Senador Demóstenes Torres tinha rádio exclusivo para falar com Cachoeira

Aparelho usado pelo líder do DEM no Senado foi habilitado em Miami para escapar de grampos telefônicos

por Murilo Ramos e Andrei Meireles

O empresário de jogos Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, habilitou em Miami 15 aparelhos de rádio, da marca Nextel, e os distribuiu entre pessoas de sua mais estrita confiança. De acordo com a Polícia Federal, o propósito de Cachoeira era evitar que escutas telefônicas, legais ou ilegais, captassem suas conversas com os comandantes de uma rede de exploração ilegal de máquinas caça-níqueis em Goiás e na periferia de Brasília. Nos relatórios da investigação, o grupo contemplado com os rádios é chamado de “14 + 1”. Entre os 14, há foragidos e os que foram presos com Carlinhos Cachoeira durante a Operação Monte Carlo, da PF. O “1” é o senador Demóstenes Torres (GO), líder do Democratas no Senado Federal.

 

 

justica cachoeiraNesta quarta-feira, ÉPOCA ouviu o senador Demóstenes, em seu gabinete no Senado. Ele estava acompanhado de seu advogado Antonio Carlos Almeida Castro, o Kakay. Indagado se havia recebido um aparelho de rádio para conversas exclusivas com Cachoeira, Demóstenes pediu licença para ter uma conversa reservada com seu advogado antes de responder à pergunta. Cinco minutos depois, disse à reportagem que, por recomendação do advogado, não faria declarações sobre o assunto. A interlocutores, no entanto, o senador goiano confirmou que recebeu o aparelho de Cachoeira, que foi usado exclusivamente em conversas entre os dois. Segundo Demóstenes, nos quase 300 diálogos com Cachoeira, gravados pela Polícia Federal com ordem judicial, não há nada que o comprometa. “São conversas entre amigos, só há trivialidades.” Foi por meio dessas escutas que os investigadores descobriram que Cachoeira deu a Demóstenes uma geladeira e um fogão importados como presente de casamento, como ÉPOCA revelou em primeira mão há duas semanas.

De acordo com a investigação, Carlinhos Cachoeira resolveu habilitar os 15 rádios Nextel em Miami porque arapongas lhe asseguraram que, assim, eles escapariam de grampos telefônicos. Segundo o Ministério Público Federal, Cachoeira seguiu orientação do delegado da Polícia Federal Fernando Byron e do ex-sargento da Aeronáutica Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, também presos na Operação Monte Carlo. “Para azar deles e sorte da sociedade, a Polícia Federal conseguiu realizar a interceptação telefônica. E isso mudou todo o rumo da investigação”, afirmou o juiz federal Paulo Augusto Moreira Lima, na decisão judicial (trecho abaixo) que autorizou a operação Monte Carlo.

Leia mais sobre Demostenes Torres:

Demóstenes Torres do DEM responsabiliza negros pela escravidão

A TEORIA NEGREIRA DO DEM SAIU DO ARMÁRIO

Repúdio ao racismo e machismo

 A mulher negra, a negação de Demóstenes e minha humilde cota no debate das Cotas.

O Movimento Negro e jornalistas repudiam o senador Demóstenes Torres e Demétrio Magnoli

O deputado do DEM, o racismo e seus equívocos conceituais

Leci Brandão rebate declaração do senador do DEM

A tesoura de Demóstenes e o Estatuto

De to=Cazemiro@edu%20para” target=”_blank”>Cazemiro@edu para Demóto=stenes.Torres@gov%3E” target=”_blank”>stenes.Torres@gov>;;

Ministro estuda criar regra sobre cotas sem passar pelo Congresso

Estatuto Racial: Abdias – Se pudessem, colocavam o negro de novo na escravidão

Estatuto: A vontade da Casa Grande

13 de maio: da Lei Áurea à essência escravocrata da direita

Os perigos de uma crítica maniqueísta

Colunismo de aluguel

A cota do DEM

 

 

Fonte: Revista Época

+ sobre o tema

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik...

Precarização do trabalho rural impacta mais pessoas negras e mulheres

Um relatório da Oxfam Brasil indica que mulheres e pessoas negras...

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

para lembrar

‘Vitória do movimento negro’, diz Benedita da Silva sobre decisão do TSE

A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) comemorou como...

“Comprem o Brasil”, diz Financial Times, “está barato”

Nélson de Sá, na Folha hoje, resume os “conselhos” do Financial...

Fé cega, faca amolada por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva   Um amigo jovem, revolucionário, indignado com as...

‘A empregada tem carro e anda de avião. E eu estudei pra quê?’

Se você, a exemplo dos professores que debocharam de...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) levará o caso da absolvição dos policiais na morte do jovem João Pedro...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito entusiasmado com a iniciativa do STF  de, ao invés de simplesmente decidir pela inconstitucionalidade daquilo que...

Mães de vítimas da violência policial em SP, RJ e BA vão à Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciar o Estado brasileiro

Representantes de movimentos de mães de vítimas da violência do Estado e organizações de direitos humanos como Anistia Internacional, Conectas Direitos Humanos, Instituto Vladimir...
-+=