Ex-senador Demóstenes Torres é suspenso do MP em Goiás

O ex-senador Demóstenes Torres (sem partido e ex-Dem) está afastado da função de procurador de Justiça, no Ministério Público de Goiás (MP-GO). A corregedoria geral do órgão informou, nesta quarta-feira (10), que a medida se deve à instauração do processo administrativo disciplinar (PAD) para investigar a suposta ligação de Demóstenes com o esquema de exploração de jogos ilegais que seria comandado por Carlinhos Cachoeira, desarticulado em fevereiro deste ano pela Polícia Federal (PF) durante a Operação Monte Carlo.

O G1 tenta contato com o advogado de Demóstenes Torres, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, mas ele não atendeu as ligações.

Em nota, a corregedoria informou que a análise dos documentos enviados pelo Senado Federal, à Procuradoria Geral da República e ao Poder Judiciário, com base em uma reclamação disciplinar, “revelou a necessidade de instauração do PAD”. O processo é sigiloso e Demóstenes ficará suspenso até o julgamento definitivo do caso, como determina a Lei Orgânica do MP estadual.
A corregedoria instauração uma reclamação disciplinar contra Demóstenes um dia após seu retorno ao MP, em julho. O procurador estava licenciado do órgão e voltou depois de ter o mandato de senador cassado.

Na ocasião, os parlamentares entenderam que a ligação entre o então senador e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, revelada pelas escutas da Operação Monte Carlo, configuravam quebra de decoro de parlamentar. Cachoeira está preso desde o dia 29 de fevereiro, apontado como chefe do esquema ilegal.

Leia mais sobre Demostenes Torres:

Demóstenes Torres do DEM responsabiliza negros pela escravidão

A TEORIA NEGREIRA DO DEM SAIU DO ARMÁRIO

Repúdio ao racismo e machismo

 A mulher negra, a negação de Demóstenes e minha humilde cota no debate das Cotas.

O Movimento Negro e jornalistas repudiam o senador Demóstenes Torres e Demétrio Magnoli

O deputado do DEM, o racismo e seus equívocos conceituais

Leci Brandão rebate declaração do senador do DEM

A tesoura de Demóstenes e o Estatuto

Ministro estuda criar regra sobre cotas sem passar pelo Congresso

Estatuto Racial: Abdias – Se pudessem, colocavam o negro de novo na escravidão

Estatuto: A vontade da Casa Grande

13 de maio: da Lei Áurea à essência escravocrata da direita

Os perigos de uma crítica maniqueísta

Colunismo de aluguel

A cota do DEM

 

 

Fonte: G1

+ sobre o tema

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Degola, linchamento e cassação: gente negra pode mesmo eleger e ser eleita?

Imagina se uma vereadora negra de Catanduva (SP) e...

A “selfie” de Obama e o jornalismo apressado

O presidente dos EUA não foi insensível e sua...

Peritos das Nações Unidas avaliam condições de vida dos africanos em Portugal

Por: António Pereira Neves Genebra, 14 mai...

para lembrar

Lula afirma que quem quiser vencê-lo deverá acordar cedo e pôr “pé no barro”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transformou o...

Predominantes na classe C, negros movimentaram R$ 760 bilhões em 2012

De cada 100 pessoas que entraram na classe C...

Rápido como uma bala

Rápido como uma bala. Sob o título "É um...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=