meninas negras

Geledés Retoma Roda de Diálogos com Meninas Negras em 2024 para fortalecer trajetórias educacionais

Geledés - Instituto da Mulher Negra retomou a iniciativa da Rodas de Diálogos com Meninas Negras em 2024, que vem se desenvolvendo desde 2023, especialmente considerando a transição do Ensino Fundamental para o Ensino...

Os desafios educacionais das meninas negras exigem compromissos nas políticas públicas

Programa Educação e Pesquisa – Geledés Instituto da Mulher Negra Março é um mês marcado por agendas relevantes para o enfrentamento às desigualdades: Dia Internacional das Mulheres (08), dia Internacional para Eliminação da Discriminação Racial...

Geledés participa de audiência sobre Educação das meninas e mulheres negras na Câmara dos Deputados

Geledés – Instituto da Mulher Negra participou, nesta quinta-feira 21, de audiência da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, em Brasília, da qual fizeram parte Suelaine Carneiro, coordenadora da área de Educação e...

“Política de redistribuição de renda para famílias em vulnerabilidade é necessária para que meninas negras continuem nas escolas”, diz Suelaine Carneiro

O Segundo turno para as eleições de 2022 se aproxima e com ele, diferentes segmentos da educação se apegam na esperança de um futuro mais igualitário, sobretudo para meninas em idade escolar. Em celebração...

Infância negra: uma (re)construção necessária 

Atualmente o Brasil é o país com maior população negra fora de África. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD Contínua), a população negra, hoje, corresponde a 56,10% do total da população. É...

Boletim Seta 01 – Desigualdade de gênero e raça na educação brasileira

A função deste boletim temático é agregar elementos para contribuir com a reflexão sobre a importância da educação na construção de uma sociedade mais equânime e sobre como as desigualdades raciais continuam pesadas no...

Enfrentamento do racismo na primeira infância

INTRODUÇÃO Me dizem invisível Mas minha cor é negra Me dizem pequenina Mas as formigas no quintal de vó não acham a mesma coisa Me chamam “venha cá, menino” porque meu cabelo é curto Mas eu nunca achei que só...

Defender as ações afirmativas é defender os direitos educacionais das meninas e mulheres negras

Neste 13 de Maio, dia que marca abolição da escravatura em 1888, Geledés Instituto da Mulher Negra se junta às organizações antirracistas do país ao compreender que esta data não deve ser celebrada devido...

útimas postagens

-+=