quarta-feira, maio 12, 2021

Tag: Saúde

0007

5 mil mulheres morrem a cada ano na América Latina

Basta de mortes por abortos clandestinos! A América Latina tem os índices mais altos de abortos realizados em condições de risco: quase 4 milhões por ano. É evidente que a política de penalização do aborto, que prevalece na região, não serve para evitar que os abortos sigam sendo praticados de maneira auto-induzida ou em circunstâncias clandestinas onde as condições colocam em risco a vida de milhões de mulheres, a maioria jovens, adolescentes, trabalhadoras e pobres. Durante as décadas passadas, o fundamentalismo religioso se firmou em nossa região: as igrejas e os governos neoliberais, além dos políticos opositores que representam os interesses dos patrões, de oligárquicos e dos pró-imperialistas, impuseram uma política de direita contra os direitos democráticos mais elementares das mulheres. Nós, mulheres latino-americanas, temos uma longa história de luta pelo direito ao aborto, enfrentando a Igreja obscurantista e os governos e políticos de direita, clericais e reacionários; mas o ...

Leia mais
Elcimar Neves/Agência Pará

Campanha de vacinação contra a paralisia infantil começa no sábado

A Secretaria municipal de Saúde e Defesa Civil começa no próximo sábado (20) a primeira etapa de vacinação contra a paralisia infantil. A vacina será para crianças de zero a 4 anos. Cerca de 800 postos de vacinação funcionarão em toda a cidade, das 8h às 17h. Do G1  Foto: Elcimar Neves/Agência Pará A meta da Secretaria é imunizar 95% da população da faixa etária, o que corresponde a 389 mil crianças. Para isso, 539 mil doses da vacinas serão disponibilizadas. Segundo a Secretaria, é importante que todas as crianças até quatro anos tomem a "gotinha". A única contraindicação, de acordo com a secretaria, é para crianças que estejam com alguma doença grave. A segunda etapa da campanha acontece no dia 22 de agosto. É imprescindível que as crianças sejam vacinadas nas duas fases. Quem quiser mais informações sobre a campanha ou saber os locais de ...

Leia mais
saude

A saúde da mulher negra

Saiba quais são as doenças que mais acometem a população feminina e veja como se cuidar Quando se toca no tema saúde da mulher negra, é fundamental levar em consideração as questões relativas à raça. Por esse motivo, a Área Técnica de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde incluiu, nas Diretrizes e no Plano de Ação 2004-2007 da Política Nacional para Atenção Integral à Saúde da Mulher, metas e ações relativas às negras. E mais: as Áreas técnicas Saúde da Mulher e da Criança incorporaram em suas ações estratégicas a necessidade de oferecer atenção especial às mulheres negras e recém-nascidos negros, respeitando suas singularidades culturais e, sobretudo, atentando para as especificidades no perfil de morbimortalidade. A partir de dados estatísticos e científicos, o Ministério da Saúde relacionou as principais doenças que podem acometer a negra que, segundo o Censo de 2000, somam 36 milhões de mulheres. Confira e saiba ...

Leia mais
combate-ao-cancer 1

Mulheres são mal representadas em pesquisas de câncer

Na era em que o estudo do câncer se volta aos tratamentos dirigidos -baseados, entre outras coisas, nas particularidades de grupos populacionais-, as mulheres são sub-representadas nas pesquisas clínicas mais importantes das novas terapias para tipos de câncer não relacionados ao gênero. Fonte: Folha de São Paulo Nas pesquisas sobre sete tipos de tumor (hematológico, gastrointestinal, do aparelho urinário, de pulmão, do sistema nervoso, de cabeça e pescoço e sarcomas), a participação de mulheres foi, em média, de 38,8%. Para os pesquisadores, essa proporção é menor do que a incidência de vários tipos de câncer em mulheres. O trabalho, da Universidade de Michigan (EUA), será publicado na edição de 15 de julho do jornal "Cancer", da Sociedade Americana de Câncer. Os autores revisaram 661 pesquisas clínicas publicadas nos veículos científicos mais respeitados, como "New England Journal of Medicine", "Jama" e "Lancet", entre outros, envolvendo mais de um milhão de participantes. ...

