigo Espíndola – @eurodrigoespindola Foto Still Wallace Robert – @wallacerobert_ 

Maquinaria | Elétrica Marcelo Rei – @aburei 

Assistentes de Maquinaria Neta Lavor – @netalavor Paulo Cortes – @afropaulo Figurino e Direção de Imagem Pedro Moura – @pedroamoura 

Assistentes de Figurino David Souza – @souzadave 

Direção de Arte Lucas Teixeira – @lucasteixeirabarros 

Produção de arte Bianca Carvalho – @biancarfra 

Assistente de Arte Francisco Leonardo – @chicocaju 

Rene Porfirio – @reneporfirio 

Comunicação one2one @o2opr

Hair Mabatha – @mabathandiaye 

Maquiador Ian Ribeiro – @ianrib 

Montagem Gabrielly Pascoal – @gabriellypascoal 

Cor Diogo Comum 

Elenco

Erica Malunguinho – @ericamalunguinho 

Gabb Cabo Verde – @gabbcaboverde 

Fernando Rocha – @feernandorocha 

Mc Lalão – @mclalaodotds 

Wagner Guarani-Kaiowá – @wagnerramalhoguaranikaiowa 

Vicente Noel 

Depoentes

Luz Miranda da Silva 

Alessandro Zaila Luz, A Negra 

Isadora Leal Pereira dos Santos 

Maria Miranda Luz

APOIO 

MyMama Entertainment @mymama_ 

Caledonia Whisky & Co. 

Ficha Técnica 3 Marias

Luedji Luna: Vocal 

Written by Marissol Mwaba, François Muleka & Luedji Luna

Produced and Arranged by Kato Change, Theo Zagrae & Luedji Luna

Mariane Nunes, Day Rodrigues, e Valdecir Nascimento: Voices

Bruno Oliveira, Shirley Oliveira, Thales Cesar and Mericia Cassiano: Backing Vocals

Jhow Produz: Drums 

Rudson Daniel: Percussions

Wesley Rodrigo; Bass

Gabriel Gaiardo: Rhodes and Synths

Kato Change: Guitar 

Mixed By Russel Elevado 

Edited By Dani Mariano 

Vocal Arrangement by Luedji Luna & Bruno Oliveira

Recorded at Arsis Studio & Refinaria Sonora By Funai Costa

Mastered by Mike Bozzi

Sobre Luedji Luna

Cantora e compositora, Luedji Luna nasceu em Salvador e estudou música na Escola Baiana de Canto Popular. Aos 34 anos, já coleciona dois álbuns, diversas indicações e prêmios e se tornou referência da música popular brasileira contemporânea. Voz ativa na militância racial e feminista, Luedji mergulha em sua ancestralidade e traz em sua arte mensagens fortes de luta, crenças, profundidade e amor. 

Em 2017 lançou seu primeiro álbum “Um Corpo no Mundo”, que a consagrou na cena nacional e rendeu os primeiros destaques em premiações, festivais e mídia. Em 2021, além de gestar o primeiro filho, também deu a luz ao disco “Bom Mesmo É Estar Debaixo D’água”, que entre tantas nomeações e topos de listas globais, a levou para a indicação de “Melhor Álbum de MPB” do Grammy Latino 2021. Em novembro de 2022 lança a versão Deluxe de “Bom Mesmo É Estar Debaixo D’água” – como um Lado B da versão anterior, conta com 10 músicas inéditas.

A cantora conta ainda com participações em projetos musicais reconhecidos globalmente, como o Colors e o Tiny Desk com Afropunk.

+ sobre o tema

As Negras no Globo de Ouro 2017

Olá pessoas! E vamos nós para mais um Red Carpet,...

OJ Simpson é personagem central de documentário favorito ao Oscar

Todo atleta busca troféus, consagração de trabalhos que envolvem...

Após anunciar gravidez, Juliana Alves fala sobre a primeira gestação

Grávida de quatro meses, Juliana Alves revelou que será...

Conheça Carol Anchieta, a nova aposta do “Jornal do Almoço”

Carol Anchieta, 36 anos, é a nova aposta do...

para lembrar

Dona Ivone Lara

Yvonne Lara da Costa, Dona Ivone Lara (Rio de Janeiro,...

Nos embalos da novela das seis: conheça os hits disco de “Boogie Oogie”

Ambientada em 1978, no auge das discotecas no Brasil,...

A iluminada Billie Holiday e outros jazzistas lendários

"Se eu for cantar como outra pessoa, então eu...

Sete mulheres que transformaram a história do jazz

Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Nina Simone… Conheça as trajetórias...
spot_imgspot_img

Aos 76, artista trans veterana relembra camarins separados para negros

Divina Aloma rejeita a linguagem atual, prefere ser chamada de travesti e mulata (atualmente, prefere-se o termo pardo ou negro). Aos 76 anos, sendo...

Quem é Linda Martell, citada em “Cowboy Carter”, novo álbum de Beyoncé?

O esperado novo álbum de Beyoncé contém uma música que leva o nome de uma mulher que parece ter sido a inspiração para o projeto. “Act...

Beyoncé revela que Stevie Wonder tocou gaita em uma das faixas de seu novo disco ‘Cowboy Carter’; ouça

Beyoncé revelou que Stevie Wonder tocou gaita em "Jolene", uma das faixas do seu novo disco "Cowboy Carter". A informação foi dada pela própria cantora durante o...
-+=