Direito Civil e Escravidão com Júlio César Vellozo e Silvio Almeida

O curso discutirá as relações entre Direito Civil e Escravidão no século XIX. Os escravos eram a mais importante propriedade no Brasil Império, tanto do ponto de vista do valor da escravaria, quanto em função do papel do cativo no processo produtivo.

Do Sympla

Foto retirada do site sympla

Desta maneira, o direito civil brasileiro, através de seus principais formuladores, foi obrigado a se debruçar e a elaborar soluções que permitissem a reprodução do sistema e o desenrolar da vida econômica e jurídica em uma monarquia constitucional/liberal.

A não concretização de um código civil no país será discutida à luz dessa realidade. Da mesma maneira, serão apresentados debates fundamentais que se desenrolaram no período, como o que envolveu os direitos civis e políticos dos libertos, as possibilidades dos escravos acumularem pecúlio, o estatuto dos libertados em caráter condicional, a questão das sucessões, as hipotecas e outros instrumentos voltados ao crédito, dentre outros dilemas colocados pela propriedade escrava.

Também serão vistos os usos (e abusos) do direito romano feitos no período, já que, na ausência de codificação civil, a legislação romana era a referência fundamental.

Aula 1: Uma segunda escravidão: as relações entre o capitalismo e escravidão no século XIX.
Aula 2: O escravismo brasileiro e suas dinâmicas. A estrutura da propriedade escrava no Brasil. Ser escravo no Brasil do século XIX.
Aula 3: Os civilistas brasileiros e os dilemas da escravidão e do liberalismo: Antonio Rebouças, Teixeira de Freitas, Agostinho Perdigão Malheiros, Antonio Ribas.
Aula 4: As ações de liberdade.

Compre o ingresso aqui 

Informações 

Dia:  20 de outubro de 2018, 09h30 – 27 de outubro de 2018, 18h

Local: Faculdade 28 de Agosto
Endereço: R. São Bento, , 413 , Centro
São Paulo, SP

+ sobre o tema

Fenaj quer “mais responsabilidade” social na mídia

Em nota oficial, a Federação Nacional dos Jornalistas...

EUA vão punir uso de internet para violação de direitos humanos

    O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai baixar...

Na ONU, Brasil será alvo de acusação de genocídio de indígenas e negros

O governo brasileiro será alvo de denúncias nesta segunda-feira,...

Edital ‘Olhares do Brasil’ seleciona obras de arte para ilustrar a edição 2023 do Relatório Luz

Um dos mais importantes relatórios sobre os direitos humanos...

para lembrar

Brasil lidera ranking de países americanos que mais matam ativistas

Não podemos dizer que não somos líderes em alguma...

Atual projeto de nação não tem lugar para povos indígenas, diz indígena e doutor em antropologia

Após manifesto de funcionários da Funai por um plano de ...

Cesarianas desnecessárias refletem baixo nível de conscientização das mulheres

O medo da dor no parto vaginal e possíveis...

SEPPIR é premiada em concurso de inovação na gestão pública federal

Projeto de Integração de Dados do Programa Brasil Quilombola...
spot_imgspot_img

Marcelo Paixão, economista e painelista de Geledés, é entrevistado pelo Valor

Nesta segunda-feira, 10, o jornal Valor Econômico, em seu caderno especial G-20, publicou entrevista com Marcelo Paixão, economista e professor doutor da Universidade do...

Impacto do clima nas religiões de matriz africana é tema de evento de Geledés em Bonn  

Um importante debate foi instaurado no evento “Comunidades afrodescendentes: caminhos possíveis para enfrentar a crise climática”, promovido por Geledés -Instituto da Mulher Negra em...

Comissão da Saúde aprova PL de garantia de direitos à pacientes falciformes

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (5), o Projeto de Lei nº 1.301/2023, que reconhece a doença falciforme como...
-+=