Leia mais
Reprodução/ Good Hair Movie

Substância tóxica é usada como alisador

Glutaraldeído está substituindo o formol no alisamento de cabelos; Anvisa permite seu uso apenas como conservante Especialistas constatam aumento de problemas devido ao uso inadequado de alisadores; glutaral pode provocar reações graves Por GABRIELA CUPANI, da Folha de São Paulo Reprodução/ Good Hair Movie Uma nova substância, tão nociva quanto o formol, vem sendo usada no alisamento de cabelos em concentrações acima das permitidas. Trata-se do glutaraldeído, conhecido como glutaral, que é acrescentado a outros cosméticos para intensificar o efeito alisador. Ele também pode ser encontrado como princípio ativo de produtos alisadores clandestinos. Em altas dosagens, a substância pode causar queimaduras, dermatite química, inflamações, coceira, descamação e reações alérgicas graves. A inalação pode provocar crises de bronquite e asma e, em casos extremos, a chamada pneumonia química (que pode levar à morte). Assim como o formol, o glutaral é um conservante -e não um alisador- e só ...

Leia mais
O pediatra Valdemir Gonçalves da Silva, 43, usa esfoliante para evitar que os pelos encravem depois de fazer a barba (Foto: Eduardo Knapp/Folha Imagem)

Negros são mais suscetíveis a queloide e encravamento de pelo

O que faz a pele negra ser mais firme e demorar mais tempo para dar sinais de envelhecimento também pode causar queloide, uma espécie de cicatriz desproporcional e alta, que surge após um corte na região. Nesse tipo de pele, os fibroblastos -células que conferem elasticidade e força- são maiores e produzem mais colágeno, resultando em uma pior cicatrização do tecido. Por esse motivo, procedimentos que cortam a derme devem ser bem planejados para não causar transtornos. "Plásticas, retirada de pintas ou de cisto sebáceo, qualquer tipo de corte: é preciso conversar bem, observar o histórico do paciente, se já teve queloide, se já houve casos na família... A abordagem deve ser mais rígida e mais completa", afirma a dermatologista Denise Steiner. Se há dúvidas sobre a propensão do paciente a queloides, é possível prevenir ou diminuí-los com terapias específicas. A betaterapia (um tipo de radioterapia) evita a proliferação dos ...

Leia mais

Plano de saúde não pode limitar gasto, decide STJ

Fonte: Útimo Segundo RAWPIXEL.COM Decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) divulgada ontem deixa expresso que os planos de saúde não podem estabelecer um teto para o pagamento das despesas com internação e tratamento de seus associados. Segundo os ministros da 4ª Turma do STJ, limitar esse tipo de gasto é mais lesivo para os pacientes do que impor um período máximo de internação. A decisão foi unânime. O caso analisado pelo tribunal é de um contrato assinado antes de janeiro de 1999, quando entrou em vigor a Lei dos Planos (nº 9.656/98). Atualmente, cerca de 20% dos 37 milhões de contratos são antigos. Antes da lei, as operadoras podiam oferecer planos com cobertura parcial. Para especialistas consultados pelo Estado, a decisão do STJ abre espaço para contestações na Justiça de outros pacientes (mais informações nesta página). Anteriormente, o tribunal já tinha resolvido que as cláusulas contratuais dos planos de ...

Leia mais

Glaucoma atinge 635 mil brasileiros que não sabem que estão com a doença

Fonte: Terra Notícias Foto: DreamPictures/Glow Images No Brasil, 635 mil pessoas não sabem que possuem glaucoma e 985 mil tiveram a doença diagnosticada, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (COB). O glaucoma é responsável pela maior causa de cegueira irreversível no mundo. Até 2010, 8,4 milhões de pessoas perderão a visão. Hoje (26), o Dia Nacional de Prevenção do Glaucoma, a preocupação é com as pessoas que não sabem que estão com a doença. "O glaucoma é uma doença que nos preocupa muito porque 80% dos portadores não sentem absolutamente nada, então nós temos que abordar os fatores de risco" afirmou Paulo Augusto de Arruda Melo, professor adjunto do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O glaucoma é uma doença ocular causada pelo aumento da pressão interna do olho que provoca lesão no nervo óptico e no campo visual, podendo levar à cegueira. Há três tipos ...

