‘Mercedes’ irá homenagear primeira bailarina negra do Teatro Municipal

Mercedes é uma grande referência internacional da dança afro-brasileira. ‘Mercedes’ irá homenagear primeira bailarina negra do Teatro Municipal

Mercedes Baptista (1921- 2014) foi a primeira mulher negra a compor o corpo de baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Pioneira da dança moderna brasileira e principal responsável pela disseminação das alas coreografas do carnaval carioca.

no Globo

Para celebrar a vida e obra de um dos maiores ícones da cultura negra no Brasil, o espetáculo do Grupo Emú fará sete apresentações no Festival X-Tudo SESI Cultural – Edição Cultura Negra, de 14 a 28 de julho, nas cidades do Rio de Janeiro, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaperuna, Macaé e Petrópolis.

Mercedes é o primeiro projeto de construção cênica e pesquisa em Teatro Negro do Grupo Emú. A estreia do espetáculo em 2016 levou mais de 3000 mil pessoas a Arena do Espaço Sesc, em Copacabana. A peça já participou de importantes festivais e mostras brasileiras, como a Mostra Benjamin de Oliveira, em Belo Horizonte (MG), e a mostra Olonadé, da Cia dos Comuns, no Rio de Janeiro.

Mercedes é resultado de uma linguagem de pesquisa afro e de uma dramaturgia que mescla o real e o ficcional. Assinado pelo Grupo Emú, o espetáculo marca a apresentação de um grupo formado por artistas interessados em investigar e aprofundar uma ótica negra no cenário artístico contemporâneo. A personagem protagonista é vivida por Iléa Ferraz, Sol Miranda e Shirlene Paixão.

+ sobre o tema

Para onde caminha a Marcha das Mulheres Negras. Por Cidinha da Silva

A previsão do tempo indicava chuva em Brasília, mas...

Edson Cardoso, o Jacaré do É o Tchan, se firma como ator dramático

O baiano, que integra o programa 'Aventuras do Didi',...

O único medo de Nury, uma mulher negra que cresceu em Montevidéu, no Uruguai

Numa calçada de uma rua não muito movimentada, pelo...

Tradução do conto “Você na América”, de Chimamanda Ngozi Adichie

O blog traz abaixo a tradução do conto “Você...

para lembrar

Caneladas do Vitão: Uma vez Anielle, sempre Marielle 2

Brasil, meu nego, deixa eu te contar, a história...

Cida Bento – A mulher negra no mercado de trabalho

Sinceramente eu nunca dei para empregada domestica acho que eu...

Após 23 anos, Ben Johnson denuncia sabotagem em escândalo de doping

  Ben Johnson, o mais célebre vilão da história dos...

Primeira vereadora negra eleita em Joinville é vítima de injúria racial e ameaças

A vereadora Ana Lúcia Martins (PT) é a primeira...
spot_imgspot_img

Ela me largou

Dia de feira. Feita a pesquisa simbólica de preços, compraria nas bancas costumeiras. Escolhi as raríssimas que tinham mulheres negras trabalhando, depois as de...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...
-+=