Vídeo: “Eu vejo essa Coalizão como a esperança para o futuro do Brasil”, disse Angela Davis

“Eu vejo essa Coalizão como a esperança para o futuro do Brasil”, disse a filósofa e ativista Angela Davis em reunião com integrantes da Coalizão Negra por Direitos, na terça-feira, 22 de Outubro.

O encontro contou com cerca de 60 representantes de entidades do movimento negro, de diversas regiões do país.

“Eu vejo essa Coalizão como a esperança para o futuro do Brasil”

A Coalizão apresentou as pautas da agenda política para enfrentar o genocídio e a necropolitica no Brasil e obteve o apoio de Ângela Davis para repercussão das denuncias e para a construção de uma rede internacional de solidariedade da diáspora negra. Confira mais em nosso site.

https://coalizaonegrapordireitos.org.br/

#CoalizaoNegrapordireitos
#vidasnegrasimportam

+ sobre o tema

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

para lembrar

Minha Mãe, Minha Heroína?

“Ainda bem que ninguém saiu ferido, ninguém se machucou....

Quatro meses após execução, sigilo policial preocupa família de Marielle

Quatro meses após a execução da vereadora carioca Marielle Franco...

Polícia reconhece que aborda mais negros, mas nega racismo

Resultado consta em pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco Leiajá,...
spot_imgspot_img

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...

Fux volta atrás e admite entidades antirracistas em julgamento de ação contra racismo estrutural

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux recuou e admitiu que organizações que se dedicam ao enfrentamento do racismo participem como amicus curiae (amigo da corte) da ADPF...

388 anos por reparar

Hoje, 22/11 se inicia o julgamento da ADPF pelas nossas vidas. Em maio de 2022 a Coalizão Negra por Direitos, em parceria com partidos políticos...
-+=