Leia mais
divulgação

Saúde e iniqüidades raciais no Brasil: o caso da população negra

Por: Isabel C.F. da Cruz* O Núcleo de Estudos sobre Saúde e Etnia Negra - NESEN, criado em 1994, desenvolve pesquisas inter-disciplinares e inter-institucionais sobre o processo de bem-estar/saúde-doença/mal-estar em afro-brasileiros, ao longo do ciclo vital, com recorte de gênero e classe social. É um pouco dessa experiência que utilizaremos aqui para discutir não só a respeito das iniqüidades raciais e o seu impacto sobre a saúde da população negra, mas também para sugerir as necessárias ações afirmativas em atenção ao processo saúde/doença e ao bem-estar que nos conduzam a um contexto de equidade. Para tanto, se analisará alguns indicadores de acesso e qualidade em saúde, buscando compreender: - Quais as condições de saúde e vida da população negra? - Qual o perfil de saúde da população negra? A partir desta análise, teremos condições de responder as principais perguntas deste estudo: Há racismo em saúde no Brasil? Como o racismo se ...

Leia mais

Caso de câncer de mama em menina de 10 anos surpreende médicos

Fonte: G1 - Saúde - Aleisha Hunter, hoje com 4 anos de idade. (Foto: Worldwide Features / Barcroft Media / Getty Images) Uma menina de 10 anos de idade foi diagnosticada com câncer de mama na Califórnia, nos Estados Unidos, um caso considerado extremamente raro. A mãe de Hannah Powell-Auslam encontrou um caroço embaixo do braço da filha no mês passado, quando a ajudava a se vestir. Preocupada, Carrie levou a filha ao médico, que a diagnosticou com carcinoma secretório invasivo. No início deste mês a menina passou por uma mastectomia, cirurgia para retirada da mama. O câncer, no entanto, se espalhou para um nódulo e Hannah terá que passar por outra cirurgia, ou por tratamento de radioterapia.   Campanha A história da menina chamou a atenção da mídia e do público americanos. Os pais dela - Carrie e Jeremy - criaram um site, www.ourlittlesweetpea.com, em que descrevem diariamente a ...

Leia mais
saude_13_rel

13ª Conferência Nacional de Saúde

O sucesso da 13ª Conferência Nacional de Saúde marca histórica e simbolicamente a caminhada atuante do Conselho Nacional de Saúde(CNS) e do controle social ao longo desses anos. Pela primeira vez uma Conferência é coordenada pelo presidente eleito do CNS. Isso representa uma conquista social sem precedentes e um passo largo na consolidação democrática das relações entre o Governo, representado pelo Ministério da Saúde, e os conselhos de saúde de todo o país. Os debates equilibrados, e às vezes bastante acirrados, as discussões participativas, maduras e menos conservadoras, de fato sintonizadas com os preceitos do Sistema Único de Saúde, fizeram o diferencial dessa Conferência. A percepção de que a construção desse grande diálogo social cumpriu um ciclo cronológico, com início, meio e fim, deixou-nos uma sensação libertadora de exercício profundo de responsabilidade consciente. As deliberações do Conselho Nacional de Saúde, respaldado pelas diretrizes políticas apontadas por uma Conferência Nacional de ...

