O que é Gelede

Artigo produzido por Redação de Geledés

A tradição

Gèlède é originalmente uma forma de sociedade secreta feminina de caráter religioso existente nas sociedades tradicionais yorubás. Expressa o poder feminino sobre a fertilidade da terra, a procriação e obem estar da comunidade.

Patrimônio cultural intangível 1

Gèlède é um festival anual homenageando “nossas mães” (awon iya wa), não tanto pela sua maternidade, mas como ancião feminino. Ela ocorre durante a época seca (março-maio) entre os Yorubas do sudoeste da Nigéria e o vizinho Benin.

A máscara (ou adorno de cabeça, uma vez que não cobrem o rosto) é um par de um conjunto usado pelos homens vestidos como mulheres mascaradas para divertir, e aplacar as mães que são consideradas muito poderosas, e podem usar os seus poderes para o bem ou como feitiçaria de efeitos destrutivos.

Photographs © Tim Hamill

 

Gèlède é um festival anual que celebra a sabedoria das mães anciãs e mulheres entre os yorubas. O festival inclui máscara (ou adorno de cabeça, uma vez que não cobrem o rosto) usado pelos homens que vestidos como mulheres mascaradas para acalmar as mulheres mais velha da tribo. Dança e música são parte integrante da cerimônia, que utiliza elementos tradicionais da música Yoruba incluindo percussão complexa e músicas. O Gelede é precedido por uma cerimônia chamada Efe, que tem lugar na noite anterior.Gèlède surgiu provavelmente no final do século XVIII ou no início do século XIX. Pode estar associada com a mudança de uma sociedade matriarcal para uma patriarcal, mas então se poderia esperar que tenha origens mais antigas.A cerimônia Gèlède pode também ter lugar nos funerais de membros do culto ou em períodos de seca ou de outras situações graves, que se pensa ter sido trazida por feitiço maléfico.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

1 – (patrimônio cultural imaterial) é uma concepção de patrimônio cultural que abrange as expressões culturais e as tradições que um grupo de indivíduos preservam em respeito da sua ancestralidade, para as gerações futuras. São exemplos de patrimônio intangível: os saberes, os modos de fazer, as formas de expressão, celebrações e os lugares, as festas e danças populares, lendas, músicas, costumes e as mais variadas tradições.

 

+ sobre o tema

Clélia Rosa – Trabalhando relações étnico-raciais na educação

Conversamos com a pedagoga Clélia Rosa, sobre como as...

“O Rio está farto de GLOs, ocupações e intervenções militares”, diz ex-secretário de Segurança Nacional

Luiz Eduardo Soares, ex-Secretário Nacional de Segurança Pública na...

Fábrica de revelações – Futebol Brasileiro

A semifinal entre Palmeiras e São Paulo, dia 07/04,...

Negros no mundo corporativo

A Gerente de Negócios Camila Ramos fala sobre sua...

para lembrar

O ministro, a estudante e a democracia que desejamos

O discurso do ministro Alexandre de Moraes realizado em momento de sua posse na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira 16, e...

Geledés no Setembro Amarelo

Geledés -Instituto da mulher Negra entra na campanha do Setembro Amarelo para a prevenção ao suicídio e pela saúde mental da população negra.   De acordo...

O emblemático caso do jovem Robson, morto pela ditadura, está aberto ao público. O que isso significa em tempos de genocídio da população negra?  

O desarquivamento do emblemático processo judicial de Robson Silveira da Luz no Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo, neste dia 31 de...
-+=