Leia mais

Governo da Espanha aprova anteprojeto e lei pró-aborto

Fonte: Folha de São Paulo - Mundo -   Marcia Foletto / Agência O Globo O Conselho de Ministros do governo espanhol aprovou ontem um anteprojeto de lei que legaliza o aborto no país até as 14 semanas de gestação, para mulheres a partir dos 16 anos. No caso de grave risco à mãe ou ao feto, o aborto seria permitido até a 22ª semana, se autorizado por um "comitê clínico". A proposta agora deve passar pela Justiça e ser convertida em projeto de lei, para então tramitar no Parlamento -onde encontrará obstáculos, já que o governo esquerdista de José Luis Rodriguez Zapatero não tem maioria. O oposicionista Partido Popular (conservador) já havia se manifestado contra o aborto, principalmente para adolescentes a partir dos 16 anos sem a necessidade de permissão dos pais, como prevê a nova lei. Em 1985, a Espanha descriminalizara o aborto em casos de estupro, má-formação ...

Leia mais

SUS fará teste de anemia falciforme em bebês

- CLIPPING - IROHIN - 09/05/2009 - Fonte: Folha de S. Paulo - Identificação será realizada no exame do pezinho - Foto: Venilton Kuchler/Agência de Not O SUS (Sistema Único de Saúde) passará a oferecer em todo o país a identificação de anemia falciforme no teste do pezinho. Esse tipo de anemia é uma das doenças hereditárias mais comuns no Brasil, predominante entre negros. No dia 13 de maio, o Ministério da Saúde lançará o projeto Saúde da População Negra. Entre as ações, a mais destacada é a universalização do teste, que atualmente é oferecido gratuitamente em apenas 13 Estados. A anemia falciforme geralmente gera sintomas no recém-nascido. É uma alteração genética que muda a configuração das hemácias, que adquirem forma de foice e perdem eficiência de oxigenação. Causa dores e oclusão de vasos sanguíneos. O tratamento é feito com penicilina e vacinas. O primeiro passo, segundo Edson Santos, ministro ...

Leia mais
(Foto: João Godinho)

Um olhar diferenciado sobre a saúde da mulher negra

 - Fonte: Mhário Lincol do Brasil - Algumas doenças atingem os negros de modo diferente dos brancos Por Fátima Oliveira “O Estado de S.Paulo” (27.10.06) e O TEMPO (1º.11.06) publicaram trechos de entrevistas que concedi a Giovana Girardi e a Daniel Barbosa por ocasião do anúncio da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da População Negra. Segundo Barbosa: “Na semana passada, o ministro da Saúde, Agenor Álvares, admitiu, diante dos resultados da pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz, que há racismo no atendimento a negros no Sistema Único de Saúde (SUS) e que essa discriminação se reflete em diagnósticos incompletos, exames que deixam de ser feitos e nas taxas de mortalidade materna e por contaminação de HIV. Entre as mulheres negras, a taxa de mortalidade materna é mais que o dobro das brancas (4,79 contra 2,09 mulheres/100 mil habitantes). Nas taxas de mortalidade por contaminação de HIV, a proporção é de ...

Leia mais
Cadernos Geeledes nº 1

Saúde Reprodutiva da População Negra no Brasil: Entre Malthus e Gobineau

Saúde reprodutiva da população negra representa um novo campo de produção de estudos e conhecimentos, que se encontra em construção no Brasil a partir da confluência de duas áreas de estudos: a da saúde reprodutiva e a das relações raciais. Representa ao mesmo tempo um campo de produção teórica e de ação política. Por Edna Roland Délcio da Fonseca Sobrinho destaca três grandes momentos da história do planejamento familiar no Brasil (Congresso Nacional, 1993). O primeiro, anterior a 1964, "cujas origens remontam ao período imperial e primórdios do republicano, era marcado por um sentimento natalista difuso e pela ideia racista de busca de melhoria da raça brasileira". O segundo caracterizou-se pela polêmica do controle versus anticontrole, da qual participaram os militares, "que buscavam argumentos de ordem estratégica e de segurança nacional, a Igreja, que alinhava razões de ordem moral e religiosa, e as correntes de esquerda, que argumentavam tratar-se de ...

Leia mais
Saúde reprodutiva da população negra representa um novo campo de produção de estudos e conhecimentos, que se encontra em construção no Brasil a partir da confluência de duas áreas de estudos: a da saúde reprodutiva e a das relações raciais.

Programa de Saúde – Memória Institucional de Geledés

Edna Roland foi diretora do Geledés e coordenadora do Programa de Saúde até 1996.  Saúde Reprodutiva da População Negra no Brasil: Entre Malthus e Gobineau Saúde reprodutiva da população negra representa um novo campo de produção de estudos e conhecimentos, que se encontra em construção no Brasil a partir da confluência de duas áreas de estudos: a da saúde reprodutiva e a das relações raciais. Representa ao mesmo tempo um campo de produção teórica e de ação política. Délcio da Fonseca Sobrinho destaca três grandes momentos da história do planejamento familiar no Brasil (Congresso Nacional, 1993). O primeiro, anterior a 1964, "cujas origens remontam ao período imperial e primórdios do republicano, era marcado por um sentimento natalista difuso e pela ideia racista de busca de melhoria da raça brasileira". O segundo caracterizou-se pela polêmica do controle versus anticontrole, da qual participaram os militares, "que buscavam argumentos de ordem estratégica e ...

Leia mais
Programa de Saúde é uma das prioridades do Geledés levando-se em conta a precariedade e a falta de informação e de recursos materiais na rede publica.

Fala Preta – Memória Institucional de Geledés

Programa de Saúde é uma das prioridades do Geledés levando-se em conta a precariedade e a falta de informação e de recursos materiais na rede publica. Este programa visa a construção e ampliação da consciência e organização nesta área, buscando uma efetiva transformação na condição de vida da população negra. Para tanto, o Geledés desenvolveu programas de formação de mulheres e jovens negros através de oficinas de saúde de caráter informativo e de capacitacão de profissionais. Atuamos também na intervenção e na formulação de políticas publicas, colocando que cabe ao Estado assegurar condições para a manutenção da vida. Como em outros projetos do Geledés, investimos na área de pesquisas próprias e parcerias com outros grupos e com a comunidade académica. Oficinas de Sexualidade e Saúde: estas oficinas se constituem na principal atividade educativa do Programa de Saúde e são desenvolvidas a partir de uma perspectiva étnica e de género. Através de ...

Leia mais
alcool 6

Mulheres de renda alta buscam SUS contra alcoolismo

Cada vez mais mulheres de famílias com renda mais alta estão recorrendo em São Paulo ao Sistema Único de Saúde (SUS) em busca de tratamento para o alcoolismo. Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde mostra que, entre 2006 e 2008, cresceram em 28,8% os atendimentos de mulheres com um perfil diferente do registrado antes. Em geral, elas têm diploma universitário, trabalham em um bom emprego e a renda familiar mensal é superior a 15 salários mínimos, o que corresponde atualmente a mais de R$ 7.000. Fonte: G1 - Brasil "Elas têm mais acesso à informação, então conseguem identificar os locais onde é oferecido tratamento especializado, como hospitais universitários", explica Mônica Zilberman, especialista da Universidade de São Paulo (USP) em alcoolismo feminino. "Mas também tenho a impressão de que, em parte, a procura na rede pública é pela vergonha de recorrer ao médico particular e ter de assumir para a ...

Leia mais
mrgfus1

Ultrassom israelense que destroi tumores chega a SP

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) inaugurou nesta quinta-feira (14) um serviço de ultrassom – ondas sonoras de alta frequência que o ouvido humano é incapaz de escutar – para destruir células cancerígenas, sem a necessidade de cirurgia e anestesia. O novo equipamento estará disponível à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar do efeito do ultrassom em tumores já ser conhecido, o novo equipamento consegue focar até mil feixes em um único ponto – com a ajuda de um aparelho de ressonância magnética. Com o calor, as células cancerígenas são queimadas, sem que o aumento de temperatura afete os tecidos saudáveis vizinhos. Único na América Latina, o aparelho é de tecnologia israelense e custou R$ 1,5 milhão. Segundo Marcos Roberto Buy Viagra Online Pharmacy No Prescription Needed de Menezes, diretor do setor de diagnóstico por imagem do Icesp, seis mulheres já foram atendidas com ...

Leia mais
Página 53 de 54 1 52 53 54

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist